Faça Login ou Cadastre-se.

Minhas Compras
Carrinho Vazio

Cesar Millan: o encantador de cães

Postado em 12 de Junho de 2013 por BitCão. Existem 5 comentário(s).

O Encantador de Cães
Um Livro de César Millan

Quando chega um livro novo sobre cães, especialmente sobre comportamento ou sobre treinamento, nós ficamos super interessados e curiosos. Muitas vezes perdemos o entusiasmo rapidamente, pois parece que é difícil surgir algo realmente novo nesta área. Quando saiu o Encantador de Cães ficamos bastante animados, pois já conhecíamos o trabalho de Cesar Millan, o autor, pela televisão (um programa da National Geographic também chamado Dog Whisperer – O Encantador de Cães) e pela coleção de DVD’s da primeira temporada deste programa que adquirimos para estudo e discussões entre treinadores conhecidos (os DVD's ainda não estão disponíveis no Brasil).

Na série The Dog Whisperer César não detalha passo-a-passo o seu programa de reabilitação dos cães problemáticos (será que são os cães que têm problemas?), mas ele mostra que existem soluções para os casos apresentados e que a maioria destas soluções passa por uma mudança na rotina da vida do peludo. Não deixa de ser reconfortante ver que um profissional de sucesso e projeção nos Estados Unidos aplica basicamente a mesma linha de atuação que a BitCão, embora nossas técnicas sejam, algumas vezes, diferentes.

Aliás, se tem uma frase que eu gostaria de “tomar emprestada” para a BitCão é: “Eu treino pessoas e reabilito cães”Essa frase define totalmente a nossa filosofia de trabalho há 10 anos.

Atenção: Este não é um livro sobre treinamento de cães. César não é um treinador, é uma pessoa que trabalha como consultor de problemas comportamentais. Se você é daquele tipo de leitor que quer ir direto ao ponto para descobrir como é que se recupera um cão cheio de manias vai ter que ter paciência com O Encantador de Cães. O livro não é bem como o programa da tv que já vai logo perguntando para o dono qual é o problema e em seguida mostra como é possível manejar o peludo (no The Dog Whisperer cada programa tem duração de menos de 30 minutos, onde são apresentados 2 casos diferentes).

No livro César aproveita para contar um pouco da sua história, do seu amor pelos animais que surgiu desde menino, e de como foi a sua chegada nos Estados Unidos como imigrante ilegal. Sem dúvida é um relato interessante, pois dá dimensão ao “personagem” César, e vê-se que ele teve muita sorte de encontrar as pessoas certas na hora certa, mas que também se dedicou bastante para superar todas as dificuldades que encontrou, e que foi bastante inteligente para aproveitar as oportunidades e para se adaptar à sua nova realidade e ao seu novo mundo. Não deixa de ser um paralelo perfeito para os donos de cães que têm problemas com seus peludos, pois mesmo que tenham tido a sorte de encontrar um bom profissional na hora certa, nada vai funcionar se estes donos não se adaptarem a sua nova realidade e se não arregaçarem as mangas para trabalhar duro com seus cães.

A propósito, não espere modéstia por parte do autor. Ele não é modesto. Também não espere encontrar simpatia e compaixão nas suas palavras para com os donos de cães rebeldes. César deixa bem clara a sua filosofia: Se o cão tem problemas o problema é o dono!

Não, ele não quer dizer que dono causa problemas psicológicos e comportamentais nos cães intencionalmente, mas ele mostra que em muitos casos a origem dos comportamentos inadequados está firmemente plantada em uma relação onde o dono não fornece o que é realmente importante na vida do cão e que pensar que seu peludo é uma criança, ou um humano que se comunica ligeiramente diferente de nós vai fazer com que este animal perca a sua referência e se torne um bicho confuso, e impossível de se conviver.

Cesar explica que os cães precisam de três coisas na vida para serem saudáveis física e mentalmente: Exercício, Disciplina e Afeto, e enfatiza exaustivamente: Nesta Ordem!

Também são três as regras que ele pede que o dono do cão observe para manter controle de qualquer ferinha canina: regras, limites e restrições (a tradução destas palavras não é muito feliz em português)

Por que o livro vale a pena ser lido?

Mesmo que você tenha ouvido falar que o livro demora a “engatar” no assunto específico sobre cães, dê uma chance ao Encantador de Cães e leia este livro com atenção. A experiência e o sucesso de César não devem ser desprezados, e sua técnica repetitiva de bater sempre nos pontos chaves da sua filosofia de reabilitação canina é uma ferramenta interessante para vencer os mais resistentes (acredite-me, por incrível que pareça, muitas pessoas que precisam de ajuda com seus peludos são as mesmas que se negam a enxergar seus problemas e que esperam que as coisas se resolvam sozinhas) e reforçam conceitos importantes.

As Críticas:Muitas das críticas feitas sobre o método do César são facilmente debeladas se prestarmos atenção nas suas palavras ou se assistirmos seus vídeos. Um dos pontos que é alvo das criticas é de que César faz tudo parecer muito simples, limitado a uma única regra em que o culpado é sempre o dono do cão.

Ele sem dúvida usa esta afirmação para criar impacto, mas quando César atende seus clientes ele não deixa de explicar para os donos que as necessidades básicas daquele cão não estão sendo atendidas (normalmente a falta de exercício é a principal causa, seguida de perto da falta de regras claras estabelecidas pelos humanos e não pelo cão) e ele nunca está errado. Mesmo quando o cachorro parece ter problemas comportamentais que não parecem estar diretamente relacionados com o programa de soluções sugerido por César, ao exercitar o peludo e estruturar a vida dele com disciplina e rotina o comportamento do bichão melhora consideravelmente e ele demonstra isso na prática. Talvez ele escolha bem os casos que pretende apresentar (mas quem não iria ?), mas mesmo que seja este o caso, tenho certeza de que todas as pessoas com cães “difíceis” conseguem se identificar com estas situações.

Parte da “culpa” por este tipo de crítica me parece originada no estilo adotado por César para apresentar algumas de suas idéias. Em um primeiro momento parece que ele faz uma afirmação simplista demais, radical demais, ou totalmente equivocada, mas quando prosseguimos na leitura podemos observar que a afirmação original foi feita com o objetivo de criar um grande impacto na pessoa que está lendo (até mesmo achando-a incorreta) e que a explicação dada nas páginas seguintes são coerentes e corretas. Para citar um exemplo do livro que me incomodou por um bom tempo é quando ele parece defender que as raças têm pouca importância no papel do comportamento dos cães.

- “.... é um engano se preocupar com a raça quando se lida com problemas comportamentais”. 
Como assim? Ele vai querer me convencer que Beagles não são teimosos quando querem alguma coisa? Que Terriers não tendem a ser agressivos com outros animais? Que Rottweilers não costumam ser dominantes e territoriais? Hummmm, não é tão simples assim, meu caro César!

E logo ele me prova que é simples assim, se tivermos atenção nos detalhes da leitura e se olharmos a questão pelo ponto de vista dele.

Outra crítica que costuma aparecer é de que Cesar é cruel na sua abordagem com os cães.
Sinceramente, a BitCão é taxada de ser “melosa” demais com seus alunos peludos e eu nunca vi nos vídeos do Cesar, ou nas técnicas defendidas em O Encantador De Cães, nada que pudesse ser considerado crueldade. Alguns casos nós trataríamos de uma forma mais lenta e cheia de intervalos para premiações com carinhos e até petiscos, mas chamar Cesar de cruel me parece fora de propósito. Rígido?Pode ser. Disciplinador? Sem dúvida, mas não de forma injusta ou cruel. Intimidador ou desafiador? Definitivamente não.

E mesmo nas correções mais “duras” como quando um cachorro tenta mordê-lo ou quando um cão ataca outro, Cesar não usa de nenhum recurso de correção bruto ou que um cão não tem capacidade de entender como parte natural do comportamento de um outro cão dominante. Pode parecer muito duro para um dono acostumado a ver seu peludo como um bebê, mas não é para o cão.

CRUELDADE PARA O CÃO É NÃO SER EXERCITADO, É NÃO TER UM DONO DE COMPORTAMENTO CONSTANTE, É SER DEIXADO SOZINHO POR MUITAS HORAS SEGUIDAS COM POUCO ESTÍMULO FÍSICO E MENTAL.

Para mim, a respeito dos métodos adotados por Cesar Millan, a parte mais dura é justamente quando ele assume o tão propagado e difundido “papel de líder da matilha”. Ou seja, ele, como líder de matilha, não dá muita “bola” para os cães de sua matilha. Não oferece carinhos nem favorecimentos. Não tem prediletos, nem mima os cães que estão sob sua guarda. Cesar mantém a ordem, a disciplina, e a harmonia com a sua postura calma e assertiva, com a sua presença, e com a exigência de que todos se mantenham calmos e submissos. Ele cobra de seus cães, mas também dá os meios e os deixa serem simplesmente cães, em toda a sua exuberância.

Cesar deixa claro que você pode “afrouxar” as regras se o seu peludo é do tipo naturalmente calmo e submisso, ou seja, aquele que não dá grandes problemas, que naturalmente não desafia as ordens e regras de seus donos, mas a coisa é muito diferente quando o peludo em questão é do tipo nervoso, ou agressivo, ou que prefere manter os donos obedientes a ele.

Eu sempre digo que é impossível para a maioria dos donos ser o modelo clássico de líder da matilha. Eu, como a grande maioria dos donos, gosto de dar carinho, fazer cafuné, pegar no colo. Por isso me contento com uma obediência menos cega e sei que é preciso limitar o número de cães que vivem sob o mesmo teto, pois somos líderes “falhos e limitados”. Mas esse é o preço que se paga para termos o prazer de estragar nossos peludos um pouquinho, a menos que eles sejam do tipo que dá problema.

O quê se aprende com o livro:Talvez a coisa mais importante a ser aprendida com O Encantado de Cães é a dimensão da nossa responsabilidade com relação aos problemas comportamentais que nossos cães apresentam ao longo da vida. É a nossa falta de tempo, a nossa falta de planejamento, a nossa falta de comprometimento com as necessidades deles, e não com os nossos desejos e necessidades que acabam causando ou piorando os problemas que tanto lamentamos e que atribuímos quase que exclusivamente aos pequenos ombros de nossos peludos. Sim, somos os culpados! Mas o livro nos ensina a entender os instintos naturais dos cães e porque o conhecimento destes instintos é tão importante na nossa convivência com eles.

Chama a nossa atenção, o tempo todo, que só carinho, roupinhas e coleiras não tornam a vida de nossos bichos mais equilibrada, nem os tornam mais felizes, pois as necessidades primordiais de nossos cães estão muito mais ligadas a natureza e seus ciclos do que a loucura da vida urbana e as questões existências que tanto afligem os humanos.

Cesar defende com uma paixão digna de respeito que nós e não os cães somos os verdadeiros causadores dos problemas nesta relação e o livro coloca, ponto por ponto, o dedo nesta “ferida” que uma grande parcela de proprietários prefere não reconhecer.

Entenda o que é ser uma pessoa calma e assertiva e como isso influencia o comportamento do seu cão (na verdade influencia o comportamento de outras pessoas também!). Por que o seu cão vai ser muito mais feliz sendo um membro calmo e submisso dentro da sua família e aproveite para entender que não há nada de negativo no termo “submisso” quando falamos de comportamento canino.

Através de relatos simples e concisos você pode adquirir conhecimentos que mudarão consideravelmente a sua visão sobre a psicologia canina e a maneira como você pode planejar seus atos e atividades a fim de minimizar os problemas mais comuns.

Aprenda como manter a disciplina na sua casa e o que verdadeiramente realiza e deixa um cão feliz.
Um interessante relato sobre cães que são extremamente agressivos (ilustrado por um caso real e muito triste onde uma jovem de 33 anos foi morta por dois cães nos Estados Unidos), nos leva a pensar e a refletir sobre a nossa triste realidade de mortes e ataques graves causados por cães que hoje estão sendo abandonados como nunca.

Ah!, mas nem tudo é dureza em O Encantador de Cães. Cesar cita vários exemplos de clientes importantes e influentes que ele atendeu e atende até hoje. Não deixa de ser divertido conhecer as estórias dos cachorros de Will SmithOprah entre outras celebridades. E descobrir que até essas pessoas poderosas e carismáticas têm tanta dificuldade quanto nós para lidar com as vontades e manias de seus amados peludos.

E uma grata surpresa: O livro ainda esclarece a dúvida que muitas pessoas têm de por que os cães dos moradores de rua são tão dedicados e obedientes, enquanto que os peludinhos mais cheios de recursos parecem, muitas vezes, absolutamente casos perdidos.

O Por Quê do sucesso:

Lendo O Encantador de Cães (melhor ainda se você puder ver os vídeos) fica fácil perceber porque Cesar faz tanto sucesso. Seu charme, bom senso, paciência, e um toque certo entre humor e “ironia” na hora de lidar com os problemas dos humanos lhe garante a simpatia com as pessoas. Sua simplicidade, segurança, firmeza, rotina, e consistência (ele não altera a vós nem os movimentos nem mesmo quando é ferozmente atacado por um Chihuahua na primeira temporada do seu programa) lhe garante respeito e afeto dos cães.


 

 

Copyright Cláudia Pizzolatto - 2001 - Todos os direitos reservados.
Este artigo tem seus direitos autorais protegidos por lei.
É permitida a sua reprodução sem alterações
desde que sejam colocados o nome da autora
e o link para a webpage da BitCão.


Este post foi publicado em Obediência e Treinamento

5 Respostas à Cesar Millan: o encantador de cães

  • OláVilma, não trabalhamos com o Cesar Millan, apenas comercializamos o livro dele, mas podemos também te dar algumas dicas! :) Continue o trabalho do adestramento dela, só de desta vez, você começa dando os petisco e vai tirando aos pouco. Por exemplo, você faz um exercício com ela e a premia com o petisco. Na próxima vez que der o comando, a premie só com o carinho. Aos poucos você vai aumentando a quantidade de premiações com carinho e diminuindo a com petiscos.

    Publicado em 27 de Julho de 2014 às 16:44

  • Boa noite Dr. Cesar, o curso de adestrador amigo é seu? gostei do artigo que li sobre esse livro , queria saber se eu compro o livro em páginas ou eu leio ele através de pdf? pela computador ou tenho o direito de ler outras vezes que eu necessitar? já escrevi um relato da minha cadelinha para o Sr. não sei se o senhor já leu ou não. Minha cadelinha tem todos os defeitos de comportamento mal educada mas a amo e quero adestra-la mais uma vez, pq o problema dela só é comigo, ela já tomou conta de mim, mas eu não quero desistir. Eu já fiz um acompanhamento com ela pelo youtube mas vejo que ela não assimilou muito, também estava ansiosa para que ela aprendesse, terminou ela só querendo os petiscos e mais nada, Att. Vilma.

    Publicado em 16 de Julho de 2014 às 18:37

  • Olá Maryanna, temos o livro para vender no nosso site no endereço: http://www.bitcao.com.br/livro-o-encantador-de-caes.html

    Publicado em 07 de Abril de 2014 às 5:40

  • tem no brasil para vender

    Publicado em 04 de Abril de 2014 às 14:53

  • adoro o programa dele mas nunca mais passou ,por que?

    Publicado em 18 de Fevereiro de 2014 às 0:50

5 Item(s)

Comentarios
Depoimentos

27/07/2014

Adorei o site !! Tem uma grande variedade de produtos e muita informação , achei um monte de coisas que estava procurando !!

Parabéns !

 

Grazinha

25/07/2014

Loja maravilhosa,  produtos inovadores, terceira coleira Gentle Leader que compro nessa loja, fora os outros produtos.

A coleira é sensacional, nunca vi nada igual, continuarei comprando sempre. Recomendo!

Anônimo

24/07/2014

 

Produtos de boa qualidade, e diferentes dos existentes no mercado.

Preço razoável mesmo considerando os importados, entrega dentro do prazo, fácil de

comprar no site, bom atendimento pós-compra.

 

 

Cecília

21/07/2014

Site confiável, entrega feita no prazo sem problemas, e produtos de

excelente qualidade que não são encontrados em outras lojas do tipo.

 

Renata Magueta

20/07/2014

 ME PASSOU UMA IMPRESSÃO MUITO POSITIVA QUANTO AO CUIDADO COM O PET!

FRANCISCO

Por favor aguarde...