Faça Login ou Cadastre-se.

Minhas Compras
Carrinho Vazio

Como ensinar o cachorro a trazer a bolinha

Postado em 09 de Junho de 2013 por BitCão. Existem 1 comentário(s).

Um dos melhores brinquedos caninos: 
BOLINHAS

BOLA CRAVO
BOLA DE TENIS
BUDDY BALL

Veja abaixo como ensinar o seu cachorro a trazer e soltar a bolinha!

Todo cachorro adora bolinhasBolas grandesbolas pequenasde pelúciade borrachamacias, ou maciças. Tembolinhas com alça, tem bolinhas com cravo, tem bolas para todos os cães.

Nossa novidade este mês são duas bolas que o seu cachorro vai adorar. Ambas se parecem com bolas de tênis (e parece que todo cachorro tem uma certa verve para ser o Guga, ou seja, adoram uma bolinha de tênis). A novidade, e a diferença, está no diâmetro das bolinhas. Uma é do tamanho de uma bola de vôlei (21 cm de diâmetro), a outra de uma laranja “bem dotada” (10 cm de diâmetro). Todas as duas foram exaustivamente testadas pela equipe de provas da BitCão e, devo confessar, não acreditávamos que a bola maior iria agüentar os dentes dos nossos cães. Supresa!!! Não só agüentou, como até hoje tem sobrevivido aos dentes de um Jack Russell (que é o maior “fura-bolas” do planeta), uma Border Collie obsessiva-compulsiva, duas Labradoras dedicadas, dois Rottweilers, campões em “picar” coisinhas, e um Pastor Alemão, que tem a maior abertura de mandíbula que eu já vi!

Claro que a bola não é absolutamente indestrutível, mas é muito mais resistente do que nós podíamos esperar, e passou com louvor na nossa bateria de testes.

 

Porque os cachorros gostam tanto de bolinhas?

Bom, existem muitos motivos para eles gostarem de bolinhas, mas com certeza dois são os principais:
Primeiro porque a bolinha cumpre bem o modelo de “presa”, de caça, que eles iriam encontrar naturalmente se ainda fossem cães que lutassem pela sobrevivência. As bolinhas “correm”, pulam tentando “fugir”, e são finalmente capturadas e mordidas, até “morrerem”. Já imaginaram quanto prazer este exercício dá? O quanto é bom poder exercer um instinto tão primitivo e importante?

Segundo porque nós gostamos de jogar bolinha com eles, e gostamos de vê-los correndo, quase livres de toda a opressão urbana. Nossos cães são ultra sensíveis aos nossos gostos e adoram ganhar atenção e carinho. Jogar bolinha com eles faz com que eles se sintam apreciados e recompensados por todo o carinho e lealdade que eles nos dedicam.

Por isso os Terreirs adoram, os Cães de Guarda adoram, os Hounds adoram, os Cães de Companhia adoram, os Retrievers adoram...

 

E tem diferença entre usar uma bolinha ou outra?

Tem. Algumas diferenças são obvias, outras são mais sutis, mas é bom lembrar que quanto mais brinquedos, de texturas mais variadas, mais o seu peludo vai se sentir estimulado a brincar com as coisas dele, e não com os seus sapatos, controles-remotos, livros e outras coisinhas impróprias.

BOLA COM ALÇA Bola Mina (maciça)
Intensifica o prazer da perseguição e da caça, pois além de quicar de forma imprevisível os espetinhos de borracha trazem textura para a boca do cachorro que é bastante sensível fazendo com que ele ”sinta” a bola. O peso mais denso da bola maciça também faz parte do prazer e da recompensa em caçar a bolinha já que o peludo se sente orgulhoso em carregar seu premio, pesado e valioso.

BOLA COM ALÇA Bolinha com alça
ideal para quem tem muito espaço e cachorro veloz. A alça ajuda a lançar a bola com muito mais força, em distâncias muito mais longas, sem deixar o nosso cotovelo e ombro destruídos.

BOLA PEQUENA Bolas pequenas
ideal para cachorros menores e filhotes, principalmente se forem macias. Cachorros de grande porte e adultos só devem brincar com bolas pequenas se forem muito gentis com a boca, de mordedura leve, como por exemplo a maioria dos Golden Retrievers.

Bolas grandes
são as melhores para cachorros de grande porte e para os pequenos Terries, que curte como ninguém os prazeres de uma perseguição difícil. Justamente porque eles não conseguem “abocanhar a presa” de uma só vez eles ficam vidrados neste desafio.

Bola Molécula
experimente jogar esta bolinha em um lugar amplo. Seu cão vai ficar maluco perseguindo esta bola que pula da maneira mais imprevisível. Feita de borracha maciça, ela é bastante resistente e os cães adoram, pois podem colocar em prática o instinto de caça deles. Não recomendamos para brincar dentro de apartamentos pequenos ou cheios de preciosidades de cristal, pois o peludo vai ficar doidão correndo atrás da Bola Molécula.

Bolas com Cravinhos
as pequenas saliências são ótimas para filhotes na fase de dentição e também para cachorros mais velhinhos. Cães que normalmente não curtem muito bolinhas se sentem atraídos por esta característica especial.

Bolinhas de tênis
os “pelinhos” são um ótimo estímulo para cachorros que gostam de tirar o enchimento de brinquedos de pelúcia (o que é perigoso para os peludos).

Bolas com puxador
para quem tem mais de um cachorro em casa e que gostam de brincar de cabo-de-guerra, ou para cães que adoram carregar coisas na boca (porque ele pode segurar pelas alças, fica mais confortável carregar as bolinhas, já que ele pode fechar melhor a boca).

Buddy Ball
além de estimular o peludo como se fosse uma bola, ela guarda uma surpresa extra. Petiscos e gostosuras podem ser inseridas no orifício central, como desafio extra para o seu cãozinho. Perfeita para cachorrinhos gulosos, ou que só ficam quietos quando existe algo realmente especial para eles se distraírem. APulga Buddy Toys é ideal para filhotes e cães de pequeno porte mas embora seja de borracha, não recomendamos para Daschund/Teckel, o “cachorrinho da cofap”, pois alguns conseguem arrancar pequenos nacos. Para estes peludos o melhor é usar a Buddy Ball.

Agora a pergunta que eu sei que muitos de vocês gostariam de fazer......

COMO ENSINAR O MEU CÃO A TRAZER A BOLINHA?

A melhor maneira de ensinar um cachorro a devolver a bolinha é não correr e não puxar a bolinha da boca dele (lembre-se a brincadeira deve ser “ele solta a bola e eu jogo” e não cabo-de-guerra).

Algumas dicas podem ajudar a ensinar mais rápido o seu cão a devolver a bolinha:

Comece a treinar o seu peludo sempre com coleira e guia. Primeiro jogue a bolinha sempre perto, deixe-o pegar a bolinha e puxe o peludo gentilmente até você. Faça-o soltar a bola, colocando o seu dedo indicador na língua dele e fazendo uma leve pressão para baixo. Assim que a bola for solta, encha o peludo de carinhos e jogue a bola novamente. Repita várias vezes, mas nunca repita tanto que o cão perca o interesse.

O importante é parar a brincadeira enquanto ele ainda está interessado e disposto a brincar. Caso o peludo não vá buscar a bola, ou caso você tenha que ter uma luta corporal com ele para pegar a bolinha, simplesmente pare de brincar e GUARDE a bolinha. Não deixe seu cão brincar com ela sozinho. Quando esta fase já estiver muito fácil é hora de aumentar os desafios.

Na segunda fase repita os exercícios, mas desta vez com uma guia longa, de 7 metros de comprimento.
Resista a tentação de ir rápido demais e deixar o peludo a correr livremente, sem a guia, até que ele esteja voltando, sem que você tenha que puxar a guia.

O meu Jack Russell demorou 4 meses, de treinamento diários, para aprender a devolver a bolinha, mas hoje ele é um mestre na arte de entregar bolinhas bem na nossa mão.


 

Copyright Cláudia Pizzolatto - 2001 - Todos os direitos reservados.
Este artigo tem seus direitos autorais protegidos por lei.
É permitida a sua reprodução sem alterações
desde que sejam colocados o nome da autora
e o link para a webpage da BitCão.

 


Este post foi publicado em Obediência e Treinamento

1 Resposta à Como ensinar o cachorro a trazer a bolinha

  • me paixonei pelo ese site

    Publicado em 16 de Abril de 2014 às 13:43

1 Item(s)

Comentarios
Depoimentos

29/08/2014 

Loja excelente!!  Tanto na qualidade dos seus produtos, quanto no envio, isso sem contar com a variedade de produtos que tem.

Recomendo sem medo de errar.

André

28/08/2014

Queria deixar meu elogio à loja, e ao produto Peitoral Easy Walk!
O site é muito bom, muito fácil de navegar e encontrar esse peitoral que eu queria (estava procurando à tempos) foi super-rápido. A compra foi realizada sem problemas, e o produto chegou no prazo direitinho.
Acabei de voltar de um passeio usando o peitoral Easy Walk (e nada mais) com minha companheira, Tila, uma Pit Bull de 10 meses extremamente brincalhona e que adora caçar passarinhos, ou seja, os passeios com ela eram complicados, pois ela sempre queria sair correndo pra brincar. O enforcador é horrível, machuca o pescoço, e ela aprendeu que se refugasse, e colocasse a cabeça para trás o enforcador saia...Nosso passeio foi extraordinário! Ela não conseguiu puxar de jeito nenhum, pois ela virava para o lado ao tentar. Andou ao meu lado o tempo todo, como uma dama! (rsrsrsrs). E apenas os comandos verbais foram necessários para ela entender.

Produto sensacional !!! Recomento muito para quem tem cães grandes, e/ou fortes que gostam de puxar com o peitoral comum (com o feixe nas costas). 
Obrigada pelo brinde, é lindo! E parabéns pelos excelentes produtos oferecidos, e pelo serviço nota 10! Com certeza me tornei cliente fiel.

Rejane Colasuonno‎

24/08/2014

Achei fantástica a forma como os produtos estão categorizados, pelos problemas do cão. Fica muito mais fácil de achar os produtos, pois nem sempre sabemos exatamente o nome, e o que precisamos.

Dessa forma, a navegacao fica muito mais rápida e objetiva!

 

Paulo

20/08/2014

Cliente satisfeito SEMPRE volta! 

Visito, compro, e indico BITCÃO... não tem erro. Parabéns pela transparência de vocês!

ZZSantos

14/08/2014

Já conhecia a loja, já havia comprado produtos, e desta vez liguei para tirar uma dúvida bem específica, fiquei impressionado com o conhecimento mostrado pela atendente.

Certamente ela conhecia o produto, é o que poderíamos esperar deles.

Excelente, Parabens!!!

 

Barcelo

Por favor aguarde...