Voltar para os artigos

Transforme seu cachorro em artista

transforme-seu-cachorro-em-artista-blog-bitcao

Cães que sabem truques fazem o maior sucesso, e a interação com o dono é divertida e importante, pois reforça a liderança. Pegue um punhado de petiscos ou brinquedos e chame o seu peludo, vai começar a diversão! Mas antes de ir ao que interessa, temos dicas para o sucesso em como adestrar um cachorro:

  • Escolha uma hora do dia que você esteja relaxado e o seu cão motivado.
  • Nunca perca a paciência.
  • Faça sempre sessões curtinhas e não repita várias vezes os truques. Tudo tem que ser divertido.
  • Use petiscos, brinquedos ou carinhos – o que deixa o peludo mais feliz – como recompensa.
  • Use sempre a mesma palavra para descrever a ação a ser cumprida (você pode personalizar o nome dos comandos que sugerimos aqui). Ficar trocando o nome do comando a toda hora só vai deixar o seu cão confuso.
  • Lembre-se que estes são truques e não comando de obediência. Se o seu cão não quiser brincar não force a barra, pois a ideia é vocês se divertirem juntos.

Truque 1: Pedir POR FAVOR

Seu cachorro quer biscoito? Um brinquedo? Quer sair? Então veja como adestrar um cachorro ensinando a ele o “por favor” e deixe os amigos de queixo caído ao verem o peludinho se sentar nas patas traseiras e levantar as dianteiras enquanto espera ser atendido.

Como começa?

  • Leve o peludo para perto de uma quina de parede.
  • Faça-o sentar.
  • Com a mão direita segure o biscoito ou o brinquedo predileto logo acima do focinho dele.
  • Dê o comando “por favor” com voz calma e alegre, uma única vez.
  • Com a mão esquerda segure uma pata do seu peludo e ajude-o a ir ligeiramente para traz, fazendo com que ele se apoie apenas nas patas traseiras.
  • Ao mesmo tempo, vá colocando a sua mão direita para trás da cabeça do peludo, acompanhando o movimento do corpo dele.
  • Assim que ele conseguir se equilibrar, por um segundo que seja, faça festa e dê o biscoito ou brinquedo para ele.
  • Só então deixe-o descer, ainda apoiado na sua mão.

Como evolui?

Quando você sentir que seu peludo já está confiante neste exercício, solte a pata alguns segundos antes de recompensá-lo, sempre se assegurando que ele está equilibrado. Mais um pouco de treino e você já poderá tentar fazer o exercício longe da parede e sem segurá-lo pela pata.

  • Coloque o biscoito ou brinquedo acima do nariz dele.
  • Dê o comando “por favor”.
  • Vá movimentando a sua mão para trás da cabeça dele, como se quisesse posicionar o brinquedo ou o petisco entre as orelhas do cão.
  • Se ele ficar sentadinho apenas nas patas traseiras conte até cinco, faça festa e dê o prêmio.
  • Se ele levantar nas patas traseiras diga NÃO e recomece o exercício.
  • Vá aumentando o tempo de espera gradativamente, mas não passe de 10 segundos com seu cão na posição “por favor”.

Cuidados:

  • Não faça este exercício com Dachshunds, Bassets Hound ou qualquer outra raça que tenha as costas muito longas, e nem com cães com problemas na coluna.
  • Tome cuidado e não esforce muito o cão se ele for filhote ou idoso, principalmente os de grande porte.
  • Não treine o seu cão em pisos escorregadios.
  • Na dúvida, converse com o seu veterinário antes de começar a treinar.

Truque 2: Para DEITAR e ROLAR

Quem já não viu e achou engraçadinho um cachorrinho que sob comando rola sobre si mesmo? Olha só como adestrar um cachorro para deitar e rolar!

Como começa?

  • Comece este exercício em cima de um tapete (pano ou borracha) ou de algum tipo de acolchoado.
  • Se o seu cachorro já sabe os comandos básicos de obediência, peça-o para deitar. Caso contrário, aproveite quando o peludo estiver deitado para executar o exercício.
  • Sente-se no chão mas procure manter a sua cabeça baixa, olhando no mesmo nível para o cão.
  • Delicadamente, enquanto o seu cão está deitado, segure as patinhas que estão na parte debaixo do corpo dele (normalmente os cães deitam meio de lado, ficando mais apoiados de um lado do que do outro). Uma mão segura a pata dianteira e a outra a pata traseira.
  • Diga a palavra mágica— “role” — com voz calma e apenas uma vez.
  • Faça um movimento lateral suave para rolar o seu cão para um dos lados, até o peludo estar quase totalmente virado.
  • Quando ele estiver quase rolando para o outro lado, tire as mãos do peludo e deixe ele mesmo fazer o resto do movimento.
  • Quando ele acabar de rolar para o lado, faça muita festa e dê um petisco ou o brinquedo predileto dele.

 Como evolui?

  • Quando o seu cão fizer aquela cara de que já está entendendo a brincadeira, não segure mais as patas dele.
  • Faça um movimento giratório com a mão para a direita ou para esquerda (veja para que lado o cão gira com mais facilidade) e diga “role”.
  • Se for preciso ajude com a mão, dando um leve impulso para o lado na altura do peito dele.
  • Quando ele estiver rolando bem para um lado comece a ensinar, da mesma maneira, a rolar para o outro.

Cuidados:

  • Não faça este exercício perto de escadas, vãos ou lugares altos.
  • Não assuste seu cão com movimentos bruscos.
  • Não force o seu peludo a fazer esta brincadeira se ele não estiver se divertindo, ou se demonstrar desconforto ou medo.

Truque 3: Onde está o biscoito?

Bote a cabeça e o nariz do seu cachorro para funcionar: ele vai precisar acertar em que mão você escondeu o biscoito para ganhar o prêmio.

Como começa?

  • Mantenha os biscoitos em uma petisqueira ou num saquinho dentro do seu bolso traseiro.
  • Segure um biscoito com a mão direita, atrás das suas costas, e esfregue o biscoito entre os dedos e a palma da mão.
  • Esfregue a mão esquerda na sua calça, evitando entrar em contato com a petisqueira ou o saquinho de biscoitos.
  • Com as mãos fechadas, cruze um pulso por cima do outro e apresente-as para o seu peludo.
  • Deixe-o cheirar por alguns segundos as duas mãos e pergunte: “onde está?”
  • Abaixe as mãos suavemente e coloque a mão que está com o biscoito (a direita) por baixo da patinha do seu cão.
  • Levante novamente as mãos e mantenha a patinha do peludo apoiada na sua.
  • Abra a mão com o petisco de forma bem alegre, faça muita festa e entregue o grande prêmio.

 Como evolui?

O peludo está se divertindo? Está na hora de deixá-lo pensar.

  • Apresente as mãos da mesma maneira de sempre.
  • Faça a pergunta: “onde está”?
  • Agora não coloque mais a sua mão sob a patinha do peludo. Deixe-o pensar como é mesmo que a sua mão abre.
  • Em poucos segundos ele vai se lembrar que é preciso colocar a pata sobre a sua mão.
  • Quando isso acontecer faça a maior festa e libere o biscoito.
  • Quando já estiver fácil demais é hora de complicar mais um pouco. Passe a alternar os biscoitos: às vezes na mão direita, às vezes na esquerda.
  • Lembre-se sempre de esfregar o biscoito na mão certa e a mão vazia na calça, para diminuir o odor do biscoito.
  • Apresente as mãos e deixe o peludo cheirá-las.
  • Se ele acertar libere o prêmio. Se errar, abra a mão em que ele colocou a pata e mostre que está vazia.
  • Abra a outra mão e mostre que tem o biscoito, mas não entregue para ele.
  • Feche as duas mãos e pergunte novamente “onde está”?
  • Quando ele acertar dê o biscoito e faça muita festa.

 Cuidados:

  • Não repita muito este exercício para o seu cão não virar uma baleia.
  • Acabe sempre de maneira positiva quando ele acertar, nem que você tenha que dar uma ajudazinha.

Truque 4: QUE VERGONHA!

Quem resiste a um cachorrinho com cara de pidão, tentando esconder os olhos, fingindo que está com vergonha? Eu não, e nestes casos perdoo qualquer besteira! Confira como adestrar um cachorro para aprender esse truque!

 Como começa?

  • Separe um pedaço de linha comprida (25 a 30 cm).
  • Espere o peludo estar deitado e relaxado perto de você, mas não com sono.
  • Segure a linha em uma das pontas e deixe a outra passar de levinho no focinho do peludo, fazendo uma cosquinha.
  • É só esperar ele passar a patinha no fuço para coçar e falar o comando: “que vergonha!” (seja teatral)
  • Quando o peludo acabar de coçar a cara dê um pedacinho de petisco e faça muita festa.

 Como evolui?

  • Aqui não tem mistério. É só ir repetindo até o peludo aprender a brincadeira. Aos poucos pare de usar a linha.
  • Se ele ficar um pouco indeciso quando você falar o comando “que vergonha”, experimente soprar de levinho o focinho.
  • Não se esqueça de fazer muita festa.

 Cuidados:

  • Não repita mais do que três vezes seguidas este comando.
  • Verifique as unhas do seu cachorro para ter certeza de que elas não estão grandes ou afiadas a pondo dele se arranhar.
  • Tenha certeza de que o cão está se divertindo e não ficando irritado.

Truques são legais e ajudam muito as pessoas a interagirem com o seu cão de forma positiva. Os cães são sensíveis e percebem logo quando os seus dotes e a sua companhia são apreciados, e sacam também quando os seus donos ficam orgulhosos. Pratiquem e divirtam-se, mas não se esqueça que a obediência básica é o mais importante para os cachorrinhos que precisam conviver com os humanos e facilita o aprendizado que qualquer truque.

 

Cláudia Pizzolatto

 

Leia mais:
Vai-vai-vai começar a brincadeira!
O que o seu cachorro precisa para ser feliz
Não seja chefe, mas líder


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of

wpDiscuz