Voltar para os artigos

A importância do plano B

dog-658206_640

A BitCão sempre dá dicas sobre comportamento e para o bem-estar dos peludos. Hoje não é diferente, mas o tema é, digamos, mais “pesado”. Ninguém quer imaginar que pode faltar ao seu amigo de quatro patas, mas isso pode ocorrer pelos mais variados motivos: uma emergência com um parente doente, uma viagem inesperada ou o mau tempo que impede o avião de decolar naquele bate-e-volta e até mesmo – toc toc toc – um imprevisto como uma cirurgia, acidente ou até a morte (isola!!!). Torcemos muito para que nada de mal aconteça a ninguém, mas quem tem peludos em casa precisa de um “backup”, especialmente se mora sozinho. Afinal, não podemos esquecer que a vida deles depende de nós.

– Convidar alguém próximo para “apadrinhar” (ou amadrinhar) seu bichinho é uma alternativa. Como entre os humanos, mais do que encher de mimos e presentes (que delícia!),cabe a essa pessoa especial cuidar do afilhado se algo acontecer com os “pais”. Colocar o contato desse amigo na medalha de identificação do gato ou cachorro é fundamental. Imagine, por exemplo, se você está em um local sem comunicação e seu amigão se perde – o telefone dessa pessoa pode ser a única forma do bicho voltar para casa. É legal, também, deixar uma cópia da chave de casa com o padrinho/madrinha para alguma situação inusitada, como um voo cancelado ou o primeiro encontro com o amor de sua vida que se estende além do esperado. : )

– A morte é sempre um tema delicado, e a gente não quer nem imaginar que pode partir e deixar os peludos desamparados. Daí a importância de ter um esquema combinado com pessoas amigas, para que seus filhos de quatro patas não sofram mais ainda com sua ausência. Uma reserva financeira também deve ser considerada para uma situação que, esperamos, demore muuuuuuuuuuuuito para acontecer.

– Seu vizinho é legal? Gosta de bichos? Que tal deixar a chave com ele ou com o zelador do prédio (se ele for bacana também, claro) para algum imprevisto? Só não se assuste se você demorar e não achar seu bicho – ele pode estar vendo TV na casa ao lado!

– Ter uma hospedagem de confiança é essencial. Visite, deixe seu bicho por algumas horas quando você estiver por perto, não economize em perguntas e investigações. É bacana manter no local uma ficha atualizada do seu peludo, com contatos do veterinário e do padrinho/madrinha, claro!

Pet sitter e hospedagemdomiciliar também podem ser bastante úteis numa emergência. Alguns donos estabelecem relações de confiança a ponto de deixar a chave de casa com a “babá” justamente para imprevistos.

– É comum as pessoas colocarem um contato de emergência na carteira. Que tal ter também um aviso que seus peludos estão sozinhos em casa para, caso aconteça algo, o padrinho/madrinha, alguém da família ou de confiança seja acionado?

– Se você vai fazer uma viagem de um dia, por exemplo, deixe seu contato de confiança previamente avisado. Se você demorar além do previsto, seus bichinhos terão assistência.

A BitCão torce muito para que a vida de todos seja tranquila ao lado de seus melhores amigos, mas antecipar emergências é, também, uma forma de amar e ser responsável. Sejam felizes!

Deixe um comentário

1 Comentário em "A importância do plano B"

Notify of

Vera Lucia
1 ano 8 meses atrás

Assunto serio. Nunca ninguém fala sobre isso. Parabéns Bitcao pelo alerta e sugestões!

wpDiscuz