Faça Login ou Cadastre-se.

Minhas Compras
Carrinho Vazio

Cães filhotes que mordem

Postado em 09 de Junho de 2013 por BitCão. Existem 122 comentário(s).

Ai... Como Este Filhote Morde! Isso é Normal?

 

670px-Discourage-a-Dog-From-Biting-Step-1

Se tem uma mensagem que a gente recebe todos os dias é de gente perguntando como é que faz para o filhote parar de morder mãos, pés, móveis, roupas, enfim, tudo o que aparece pela frente.

O que muita gente não sabe é que filhotes trocam os dentes exatamente como nós (bem, não EXATAMENTE, é muito mais cedo do que os humanos).

Os dentes de leite começam a cair por volta dos três meses e meio, e a troca se estende até os cinco ou seis meses. Os dentes definitivos continuam “crescendo” até os sete meses de idade, e tudo isso é doloroso para o filhote.

Brincar com um filhote é extremamente importante para que ele se desenvolva plenamente, tanto física quanto psicologicamente, mas deveriam existir certas regras para evitar problemas sérios mais tarde. Além de tentar aliviar a dor da gengiva por causa dos dentes que estão nascendo, filhotes mordem, principalmente, para testar a autoridade e força dos “irmãozinhos”.

É brincando de lutas e batalhas que os filhotes se preparam para ocupar a posição deles na hierarquia do grupo. Se nós, humanos permitirmos que nossos filhotes brinquem de morder a nossa mão, mais do que alguns pequenos cortes doloridos, vamos incentivá-los a ocupar a posição hierárquica mais alta da família quando eles estiverem adultos.

Um filhote que aprende que é permitido morder pois não há nenhum tipo de represália aos seus ataques, não hesitará em “defender-se” de qualquer contragosto com dentadas poderosas mais tarde em sua vida.

Um cachorro adulto jamais tolerará que um filhote fique mastigando as suas patas, e emitirá imediatamente um rosnado de aviso. Se o malinha continuar insistindo, vai acabar tomando uma dentada de correção bem na cabeça.

Nós, humanos, devemos ensinar esta mesma lição para os nossos filhotes para evitar problemas no futuro. A técnica de colocar o polegar na língua do cachorro e fazer pressão para baixo até que ele tente empurrar nosso dedo para fora da boca dele é bastante efetiva e, se executada de forma adequada, não irá machucar seu bebezão.

Ele até pode ser bastante insistente e tentar te morder várias vezes, mas as correções vão ensiná-lo que não é agradável abocanhar a mão de quem o alimenta. Não se esqueça de dizer sempre NÃO MORDE enquanto aplica a correção e não permita que nenhum outro membro da família ou amigos deixe o seu filhotinho morder.

 

Outra parte importante na abordagem do problema das mordidas é ensinar ao seu filhote que é bom morder os brinquedos dele, e que o brinquedo correto também vai ajudar a massagear a gengiva e diminuir o incômodo da dentição infantil.

Mas se você estiver aplicando as correções de maneira correta e consistente e ainda assim seu cachorro continua mordendo com maior intensidade, ou se você está ficando com medo dele, não insista e entre em contato com um treinador imediatamente.

Copyright Cláudia Pizzolatto - 2001 - Todos os direitos reservados.
Este artigo tem seus direitos autorais protegidos por lei. É permitida a sua reprodução sem alterações desde que sejam colocados o nome da autora e o link para a webpage da BitCão.

 


Este post foi publicado em Artigos e Dicas BitCão, Brinquedos, Cães agitados e hiperativos, Cães destruidores de objetos e plantas, Cães que passam muito tempo sozinhos, Obediência e Treinamento, Ossos e Petiscos

122 Respostas à Cães filhotes que mordem

  • Olá Victória, você deve supervisionar sempre a brincadeira deles, para não deixar que passes do limite da brincadeira para a agressividade.

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:45

  • Olá Kleber, provavelmente ele não é hiperativo... deve ser apenas um filhote com um grau de energia bem alto e que está precisando de mais atividade para gastá-la. Dedique mais um tempo às brincadeiras, como jogar bolinha, e arrume para ele alguns brinquedos recheáveis e ossos, onde ele possa gastar mais a energia acumulada.

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:42

  • Olá Carla, bem provável, mas não há como garantir... Continue pegando firme na educação dele!

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:21

  • Olá Andressa, já deu pra perceber que ele é bem dominante, né? Você terá que ser bem firme na educação dele. Além disso, a castração é muito indicada.

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:20

  • Olá Vanilda, você tem que descobrir o porque dele estar apresentando este comportamento, para então tratar as causas.

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:19

  • Olá Luciene, ele ainda tem um nível de energia muito alto com esta idade! Tente ignorar quando ele tenta te acordar. Uma solução pode ser colocá-lo para dormir em uma caixa de transporte.

    Publicado em 20 de Julho de 2015 às 6:15

  • Ola, bom dia.
    Tenho um labrador com três meses que esta me dando muito trabalho. Alem de morder muito ao ponto de machucar bastante, ele late muito e como moro em apartamento os vizinhos já começaram a reclamar dos barulhos. Já observei que quando passo o dia todo em casa ele fica mais calmo. Vou tentar fazer essa dica que você orientou, mas queria saber o que faço para que ele não acorde mais as 4:00 AM com todo o pique mordendo e latindo.

    Publicado em 08 de Julho de 2015 às 10:12

  • ola pessoal...estou aqui super preoculpada! O meu cachorrinho tem um aninho ele divide espaço com seu pai de três aninhos ultimamente ando percebendo que ele esta arrancando o pelo de seu pai e engolindo percebi hoje pela manha que ele vomitou um canudo de pelo me ajudem com dicas sobre oque eu devo fazer para ele perder esse abito tenho medo dele morrer!!! :) são dois shi tzu.

    Publicado em 02 de Julho de 2015 às 13:50

  • Olá tenho um bulldog francês de 4 meses e na hora que ele está comendo ou com osso se vc passa a mão nele ele é bastante agressivo....como posso lidar com essa situação não quero que ele seja bravo

    Publicado em 01 de Julho de 2015 às 12:27

  • Olá,
    tenho um bulldog francês de 7 meses e a partir dos 3 meses ele vem mordendo nossos móveis de madeira da varanda onde fica quando não estamos em casa.
    Já usamos vários "repelentes" vendidos em pet shop mas nada resolveu. Tb compramos vários brinquedos recheáveis para entretê-lo.
    Essa fase realmente passa após o 1º ano?

    Publicado em 01 de Julho de 2015 às 11:00

  • Carla diz:

    Olá,
    tenho um bulldog francês de 7 meses.
    Infelizmente não conseguimos ficar com ele o dia todo e ele passa algumas horas do dia sozinho.
    Passeamos 2 x ao dia, em média, 30 minutos, regularmente de manhã e a noite.
    Quando não estamos em casa o deixamos, desde novinho (45 dias) na varanda, um espaço de tamanho mediano. Ela é fechada com vidros e bem arejada... ele tem muitos brinquedos... vários ossos e procuro sempre rechear brinquedos para distraí-lo. Dos 3 meses para cá ele vem mordendo os móveis de madeira da varanda... usamos "repelente" que vendem em pet shops mas nada deu resultado.
    Nos disseram que essa fase dura até o 1 ano e, para não danificar mais ainda os móveis, resolvemos guardá-los e voltar a usá-los depois que ele estiver maior, mas tenho receio de que ele estranhe a redução do seu espaço "livre".
    O que devemos fazer nesse caso?
    Existe algum produto eficaz para evitar que ele continue mordendo os móveis? A melhor opção é retirar do espaço? Isso passa realmente após 1 ano?

    Abs
    Carla

    Publicado em 30 de Junho de 2015 às 17:34

  • Boa noite, tenho um bebê da raça Dogue Alemão que morde com vontade minha mão, braço, coxa, dedo do pé, comecei a ficar preocupada hoje, pois começou a morder e a sacudir a cabeça como se minha mão fosse um pano, comecei a pesquisar pra ver se era normal ou se era agressividade natural dele, imagina um dogue alemão adulto mordendo assim, confesso que fiquei com medo, mas agora muito aliviada de saber que não é só eu que estou passando por isso, já fiz a técnica do polegar, ele chorou, coloquei ele no chão e foi direto pro cantinho dele, vou continuar ralhando e usando as técnicas, tenho muito chão pela frente, pois ele só tem 45 dias.

    Publicado em 23 de Junho de 2015 às 23:38

  • Olá. Adotamos (há uma semana) um cãozinho mix de Pitbull (Rednose) com Beagle. Ele tem 4 meses (janeiro/2015) mais me deixa um pouco preocupado pois é muito hiperativo. Quando está sozinho (o deixamos no quintal lateral da casa) ele destroi tudo o que encontrar pela frente (plantas, vassouras, vasos, panos, etc).
    Quando o mudamos para a garagem na outra lateral onde há um jardim, nos primeiros dias ele se comportou muito bem, fez xixi/cocô na terra, etc, agora, ele virou um "tatu". Quando está sozinho ele cava vários buracos e destroi todas as plantas. Além disso, nesse mesmo local, temos a porta de entrada da Sala que tem um vidro lateral, Ele "se joga" nesse vidro, arranha, novamente quando está sozinho e as pessoas da casa estão do lado de dentro. Fico preocupado em algum acidente (quebrar o vidro, que não é temperado) e se machucar. Além do que o barulho que ele faz, batendo nesse vidro é assustador.
    O que fazer, esse comportamento é normal?
    HELP!

    Publicado em 28 de Maio de 2015 às 14:24

  • Olá Humberto, a dica é: tenha paciência e continue o treinamento. Ele, com dois meses, ainda é um bebê....

    Publicado em 28 de Maio de 2015 às 6:24

  • Olá Larissa, realmente alguns filhotes são bem mais ativos que a média e, com eles, temos que te ainda mais paciência, já que geralmente são afoitos e tem pouco foco para a aprendizagem. Será muito importante você conseguir manter a calma durante o processo e saber que ele não faz isso, é apenas parte da personalidade dele. Ao invés de repreendê-lo ao ficar agitado, tente contê-lo nas suas mãos e dê uma “bronca” falando baixinho... sabe quando tentamos acalmar uma criança? Então, do mesmo jeito! Quando ele acalmar um pouco, você o libera bem devagar também, tudo na maior calma. A intenção é “baixar o giro”, fazer com que ele se acalme e se sinta recompensado por isso. Não deu certo com o jornal justamente porque você acabou o agitando ainda mais com o barulho e o movimento. Lembre-se de que cães aprendem muito por observação e, vendo você calma, ele provavelmente irá se acalmando também. Mas não esqueça de que ele é um bebê, vai aprontar bastante ainda! 

    Publicado em 28 de Maio de 2015 às 5:46

  • Bom dia! Tenho um filhote de shitzu, está com 2 meses e meio e está a duas semanas na minha casa. Ele é um filhote supeeeer hiperativo, logo que chegou ja percebemos isso, fica pulando o tempo todo nas nossas pernas, morde mãos, pés. Logo que chegou, eu ficava com pena de repreende-lo, pois eu trabalho o dia todo, saio de manhã, volto pra casa meio dia e volto somente as 20:00, ele passa bastante tempo sozinho, eu chegava e deixava fazer o que queria, ficava mordendo minah mão, eu sentava ele ficava mordendo o pé, mas esta começando a me incomodar muito, machuca jae fico com medo de ele se tornar cada vez pior, morder meus móveis e outros objetos. A cada dia vejo mais que preciso ensiná-lo, pois não quero que se torne “chato” para as pessoas, ele ainda é bebe, e sei que esta trocando os dentes, mas não pode chegar ninguém la em casa que ele pula e morde sem parar. Comecei a chamar a atenção dele, antes de procurar ajuda por aqui conversei com e outro que me disseram sobre o jornal, de enrolar e bater na minha mão ou no chão, e na bundinha dele, fiz uma vez e não fiz mais achei que piorou, ele ficou mais agitado e queria morder o jornal, rosnava e latia, coisa que nunca havia feito antes. Gostaria de saber qual a melhor forma de educa-lo, pra que me obedeça. Quero ter um cãozinho dócil e que respeite as pessoas, ele convive direto com nós, moro em ap e ele fica direto com nós.Podem me ajudar?

    Publicado em 21 de Maio de 2015 às 11:19

  • Bom dia! Acabamos de comprar um filhote de labrador aqui pra casa, ele está para completar 2 meses e ja apresenta essa mania de morder tudo e todos. Sei que eh normal, mas ele ja está começando a nos machucar e me preocupo que ele comece a achar que isso eh normal. Ja tentei falar alto "NÃO PODE MORDER", ja bati devagar no focinho dele e realmente não tem feito efeito. Vou tentar a técnica do polegar mas gostaria de mais dicas para acabar com essa mania.

    Publicado em 24 de Abril de 2015 às 13:46

  • Um dos motivos de cachorros serem agressivos é simplesmente para
    chamar a atenção. Por algum motivo ele aprendeu que ele recebe
    atenção quando é agressivo. Esse é o tipo de cachorro que rosna para
    tudo, seja porque alguém chegou perto dele ou da comida dele, porque
    alguém diferente está na casa, porque passou alguém na rua, etc, mas
    na realidade não morde ninguém e em geral amansa se você for firme
    com ele. Nesses casos use a tática de ignorálo.

    Publicado em 18 de Abril de 2015 às 23:45

  • Olá tenho uma border collie de 3 meses e um york shire de 2 anos. Eles se dão bem porém ela tem muita energia e nao da descanso para o mais velho. Além do mais me parece q ela nao tem noção do seu tamanho e suas brincadeiras estão ficando pesadas para o york. Seria o caso de separa-los? Da para ensina-la a brincar mais "leve" com ele?

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 14:01

  • Olá Adailton, você terá que ser mais enérgico na educação dele (sem agressão, claro!), mas também terá que conversar com os integrantes da sua família e mostrar a eles que se trará de um bebê, e que terão que ter paciência para passar pelas fases da infância dele. Filhotes dão trabalho mesmo!!! :)

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:16

  • Olá Elyzama, posso te dizer que é por todas as razões que você enumerou, menos pelos dentes, que só começarão a trocar por volta dos 5 meses.  Filhotes são assim mesmo, mas não quer dizer que a gente não deva educa-los desde bebês. Como com nossos “filhotes humanos”, paciência para passar pelas fases da infância é fundamental também para os filhotes caninos.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:15

  • Olá Thais, ele aparentemente começou com um comportamento de ansiedade de separação, o que requer que algumas medidas sejam tomadas. Geralmente as dicas funcionam, mas devem ser aplicadas em doses bem pequenas no início, como você fazer todos os procedimentos de saída e ficar apenas 1 minuo fora de casa! Se ele não tiver começado com o mau comportamento, você volta parabeniza e depois de algum tempo repete o procedimento, só passando a aumentar o tempo conforme ele tenha uma boa resposta com o tempo anterior e por assim vai. Se sozinha você não estiver conseguindo bons resultados, procure a ajuda de um profissional.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:15

  • Olá Yanna, ela está tendo um comportamento possessivo e está tendo sucesso, então segue repetindo o padrão! Se você não consegue enfrenta-la (sem agressão, lógico!!!), eu te sugiro procurar a ajuda de um profissional para te orientar como fazer.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:14

  • Olá Maria do Carmo, o seu caso deve ser tratado com o veterinário, já que a agressão dele parece estar intimamente ligada ao estado de saúde dele.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:13

  • Olá Pâm, o Pastor Alemão geralmente é uma raça bem dócil e inteligente, eles aprendem muito rápido. Mas se o seu filhote, já com 2 meses está conseguindo se impor sobre vocês, isso pode se um problema de temperamento ou então uma falta de prática de vocês com o manejo deste tipo de cão. Eu te aconselharia a procurar urgentemente a ajuda de um profissional, para que o caso seja resolvido enquanto ainda há tempo.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:10

  • Olá Suzana, sem ver a filhota fica difícil saber se ela está tendo este comportamento pelo fato de estar insegura por conta da falta de visão ou se é algum desvio de temperamento mesmo. Seria bem legal se você pudesse contar com a ajuda de um profissional, pelo menos para te dar uma consultoria e avaliar o caso específico dela, já que tem mais do que apenas o comportamento envolvido.

    Publicado em 07 de Abril de 2015 às 9:05

  • Olá, adotei uma labrador recentemente. Ela nasceu cega, tem.dois meses de vida e além de.roer tudo, tenta morder todo o tempo meu marido e eu. Qdo corrigimos ela parece ficar brava e continua mordendo, as vezes.para e as vezes não... Alguma dica especial?

    Publicado em 31 de Marco de 2015 às 13:28

  • Pâm diz:

    Filhote de pastor alemão dois meses que morde muito e até rosna, começamos a aplicar essa correção de empurrar a língua com o dedo mas ele se impõe e enfrenta meu esposo e muito mais meu folho de cinco anos ele está com medo e nem,quer se aproximar mais...!

    Publicado em 01 de Marco de 2015 às 19:44

  • Olá Cristiani, mesmo que ela não escute, tem toda a linguagem corporal que fazemos quando damos um bronca, além do "aperto" na lingua. Pode executar o comando sim, ela vai aprender!

    Publicado em 14 de Fevereiro de 2015 às 16:47

  • Olá Yasmin, com 2 meses um filhotinho é ainda um bebê, que precisa de educação e muita paciência. Siga todas as dicas do nosso artigo que você verá como ele aprenderá rápido!

    Publicado em 14 de Fevereiro de 2015 às 16:46

  • Olá Bruna, se ele ainda é bebê, com certea você tem que dar a alimentação própria para filhotes. Uma dica é ver se ele já tem os dentes definitivos, já que a troca dos dentes de leite para os definitivos ocorre entre os 4 e os 5 meses.

    Publicado em 14 de Fevereiro de 2015 às 16:45

  • ola estou em apuros adotei um filhote de pinscher ,ele tem epilepsia em 24 horas deu umas 35 convulsão depois se recuperou mas ta igual demônio da Tanzânia me ajudem todos da casa estão mordidos ele pede colo ataca como louco
    .

    Publicado em 05 de Fevereiro de 2015 às 21:26

  • ola nao sei ao certo a idade do meu cao pois é srd como administrar a sua alimentaçao ??
    nao sei como descubrir sua idade, so sei que ainda e bebe

    obrigado

    Publicado em 31 de Janeiro de 2015 às 19:26

  • Olá,eu tenho um filhote de poodle1 e ele tem apenas 2 meses e alguns dias, e ele não faz xixi nem cocô no canto certo.oque fazemos para ele fazer no local certo?

    Publicado em 30 de Janeiro de 2015 às 8:29

  • Olá. Minha filhote tem 3 meses e é surda. Adora brincar de morder. O "não" não vai adiantar. Como fazer?

    Publicado em 29 de Janeiro de 2015 às 19:04

  • yanna diz:

    Olá! Estou com uma filhotinha de yorkshire de dois meses...e o problema é o seguinte: toda vez que ela pega alguma coisa que não pode e eu tento tirar dela, ela rosna e vem na minha mão pra morder mesmo, com força. E toda vez eu brigo com ela. O que eu tenho que fazer pra ela não avançar em mim?

    Publicado em 12 de Janeiro de 2015 às 0:07

  • olá!
    tenho um shih tzu de cinco meses.
    quando peguei ele tinha apenas três, eu saia para trabalhar e ele ficava sozinho em casa numa boa.
    o problema veio quando entrei de ferias, passei a ficar mais tempo em casa e quando precisava sair ele fica enlouquecido, destruiu a persiana e ficou preso na janela, fez xixi em cima do sofá, faz coco e sai pisoteando pela casa toda inclusive as paredes, além de latir o tempo todo.
    estou seguindo algumas dicas que aprendi por aqui mas não tem funcionado, como dar brinquedos e petiscos não dar tchau na saida e não fazer festa assim que chegar em casa.
    eu realmente não queria me desfazer dele, por isso estou buscando todo tipo possivel de ajuda.

    Publicado em 04 de Janeiro de 2015 às 23:42

  • Olá, tenho uma Poodle com Cocker Spaniel, de 1 mês e meio que gosta muito de morder as sandálias, o tapete, os objetos que encontra e todo mundo aqui, os pés, mãos e até a roupa, ela vive correndo e não para quieta, só quando dorme, eu falo não e reclamo, mas não adianta...Eu gostaria muito de saber se ela é assim por causa das raças ou se é pela idade e pelos dentinhos.

    Publicado em 21 de Dezembro de 2014 às 21:26

  • Meu cachorro tem 3 meses mas ele esta com a energia a todo vapor por mais q eu brinque com os brinquedos dele ele insiste em morder o pés de tdo mundo e aki en casa ja estao qrendo mais ele mas eu gosto muito dele e qro continuar com ele oq eu faço para ajudalo?

    Publicado em 18 de Dezembro de 2014 às 11:34

  • Olá Antônyelle, antes de mais ada, sua cadelinha só poderá ir na rua quando terminar o esquema de vacinação, o que só ocorre lá para os 4 ou 5 meses. Cuidado com isso, pois ela pode pegar alguma doença séria! Quanto ao gato, geralmente eles conseguem se livrar bem quando não desejam estar em contato com os cães. Fogem para um local onde não os alcançam ou então ficam mais escondidos. Enquanto a cachorrinha for bebê, esta empolgação será difícil de ser controlada, tudo pra ela é novidade. Aos poucos, a curiosidade passa e as brincadeiras começam a ficar mais controladas também. Sobre a dormir fora de casa, tente arrumar um local onde ela fique protegida, como uma área de serviço. Ela ainda é muito pequena pra ficar solta à noite.

    Publicado em 02 de Novembro de 2014 às 10:02

  • Olá, tenho uma cadela de 2 meses, pastor belga com outra raça indefinida, ela tem umas brincadeiras pesada com meu gato (tenho 2 gatos), da até dó quando ela começa a querer morder o gato mais novo, as vezes ele até brinca também mas na maioria ela o machuca, ja o gato mais velho mete a unha nela e ela nem mexe com ele com medo, o que eu faço pra ela parar de encher o saco do novinho? ja gritei, ja falei com tom de voz firme pra ela prar e é só no momento depois ela volta de novo. Queria saber também como acostuma-la a ficar fora de casa, dormir nos fundos lá fora...Pois meus pais ja estão reclamando que ela ta crescendo e dorme dentro de casa. Ja prendi ela numa corrente mais ela chorou a noite toda e eu não dormi, será que preciso fazer isso mais noites? E como faço pra ela perder o medo de passear na r ua? ppi

    Publicado em 29 de Setembro de 2014 às 1:23

  • Olá Rafaela, se até esta idade vocês ainda não conseguiram inibir as mordidas do seu cão, mesmo seguindo as dicas do artigo, seria ideal entrar em contato com um treinador para te ajudar.

    Publicado em 02 de Setembro de 2014 às 6:54

  • Olá Talita, você precisa mostrar para o Limao que não pode fazer isso com a Mel. O melhor jeito de fazer isso é supervisionando de perto esta “brincadeira” deles. Deixe os dois interagindo e, caso note que a brincadeira está ficando muito agitada, desvie a atenção deles com um brinquedo, assim você interrompe o processo antes que a excitação da brincadeira deixe o pequeno mais agressivo. Se ainda assim ele conseguir machucar a Mel, dê uma boa bronca nele exatamente na hora que isso acontecer e pare a brincadeira imediatamente. Assim, ele verá que este mau comportamento não está agradando você.

    Publicado em 02 de Setembro de 2014 às 6:43

  • Olá Bruno, não vou te enganar... você comprou um border!!!!! :) Quando decidimos por uma raça, o ideal é se informar bastante sobre ele e, uma das características mais fortes do border é que eles pastoreiam. Já que ele não tem ovelhas, ele pastoreia vocês! Ehehehhehe Enfim, ele é muito pequenininho e está apenas seguindo o padrão para o qual a raça foi selecionada. Você terá que ter bastante paciência para ensiná-lo que não deve fazer isso com vocês. Ao invés de segurar o focinho, porque não insiste mais em apertar a língua dele (sem machucar!) para ver se dá mais certo?

    Publicado em 02 de Setembro de 2014 às 6:43

  • Olá José, o rottweiller é cão de uma raça poderosa e determinada, você terá que ter bastante paciência e carinho, mas também muita firmeza para demonstrar que ele deverá te obedecer! Continue aplicando as dicas!

    Publicado em 02 de Setembro de 2014 às 6:42

  • Olá Priscila, a raça pode contribuir sim, ainda mais sendo uma raça bem ativa, mas este comportamento é mesmo comum em todos os filhotes. Continue aplicando as dicas do artigo que, com o treino, o tempo e a maturidade, ela vai parando com as mordidas.

    Publicado em 02 de Setembro de 2014 às 6:41

  • Olá! Tenho um cachorro de um ano de idade. Ele é vira-lata, mas com predominância para a raça Golden Retriever. Eu e minha família o adotamos ainda com uns dois meses e ele já apresentava o costume de morder, como é esperável de um filhote. No entanto, as mordidas se tornaram mais agressivas e já não sabemos mais como lidar com ele. Tentei os métodos apresentados quando ele ainda era novo, mas não deram resultado. Ele tem sua casinha e fica livre no quintal com seus brinquedos, mas ainda assim persiste em morder quando vamos brincar com ele ou andar pelo quintal. Queria saber como fazê-lo parar de morder. Aguardo a ajuda de vocês! Obrigada desde já!!

    Publicado em 01 de Setembro de 2014 às 18:18

  • Boa noite,

    Tenho um filhote de dachshund pelo curto que irá fazer 3 meses. Ele não para de morder minha mão, corre atrás do meu pé, se a carrego no colo, fica virando o pescoço para me morder. Isso ela faz com todos. Ela já sabe oq é "não", mas em relação a mordidas, ela não para. Sempre falo "não", aperto a barriga dela, não sou atenção a ela depois de brigar. E mesmo assim ela continua mordendo muito. Pode ser pela raça dela? Obrigada

    Publicado em 29 de Agosto de 2014 às 19:47

  • Olá, tenho um filhote de rottwailer, ele tem dois meses e meio e fica mordendo com força e rosnando para mim o que faço?

    Publicado em 28 de Agosto de 2014 às 11:31

  • bruno diz:

    Olá tenho um border collie e ele não para de morder pés e barras das calcas e já esta começando a irritar todos de casa. Ele tem apenas 2 meses e eu não posso passear com ele ainda para gastar energia. Fora que ele não tem medo de nada nem de barulho nem de agua. Quando seguro o fucinho para ele aprender a não morder ele rosna. Esta ficando MT chato isso. Me ajude pvf . obrigado

    Publicado em 23 de Agosto de 2014 às 21:09

Itens 1 para 50 do 122 total

Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
Comentarios
Depoimentos

30/07/15

Informações muito úteis para descrever o produto. Loja especializada, não apenas mais um site de compras com dados gerais. Recomendo!

Natalia P.

30/07/15

Gosto muito de comprar nessa loja. Os produtos são excelentes.

Jose Roberto

29/07/15

 Loja excelente. Grande variedade em artigos para pets.

Mateus P.

26/07/15

Além dos inúmeros produtos úteis e diferenciados, são muito respeitosos com o cliente quando é preciso efetuar alguma troca ou  tirar alguma dúvida! Recomendo demais!

Vk Moreira

Por favor aguarde...