Voltar para os artigos

Cães filhotes que mordem

filhotes que mordem

Mãos, pés, roupas, pés de mesa… é difícil encontrar algo que os filhotes não queiram morder. Um dos  motivos é a troca dos dentes – os de leite caem a partir dos três meses e meio e até cinco ou seis meses. Os definitivos continuam “crescendo” até os sete meses, e tudo isso é doloroso para os bebês. Para aliviar o incômodo, é importante oferecer brinquedos de diversas texturas, que também ajudam no desenvolvimento físico e psicológico. Mas algumas regras devem ser impostas desde cedo para evitar problemas sérios mais tarde. Além de tentar aliviar a dor da gengiva por causa dos dentes que estão nascendo, filhotes mordem, principalmente, para testar a autoridade e força dos “irmãozinhos”.

É brincando de lutas e batalhas que eles se preparam para ocupar determinada posição na hierarquia do grupo. Se permitirmos que nossos filhotes brinquem de morder a nossa mão, mais do que alguns pequenos cortes doloridos, vamos incentivá-los a ocupar a posição hierárquica mais alta da família quando forem adultos.

Um filhote que aprende que é permitido morder pois não há nenhum tipo de represália aos seus ataques, não hesitará em “defender-se” de qualquer contragosto com dentadas poderosas mais tarde. Um cachorro adulto jamais tolerará que um filhote fique mastigando as suas patas, e emitirá imediatamente um rosnado de aviso. Se o malinha continuar insistindo, vai acabar tomando uma dentada de correção bem na cabeça.

Nós, humanos, devemos ensinar esta mesma lição para os nossos filhotes para evitar problemas no futuro. A técnica de colocar o polegar na língua do cachorro e fazer pressão para baixo até que ele tente empurrar nosso dedo para fora da boca dele é bastante efetiva, e se executada de forma adequada, não irá machucar seu bebezão.

Ele até pode ser bastante insistente e tentar mordê-lo várias vezes, mas as correções vão ensiná-lo que não é agradável abocanhar a mão de que o alimenta. Não se esqueça de dizer sempre NÃO MORDE enquanto aplica a correção e não permita que nenhum outro membro da família ou amigos deixe o seu filhotinho morder.

Outro ponto importante é ensinar ao seu filhote que é bom morder os brinquedos dele, e que o brinquedo correto também vai ajudar a massagear a gengiva e diminuir o incômodo da dentição infantil.

Mas se você estiver aplicando as correções de maneira correta e consistente e ainda assim seu cachorro continuar mordendo com intensidade, ou se você está ficando com medo dele, não insista e entre em contato com um treinador imediatamente.

cta-140817-4

 

Cláudia Pizzolatto
Este artigo tem seus direitos autorais protegidos por lei. É permitida a sua reprodução sem alterações desde que sejam colocados o nome da autora e o link para a webpage da BitCão.

 


Deixe um comentário para BitCão BitCão Cancele Resposta223 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

223 comentários em “Cães filhotes que mordem”

  1. Fernanda Faria disse:

    Ola! Bom dia!!

    Tenho uma pastora alemã de 8 anos e recentemente adotamos uma viralatinha de 2 meses. Essa filhotinha é muito danada e ativa, quer morder tudo e estamos repreendendo ela sempre que notamos. Ela chama a pastora para brincar e as vezes faz isso na mordida, literalmente se pendura no pelo da mais velha com os dentes, as vezes provoca até o grito de dor da mais velha. A pastora até tem bastante disposição de brincar com ela, mas tenho medo que num abuso da pequena ela se revolte e machuque-a de verdade. Alguma dica neste caso?

    Obrigada!!

    1. BitCão BitCão disse:

      Fernanda, já comece a por limites na pequeninha ensinando o comando não. Se a pastora der uns rosnadinhos ou corrigir, acompanhe, pois é o que os adultos fazem. Pelo que vc sinaliza sua pastora tem paciência e não deve haver problemas. Se não se sentir segura em deixá-las sozinhas qdo sair, mantenha-as em cômodos separados por um portãozinho para que se vejam. Boa sorte.

  2. Karoline disse:

    Tenho um pastor alemão de 45 dias já esta conosco a 10. Ele não consegue ter nenhum contato sem morder.
    Tento corrigir falando não morde, ele continua empurro ele pra longe e paro e o carinho, aí ele fica chorando, amoado. Não sei lidar com isso porque morro de dó, porque como eu não cedo ele acaba passando muito tempo sozinho, pois toda hora que se aproxima morde, só sabe morder. Não sei o que faço pra equilibrar essa situação..

    1. BitCão BitCão disse:

      Karoline, os filhotes devem ficar com a mãe no mínimo até os dois meses, pois é ela que dá as primeiras “noções” de boas maneiras. Ofereça brinquedos para ele morder e gastar a energia (os dentes vão começar a incomodar em breve, por volta dos 4 meses, na troca pelos permanentes), ensine-o a buscar a bolinha, por exemplo, e insista no treinamento de obediência, pois o cão tem que aprender que não pode morder.

  3. Paula disse:

    Tenho um rotwailler com 30 dias de nascimento, ela só quer saber de morder seus donos, morde e rosna. Moro na fazenda e aqui tem muito espaço pra brincar e gastar energia, mesmo assim toda vez ele tenta morder e segue rosnando.. o que fazer?

    1. BitCão BitCão disse:

      Paula, é importante que os filhotes permaneçam com as mães pelo menos até os dois meses – ela vai ensinar as primeiras regras de boa convivência. As mordidas e rosnados de um filhote de 30 dias são mais por brincadeira, mas vc vai ter que assumir o comando do pequeno e ser firme desde cedo para que ele aprenda o que pode ou não fazer, tornando-se assim um cachorro equilibrado.

  4. igor disse:

    tenho um cocker spaniel filhote tem acho que 4 meses ele me ataca sempre que vou brincar com ele , faço de tudo, digo NÃO!!! mas ele n ta nem ai oq eu faço?

    1. BitCão BitCão disse:

      Igor, continue sendo firme e mostrando quem manda. Se ele quiser morder, pare a brincadeira e ignore-o por alguns minutos. Insista e terá um cachorro equilibrado e obediente. Lembre-se de oferecer muitos brinquedos para ele aliviar a coceira normal nesta época de troca de dentes.

  5. Lana Mara disse:

    Boa noite, tenho um filhote de American bully de 6meses e ele está trocando os dentes, mais desde novinho que ele morde nossas mãos, dizer não bem firme e brinquedos nunca adiantaram pra ele, agora ele ja fez um rombo enorme na porta do quartinho dele, nao sei mais o que fazer! Me ajudem!
    Obrigada

    1. BitCão BitCão disse:

      Lana, morder é um comportamento normal de filhotes, que devem ser ensinados desde cedo que não podem fazer isso. Diga não com firmeza, tire as mãos e ignore o bicho por alguns minutos. Se ele estiver mordendo algo que não pode (a porta, por exemplo), dê o comando não e tire-o do local. Exercite muito o seu animal para ele gastar energia!

  6. Priscila disse:

    Oi boa NOITE!

    1. BitCão BitCão disse:

      Olá Priscila, como podemos ajudá-la?

  7. Renan Tavares disse:

    Boa noite tenho um filhote lhasa apso de 6 meses e observei que ainda não nasceram vários dente na boca dele os que nasceram são pequenos são poucos os dentes na bocas do cãozinho gostaria de saber pk e se é normal obrigado.

    1. BitCão BitCão disse:

      Renan, a troca dos dentes decíduos (pequenos e afiados) pelos dentes permanentes ocorre entre o 4o e 6o mês de vida. Fique de olho e, caso não nasçam os permanentes, leve-o a um vet especializado em odontologia. Não se esqueça de escovar sempre os dentes do seu peludo 🙂

  8. BitCão BitCão disse:

    Ana, tem que ter paciência, estimular a morder outras coisas. Coloque uma coleira e uma guia para contê-la se for preciso, e aproveite a hora da comida para fazer carinhos, escove com uma escova macia, brinque com um paninho ou um osso de corda.
    É preciso se dedicar bastante e fazer muitas aulas de obediência com reforço positivo.

  9. Ana Giulia disse:

    Eu tenho uma labradora de 9 meses,que adotei recentemente,ela morde não com força,mas fico com medo de quando crescer mais um pouco.O que eu posso fazer?

    1. BitCão BitCão disse:

      Ana, tem que ter paciência, estimular a morder outras coisas. Coloque uma coleira e uma guia para contê-la se for preciso, e aproveite a hora da comida para fazer carinhos, escove com uma escova macia, brinque com um paninho ou um osso de corda.
      É preciso se dedicar bastante e fazer muitas aulas de obediência com reforço positivo.

  10. Luciana disse:

    Por Favor responda, estou quase desistindo, nosso filhote é um beagle de 2 meses e meio e estou inteira mordida, ele não pode me ver que ataca, eu falo não e ele rosna e se arrepia, para me morder, sempre que ele faz isso acaba prezo para o lado de fora! Estou triste, queria ficar mais com ele. Nenhum brinquedo faz ele desistir de me morder. Só quando estou com a comida dele que consigo chegar perto.

    1. BitCão BitCão disse:

      Luciana, tem que ter paciência, estimular a morder outras coisas. Coloque uma coleira e uma guia para contê-lo se for preciso, mas
      se for colocar para fora toda vez que ele se comportar mal, não estará educando, não estará ensinando a ele se comportar direito.
      Aproveite a hora da comida para fazer carinhos, escove com uma escova macia, brinque com um paninho ou um osso de corda.
      O filhote está começando a trocar os dentinhos, e isso é bastante incômodo.
      Beagles são durões mesmo. Nem todos são fofinhos. É preciso se dedicar bastante a esse filhote e fazer muitas aulas de obediência com reforço positivo.

  11. Tayane disse:

    Olá,tenho um filhote de Pastor alemão (capa preta) ela tem apenas dois meses vai fazer três dia 03,peguei ela com 47 dias.Bom, ela é muito imperativa não para um segundo só pra comer e dormir.Ela morde bastante não conseguimos dar carinho pra ela porque só sabe morder,ela já estragou 7 havaianas,2 calças,meu centro de mesa,minha cabeceira dá cama,e tá tentando o sofá agora.Mesmo com tantos brinquedos continua assim, e oque ela mais gosta de moder são os donos estamos cheios de arranhões e alguns cortes feito por ela. E nada assusta ela,nem bater,nem água,nem barulho,nada mesmo.Creio que tá piorando cada vez mais .Ela dorme no nosso quarto e se nós não deixamos ela faz um escândalo.Ela acorda no meio dá noite chorando,mais só levantar quando nos acorda, estou pensando em adestrala​,mais estou esperando ela completar os 3 meses.Oque você acha ?

    1. BitCão BitCão disse:

      Tayane, como ela ainda não deve ter completado as vacinas, você pode começar o adestramento básico (NÃO, senta, deita, fica, junto) em casa mesmo, mas é preciso treinar pelo menos 20 minutos por dia. Dar disciplina para essa garota é fundamental, mas NUNCA BATA na sua cachorra! Ofereça brinquedos resistentes e brinque muito para que ela canse, e pense também em brinquedos que desafiem a inteligência dela, como os Kongs e brinquedos recheáveis, para que ela tenha que descobrir como tirar os petiscos de dentro. Ela já adestrou vocês direitinho, pois dorme no quarto e se chora vocês fazem a vontade dela. :)))
      Se quiser mudar o “quarto” dela, tem que aguentar firme a reclamação por umas noites, até que ela perceba que não é recompensada por chorar e ninguém fará todas as vontades dela. No mais, é uma raça adorável e você vai amar!

  12. Tenho uma border collie de sete meses saio sempre para passear porque sei que essa raça é´ḿúíto hiperativa,ms come tudo que vê pela frente, falo brava com ela viro as costa ela faz tudo de novo, não sei o que faço mais estou desesperada, peço ajuda.

    1. BitCão BitCão disse:

      Berenice, bem-vinda ao mundo dos borders! 🙂
      A sua filhota vai fazer muita bagunça ainda, tenha paciência, gaste muuuuuuuita a energia dela e blinde a sua casa, tirando de perto coisas perigosas para que ela não se machuque.
      Borders são cães extremamente inteligentes e aprendem rápido, tanto o que o dono quer quanto o que não deveria. Invista em treinamento de obediência e muita atividade física, já que são cães de trabalho (pastoreio). Boa sorte 🙂

  13. Cristina disse:

    No dia 20/02/17 adotei um filhote(femea) de 1 mes e 10 dias, a mãe dela é uma poodle nº 1 e o pai um SRD, ela vivia numa casa com vários cães, levei ao veterinário, tomou a 1ª dose de remedio para vermes, agora em março vai tomar a 1ª dose da vacina, ela é um filhote que não aceita carinho, eu faço carinho na cabeça ou na barriga ela já vem para morder, eu pego ela no colo, começa a latir, gritar querendo ir para o chão,de mahã quando ela acorda eu vou pegar ela para dar uns beijinhos ela começar a gritar fico chateada e coloco ela no chão, ela gosta muito de brincar com os brinquedos, quando preciso ir na casa da minha irmã coloco ela no colo e faz um escandalo na rua, se coloco na bolsa ela vai tentando sair, como ela é muito pequena ela ganhou uma coleira de gato para poder prender dentro da bolsa, foi um custo colocar, depois que ela foi para o chão ela tentava tirar a coleira, a minha irmã tem um cachorro yorkie que adora cães mas até ele tem medo da minha cachorra, ela chega para brincar ele foge, ele adorava a minha outra cachorra que faleceu a 2 meses. Estou preocupada se essa minha cachorra vai ser de morder, brigar e eu não conseguir que o cachorro da minha se dê bem com ela e vice versa.

    1. BitCão BitCão disse:

      Cristina, é muito difícil falar sobre o temperamento de um filhote sem conhecer os pais e fazer alguns testes. Em primeiro lugar, essa cachorrinha saiu da mãe muito cedo, deveria ter ficado com a mãe e os irmãos até 50 dias, no mínimo. É raro um cachorro tão novinho ser agressivo, mas pode existir. Mais provável é que a cachorrinha não esteja acostumada a ser manuseada, ou mesmo que ela sinta algum tipo de dor. A nossa dica é fazer um “treinamento” colocando a cachorrinha em um lugar fora do chão, porém seguro (um sofá, uma mesa grande). Coloque a coleirinha e a guia, reúna um monte de petiscos, ou grãos de ração, uma escova de bebê e uma toalha. O exercício consiste em massagear a pequena com a toalha, ou escovar devagarzinho, enquanto oferece um pequeno petisco ou a própria ração na hora dela se alimentar. A coleira e a guia servem para manter a bichinha em um pedaço bem restrito, para ela não pular ou sair correndo. Depois que ela já estiver aceitando bem a toalha e a escova, é hora de colocar um pouquinho no colo, sempre premiando com petisquinhos. Só colocar ela no chão quando estiver calma, sem espernear e tentar morder, nem que seja por poucos segundos. É um trabalho lento, e não deve ser feito se o dono estiver nervoso, irritado ou frustrado. Nunca bater ou ameaçar a cachorrinha, mesmo que ela esteja mordendo. Uma boa ideia é pedir para o veterinário fazer um exame completo, com teste de dor, na hora que ela for vacinar. Lembrando que a bichinha provavelmente vai ficar bem dolorida (por uns três dias) depois da vacina, então os cuidados devem ser redobrados.
      Se não perceber melhoras no comportamento, recomendamos chamar um profissional muito experiente em treinamento de filhotes para uma avaliação.

  14. Tenho um buldogue frances que bem calmo.Só quando vou limpar a orelha ele me morde mesmo,só ele sentir que tem algo na mão ele já me agrede. Como faço p/ poder limpar a orelha sem que ele me morda.obrigada NÁGELA

    1. BitCão BitCão disse:

      Nágela, tente associar a limpeza à coisas positivas, como petiscos – mas só se ele se comportar! Prefira os horários em que ele está mais calmo e relaxado, por exemplo após os passeios. Se mesmo assim for complicado, peça ajuda ao veterinário ou ao profissional que dá banho nele.

  15. Domenyca disse:

    Tenho uma cadela de três meses e meio e ela é muito agitada, eu brinco com ela ela, tem brinquedos mas não aprende… Não consegue receber carinho, só quer morder o cabelo da gente, as mãos.. Tudo que vê dentro de casa quer morder, destruir, aí só deixo ela na varada, deixo ela entrar pra ver se ela muda, mas não adianta, já sangrei, já dei umas palmadinhas e nada, o que faço?

    1. BitCão BitCão disse:

      Domenyca, não bata na sua cachorra, pois isso só piora as coisas! Sua filhote tem apenas 3 meses, e é natural que seja agitada, como qualquer “criança”. Se ela já estiver vacinada e liberada pelo veterinário, capriche nas caminhadas para que ela gaste energia, e comece o treinamento de obediência. Ofereça vários brinquedos para que ela possa morder e aliviar a coceira da troca dos dentes. Carinho e paciência são as palavras de ordem. Boa sorte!

  16. Marcos Antonio disse:

    Ola ,tenho uma Lhasa de 2 meses, ela é muito brava, morde todo mundo, morde também roupas, pano em geral,brinquedo que é bom nada de morder, pego ela no colo ela morde e rosna, muito agressiva. Me ajudem, o que posso fazer, tenho dó de bater nela.

    1. BitCão BitCão disse:

      Marcos, nunca bata na sua cachorrinha! É brincando de lutas e batalhas que os filhotes se preparam para ocupar a posição deles na hierarquia do grupo. Se permitirmos que nossos filhotes brinquem de morder a nossa mão, mais do que alguns pequenos cortes doloridos, vamos incentivá-los a ocupar a posição hierárquica mais alta da família quando eles estiverem adultos. Um filhote que aprende que é permitido morder pois não há nenhum tipo de represália aos seus ataques, não hesitará em “defender-se” de qualquer contragosto com dentadas poderosas mais tarde em sua vida. Um cachorro adulto jamais tolerará que um filhote fique mastigando as suas patas, e emitirá imediatamente um rosnado de aviso. Se o malinha continuar insistindo, vai acabar tomando uma dentada de correção bem na cabeça. Nós, humanos, devemos ensinar esta mesma lição para os nossos filhotes para evitar problemas no futuro. A técnica de colocar o polegar na língua do cachorro e fazer pressão para baixo, até que ele tente empurrar nosso dedo para fora da boca dele, é bastante efetiva e, se executada de forma adequada, não irá machucar seu bebezão.

  17. Letícia disse:

    Olá meu nome é Letícia tenho uma buldogue francês e ela está mordendo todo mundo é não quer parar quando a gente vai fazer carinho ela morde me ajude por favor

    1. BitCão BitCão disse:

      Letícia, você não nos deu muitos detalhes, mas é importante corrigir sua cachorrinha e mostrar que o comportamento dela é inadequado.

  18. Henriqueta disse:

    Meu cão tem 9 meses e insiste em morder nossos pés. Já borrifamos água, gostos amargos e ele insiste. Hoje fui brincar com ele com bola e ele mordeu meu pé com força. O que fazer?

  19. TEREZINHA disse:

    TENHO UMA SHIh-TZU COM 5 MESES, ELA É hiperativa, QUER ATENÇÃO O TEMPO TODO, ME MORDE E QUANDO CHAMO SUA ATENÇÃO, DAI ELA AVANÇA , MORDE MEUS PÉS, MINHAS MÃOS, NÃO CONSEGUI EDUCá-LA COM O XIXI E COCO NO JORNAL, ELA RASGA TUDO, O TAPETINHO HIGIÊNICO ELA DESTRÓI, NÃO SEI MAIS O QUE FAZER, JÁ TENTEI COM ÁGUA, COM JORNAL ENROLADO ATÉ JÁ BATI NELA, QUANTO MAIS BRONCA MAIS ELA AVANÇA. ESTOU DESESPERADA, FAZ XIXI E COCO POR TUDO, AS VEZES ELA FICA QUieTINHA E CONSIGO FAZER UM CARINHO. ELA DORME NA MINHA CAMA , ANTES DE DORMIR É UM TORMENTO, ELA ME LAMBE. ME MORDE. ME AJUDEM NÃO SEI O QUE FAÇO

    1. BitCão BitCão disse:

      Terezinha, não temos como avaliar com profundidade à distância, mas aparentemente a sua filhota está precisando de regras mais definidas para entender que é você quem manda e ela não pode fazer tudo o que quer – ainda que algumas coisas sejam típicas de “crianças”, como rasgar o jornal e o tapetinho.
      Em primeiro lugar, não bata na cachorra, pois isso pode desencadear outros problemas comportamentais. Seja firme na bronca quando ela fizer algo errado (só funciona na hora!) e ignore-a por alguns minutos. Acostume-a a dormir na própria caminha, ainda que no começo ela faça um certo escândalo. Como ela já tem idade para passear na rua, se as vacinas estiverem em dia caminhe bastante para que ela se canse. Boa sorte.

  20. Ariane disse:

    Olá, tenho um filhote de Spitz Alemão com 6 meses, e agora pegamos um filhote de Bulldog com 2 meses, estamos tendo muita dificuldade em conseguir uma convivência sadia entre os dois, pois o bulldog com toda sua força acaba mordendo para machucar, e mesmo com as correções ele não atende aos comandos, ele tem ficado agressivo e rosna para nós, como posso fazer para conseguir um bom adestramento de ambos?

    1. BitCão BitCão disse:

      Ariane, o melhor é pedir indicações e referências de adestradores para o veterinário dos seus peludos, ou para amigos.

  21. Ana Araújo disse:

    Olá, eu gostaria que você me desse uma dica de como adestrar uma cachorrinha de quase 6 meses. Não aguento mais ela só pensa em morde, eu as vezes tento assusta lá com pedras dentro de uma latinha, no começo até dava certo mas agora não dá mais.

  22. Andréia disse:

    Tenho um rotweiller macho de dois meses , e estou preocupada porque ele morde tudo e a todos e rosna e tenta avançar, já tentei de tudo ,comprei vários brinquedos e sempre repreendo ele a não morder,tentei o spray de água mas nada resolve .me ajudem

    1. BitCão BitCão disse:

      Andreia, seja muito firme com seu filhote para ele entender desde cedo o que pode ou não fazer. Comece o quanto antes o treinamento de obediência para ele entender que você é a líder.

  23. Emanuel disse:

    Tenho uma cadelinha da raça rottweiller de 1 mês e20 dias, estou ensinando ela a fazer as necessidades no jornal está a aprender mas noto q poucas das vezes ainda faz as necessidades fora do local específico, isso e normal né, e quando está a fazer algo q a tiro di q faz ela rosna pra querer morder mas não quero ser agressivo e falo em alto tom ela ,fica submissa estou certo em agir dessa forma!?

    1. BitCão BitCão disse:

      Olá Emanuel, o controle da bexiga ainda demora um pouco, ocorre por volta dos sete meses. Continue sendo firme com sua filhota para que ela aprenda o que pode ou não fazer, e sempre valorize quando ela acertar. Boa sorte!

  24. Isabella disse:

    Olá!!! Até quantos meses o cachorro apronta todas e é agitado. Não sei mais o q fazer, meu Pitbull de 2 meses e muito agitado, teimoso, não fica 2 minutos sozinho pois chora sem parar. Procuro passar o máximo de tempo com ele, deixei até o trabalho na parte da manhã, por que não tenho com quem deixar e pra não ele não ficar sozinho, e a tarde vou por umas 2 horas e volto correndo, e nesse intervalo meu filho chega e já tem companhia. Ele late as vezes , que fica agitado e leva NÃO, e não obedece ninguém. Ele ama ir pra casa do meu namorado onde tem uma pit bull de 1 ano e 4 meses, pra brincar, ela tbm e nossa, eles brincam bem, depois de um tempo ele fica eufórico e rosna e machuca ela, e não para, mesmo com broncas. No início ela jogava ele longe com a cabeça empurrando, aí ele parava, mas ela agora tem muita paciência com ele e só morde brincando ou então se afasta dele nem late ou rosna, ela e muito doce. Ele ta me deixando maluca, não resolve spray, barulho pra assustar. As vezes passa o dia fazendo xixi no lugar certo, as vezes arreia faz no meio da sala na nossa frente. Ele não tomou todas as vacinas, por enquanto ta no meu AP. Ms ele vai ganhar uma baía junto da mel no terreno da casa onde tem Ms espaço, Ele sempre brinca com ela, pelo menos 5 vezes na semana e desço com ele no colo todo dia pra socializar. Mas ele se esperneia e chora quer ir pro chão, isso e até engraçado, só toco nele quando ta tranquilo, o que e muito raro, pq ou está chorando ou mordendo enlouquecido, e parece o Diabo da Tasmânia kkk…Só quer dormir grudado, aí vou pra sala durmo no sofá e ponho ele no chão perto de mim, mesmo assim ele insiste chorando q quer subir, e ele já e grande apesar dos 2 meset que completou, só não e pior por que tem insegurança e não sobe em nada por enquanto aí…..chora pra subirem ele. O que faço?? Pq já dei umas palmadas por ele morder a mel e me machucar mordendo meu pé, apesar de morder menos a mim.
    Desde já obrigada pela atenção.

    1. BitCão BitCão disse:

      Isabella, são várias questões, mas parece que vc tem um filhotão cheio de energia que precisa de pulso firme para se tornar um bichão equilibrado.
      1) Xixi: o controle da bexiga só ocorre por volta dos 7 meses, continue valorizando os acertos.
      2) Agitação: canse seu amigão, mas invista também em momentos de tranquilidade, para que ele entenda que ganha carinho quando sossega.
      3) Mordidinhas nessa idade podem ser uma forma de aliviar a coceira nas gengivas, mas devem ser direcionadas para ossos recreativos e brinquedos, não suas mãos! Repreenda-o com um sonoro não e o ignore por uns minutos para mostrar que não é um comportamento adequado.
      4) Ele pode se acostumar a dormir sozinho – vai chorar nas primeiras noites, mas resista para que ele se acostume e entenda que tem seus espaços, mas deve respeitar as regras da casa. Não há mal nenhum em dormir com o seu cachorro, desde que a opção seja sua, e não uma exigência dele.
      boa sorte!

  25. Rodrigo Martins disse:

    Olá, tenho um Schnauzer macho que acabou de fazer 3 meses (01/09/15). Ele tem uma intensa mania de morder com força, quando dou o comando “Não Pode” e levando o dedo e ele resmungando e latindo recua e se deita com a carinha no chão. Às vezes ele tenta “montar” no meu braço para copular (por incrível que pareça ele já tem este instinto) obviamente não deixo e repreendo. Engraçado que ele já aceita comandos como “sentar” e “deitar”. Não deixo ele entrar nos locais primeiro que eu, e sempre tento ficar numa postura mais elevada do que ele. Tenho medo de ficar repreendendo muito (com spray de água por exemplo) e isso ir criando uma “revolta” nele. Sei que dar reforços positivos é mais eficaz, mas como lidar com as questões das mordidas? Normalmente tem que haver “punição”, nem que seja verbal. Sinto que às vezes ele quer ser o macho alfa, como no caso de quere copular com o meu braço, além do fato que Schnauzera levam a fama de teimosos. Alguma dica??

  26. perlla disse:

    ola tenho um shi tzu que morde tudo que ver sapato chinelo cama não aguento mais cansei de falar não para ele mas não resolve
    me ajude….

    1. BitCão disse:

      Olá Perlla, tem bastante informação no nosso artigo aí em cima!!!

  27. dirce disse:

    tenho uma Cadelinha de 45 dias, pede colo sempre quando pego me morde muito falo com ela não morde mais não adianta temos que sentar com os pés para cima, o que fazer com a Lessia

  28. Paloma disse:

    Eu quero muitoo uma ajuda!! Peguei da rua uma cachorrinha com 35 dias aproximadamente, misturada vira-lata com outra raca, mas ultimamente ela vem sendo agressiva e so quer morder, ela esta com um mês e duas semanas, nunca bati nela e ela tem bastante brinquedos, quando digo não ela obedece na hora mas depois volta a fazer errado de novo. O que estou fazendo de errado?? E o que devo fazer pra que ela mude e fique como um cachorro dócil. Desde ja agradeço

    1. BitCão disse:

      Olá Paloma, é bem difícil dar uma opinião de longe, já que não vemos com detalhes o comportamento da sua cadelinha. Ela parece ter uma personalidade forte, você terá que reforçar o aprendizado dela, mas como você mesma falou, sempre sem violência! Bater só vai piorar a situação. Você terá que ser firme mesmo!

  29. Deise disse:

    Olá, boa noite. Adorei o site, lindo trabalho! Preciso DESESPERADAMENTE de ajuda rs. Adotei um filhote há 15 dias. Ele não tem raça determinada e está com 55 dias. Meu problema é que não consigo educá-lo!!! Ele é extremamente agitado, nos morde sem parar e não aceita nenhuma bronca nem correção.
    No primeiro dia em casa, ele foi super quietinho, só ficava no nosso colo. Dormiu na minha cama, pq chorou muito quando o colocamos na casinha. No dia seguinte, li vários posts sobre educação de filhotes. A primeira noite na casinha ele ainda deu um pouquinho de trabalho mas, depois, com a ajuda das dicas, conseguimos acostumá-lo. Essa foi a única coisa que conseguimos com ele rs.
    Desde então, ele não aceita nenhum carinho. Se alguém passa a mão nele, ele tenta de todas as formas morder. Se estamos sentados, com os pés pra baixo, ele fica louco tentando morder nossos dedos e canelas.
    Comprei brinquedinhos, vários, q ele ignora. Ele só quer nossos pés, não brinca com nada. Só se distraí mordendo a gente ou o que não pode, como chinelos, tapetes e pés de mesa.
    Tentei a técnica do susto, falar não e então estourar bexiga ou fazer barulho com outra coisa. Ele só rosna, mostra os dentes, avança na gente e fica ainda mais irritado. Então tentei a técnica do spray de água no focinho. Ele tenta morder o borrifador e rosna como louco. NADA intimida o cachorro!!! O que quer q a gente use ou faça para tentar corrigir, ele não aceita, fica ainda mais agitado e tenta de todas as fornas atacar a gente. Pula, mostra os dentes, fica super agitado. Ele não tem medo de nada.
    Xixi e cocô são casos perdidos. Ele faz xixi nos tapetes encharcados de Pipi Não pode e ignora o tapete higiênico cheio de Pipi Pode. Faz cocô onde quer. Se ele abaixa pra fazer e eu o levo até o jornal onde é pra fazer, ele prende e não faz. Eu fico ali com ele uns bons dez minutos esperando ele desistir e fazer, mas ele só fica tentando me morder pra sair dali. Quando eu desisto e me viro, ele volta correndo pra onde estava e faz.

    Sinceramente, não sei mais o que fazer. Apesar de ser apartamento, temos uma varanda em L gigante, pq é um prédio familiar, não prédio comum, então o ap é beeem grande. Ele tem muito espaço, come ração pra filhotes, tem vários brinquedinhos e ninguém bate nele. Ele se comporta como um cão violento adulto.
    Meu medo é que ele vire isso mesmo, pq apesar de ser vira lata, ele tem uma carinha de cachorro brabo, o rosto dele lembra um pouco um Rottweiler, e como a mãe dele era de rua, não faço ideia de com que cão ela possa ter cruzado. Nem sei dizer que mistura ela é rs.

    Por favor! Como eu faço pra fazer esse filhote se acalmar, parar de nos morder e avançar, e aprender a respeitar o lugar do pipi e caquinha???

  30. Luiz Henrique Amaral disse:

    Olá! Há 21 dias adotei um lhasa apso de 45 dias, que agora tem pouco mais de 2 meses. Ele tem me deixado louco. Mordisca-me sempre que consegue e é muito. Ele tem brinquedos com os quais realmente brinca. Recebe atenção, carinho, água, comida, palitos, biscoitos, ossinhos de couro, tem sua própria toca quentinha (aqui no sul é frio). Mas nada disso parece ser suficiente para aplacar a ansiedade do meu patudo. 3 vezes por semana eu o levo ao sítio onde ele corre, brinca, e gasta muita energia. Na volta ele até foca calmo por umas 6 horas, mas mesmo assim não consegue receber carinho ou mesmo ser tocado sem tentar morder. Como não tem todas as vacinas não posso passear com ele pelas ruas, por isso só levo ao sítio que é ambiente seguro. Mas não sei mais o que fazer pra ele parar de mordiscar, ser mais calmo, carinhoso e meigo. É um filhote arisco com humanos e há uns 3 dias começou a me enfrentar quando tento corrigi-lo, rosnando e tentando me morder com força. Alguém tem alguma idéia que possa me ajudar? Desde já agradeço!

  31. Ola tenho um pug de 4 meses e meio e toda vez que brincamos e passamos a mao nela ela se empouga e comeca a me morder o que eu faco HELP HELP HELP!!!!

  32. Keli alessandra do carmo disse:

    Olá boa noite! Tenho uma cachorrinha de seis meses, e uma Cocker ,mais ela esta devorando tudo em minha casa não sei mais o que fazer por favor alguém me ajude com minha linda cachorrinha.

  33. Keli alessandra do carmo disse:

    Ola boa noite! Oi tenho uma cocker , de seis meses, ela distroi tudo , não sei mais o que fazer, não posso mais deixa ela solta o que devo fazer?

  34. Marcela disse:

    Olá, bom dia!
    Tenho um filhotinho de shitzu que está com 2 meses ele é muito bonzinho, mais as vezes quando está fazendo alguma coisa por exemplo mexendo na terra e eu vou tirar ele de lá ele começa a rosnar e morder, falo com ele que não pode mais aí que ele rosna mais ainda, pego ele é coloco de castigo preso, mais não Adianta aí ele começa a chorar o que devo fazer?

  35. Luciene disse:

    Ola, bom dia.
    Tenho um labrador com três meses que esta me dando muito trabalho. Alem de morder muito ao ponto de machucar bastante, ele late muito e como moro em apartamento os vizinhos já começaram a reclamar dos barulhos. Já observei que quando passo o dia todo em casa ele fica mais calmo. Vou tentar fazer essa dica que você orientou, mas queria saber o que faço para que ele não acorde mais as 4:00 AM com todo o pique mordendo e latindo.

    1. BitCão disse:

      Olá Luciene, ele ainda tem um nível de energia muito alto com esta idade! Tente ignorar quando ele tenta te acordar. Uma solução pode ser colocá-lo para dormir em uma caixa de transporte.

    2. Valeria disse:

      Olá amigo tenho um labrador que só acalmou com 1ano e meio vc vai ter mesmo muita paciência! !!!boa sorte !!

  36. vanilda disse:

    ola pessoal…estou aqui super preoculpada! O meu cachorrinho tem um aninho ele divide espaço com seu pai de três aninhos ultimamente ando percebendo que ele esta arrancando o pelo de seu pai e engolindo percebi hoje pela manha que ele vomitou um canudo de pelo me ajudem com dicas sobre oque eu devo fazer para ele perder esse abito tenho medo dele morrer!!! 🙂 são dois shi tzu.

    1. BitCão disse:

      Olá Vanilda, você tem que descobrir o porque dele estar apresentando este comportamento, para então tratar as causas.

  37. Andressa disse:

    Olá tenho um bulldog francês de 4 meses e na hora que ele está comendo ou com osso se vc passa a mão nele ele é bastante agressivo….como posso lidar com essa situação não quero que ele seja bravo

    1. BitCão disse:

      Olá Andressa, já deu pra perceber que ele é bem dominante, né? Você terá que ser bem firme na educação dele. Além disso, a castração é muito indicada.

  38. Carla Cristina disse:

    Olá,
    tenho um bulldog francês de 7 meses e a partir dos 3 meses ele vem mordendo nossos móveis de madeira da varanda onde fica quando não estamos em casa.
    Já usamos vários “repelentes” vendidos em pet shop mas nada resolveu. Tb compramos vários brinquedos recheáveis para entretê-lo.
    Essa fase realmente passa após o 1º ano?

    1. BitCão disse:

      Olá Carla, bem provável, mas não há como garantir… Continue pegando firme na educação dele!

  39. Carla disse:

    Olá,
    tenho um bulldog francês de 7 meses.
    Infelizmente não conseguimos ficar com ele o dia todo e ele passa algumas horas do dia sozinho.
    Passeamos 2 x ao dia, em média, 30 minutos, regularmente de manhã e a noite.
    Quando não estamos em casa o deixamos, desde novinho (45 dias) na varanda, um espaço de tamanho mediano. Ela é fechada com vidros e bem arejada… ele tem muitos brinquedos… vários ossos e procuro sempre rechear brinquedos para distraí-lo. Dos 3 meses para cá ele vem mordendo os móveis de madeira da varanda… usamos “repelente” que vendem em pet shops mas nada deu resultado.
    Nos disseram que essa fase dura até o 1 ano e, para não danificar mais ainda os móveis, resolvemos guardá-los e voltar a usá-los depois que ele estiver maior, mas tenho receio de que ele estranhe a redução do seu espaço “livre”.
    O que devemos fazer nesse caso?
    Existe algum produto eficaz para evitar que ele continue mordendo os móveis? A melhor opção é retirar do espaço? Isso passa realmente após 1 ano?

    Abs
    Carla

  40. Mariza disse:

    Boa noite, tenho um bebê da raça Dogue Alemão que morde com vontade minha mão, braço, coxa, dedo do pé, comecei a ficar preocupada hoje, pois começou a morder e a sacudir a cabeça como se minha mão fosse um pano, comecei a pesquisar pra ver se era normal ou se era agressividade natural dele, imagina um dogue alemão adulto mordendo assim, confesso que fiquei com medo, mas agora muito aliviada de saber que não é só eu que estou passando por isso, já fiz a técnica do polegar, ele chorou, coloquei ele no chão e foi direto pro cantinho dele, vou continuar ralhando e usando as técnicas, tenho muito chão pela frente, pois ele só tem 45 dias.

  41. Carolina disse:

    Boa noite! Tenho um filhote de sharpey com vira lata, fêmea , tem 3 meses e está comigo a 4 dias. Quando chegou na minha casa era super dócil e carinhosa e agora está super agitada e morde tudo e todos, o tempo todo sem parar so não morde quando está no colo. Ja comprei ossinhos para ela brinquedos , mas nada adiantou , ja repreendi com NÃO porém nada adianta. Estamos com medo dela , pois as mordidas estão doendo! O que eu faço ? Me ajuda por favor !

  42. Barbara disse:

    Minha cachorrinha tem 2 meses, é uma chow chow, ela fica mordendo muito nossos pés e mãos, não sei o que fazer! Tenho medo que ela se torne agressiva.
    Já tentei o reforço positivo, usei jatinho de água, dou brinquedos, mas nada funciona com ela. O que fazer?

  43. hannah disse:

    olá, me chamo hannah. Eu adotei uma cachorrinha vira-lata de 1 mês, só que ela tem o problema de morder muito e já está machucando e persistindo a maior parte do tempo. Além de que ela anda comendo as próprias fezes, geralmente a noite. Não sei mais o que faço. espero a ajuda de vocês

  44. Kleber disse:

    Olá. Adotamos (há uma semana) um cãozinho mix de Pitbull (Rednose) com Beagle. Ele tem 4 meses (janeiro/2015) mais me deixa um pouco preocupado pois é muito hiperativo. Quando está sozinho (o deixamos no quintal lateral da casa) ele destroi tudo o que encontrar pela frente (plantas, vassouras, vasos, panos, etc).
    Quando o mudamos para a garagem na outra lateral onde há um jardim, nos primeiros dias ele se comportou muito bem, fez xixi/cocô na terra, etc, agora, ele virou um “tatu”. Quando está sozinho ele cava vários buracos e destroi todas as plantas. Além disso, nesse mesmo local, temos a porta de entrada da Sala que tem um vidro lateral, Ele “se joga” nesse vidro, arranha, novamente quando está sozinho e as pessoas da casa estão do lado de dentro. Fico preocupado em algum acidente (quebrar o vidro, que não é temperado) e se machucar. Além do que o barulho que ele faz, batendo nesse vidro é assustador.
    O que fazer, esse comportamento é normal?
    HELP!

    1. BitCão disse:

      Olá Kleber, provavelmente ele não é hiperativo… deve ser apenas um filhote com um grau de energia bem alto e que está precisando de mais atividade para gastá-la. Dedique mais um tempo às brincadeiras, como jogar bolinha, e arrume para ele alguns brinquedos recheáveis e ossos, onde ele possa gastar mais a energia acumulada.

  45. Larissa Aquino disse:

    Bom dia! Tenho um filhote de shitzu, está com 2 meses e meio e está a duas semanas na minha casa. Ele é um filhote supeeeer hiperativo, logo que chegou ja percebemos isso, fica pulando o tempo todo nas nossas pernas, morde mãos, pés. Logo que chegou, eu ficava com pena de repreende-lo, pois eu trabalho o dia todo, saio de manhã, volto pra casa meio dia e volto somente as 20:00, ele passa bastante tempo sozinho, eu chegava e deixava fazer o que queria, ficava mordendo minah mão, eu sentava ele ficava mordendo o pé, mas esta começando a me incomodar muito, machuca jae fico com medo de ele se tornar cada vez pior, morder meus móveis e outros objetos. A cada dia vejo mais que preciso ensiná-lo, pois não quero que se torne “chato” para as pessoas, ele ainda é bebe, e sei que esta trocando os dentes, mas não pode chegar ninguém la em casa que ele pula e morde sem parar. Comecei a chamar a atenção dele, antes de procurar ajuda por aqui conversei com e outro que me disseram sobre o jornal, de enrolar e bater na minha mão ou no chão, e na bundinha dele, fiz uma vez e não fiz mais achei que piorou, ele ficou mais agitado e queria morder o jornal, rosnava e latia, coisa que nunca havia feito antes. Gostaria de saber qual a melhor forma de educa-lo, pra que me obedeça. Quero ter um cãozinho dócil e que respeite as pessoas, ele convive direto com nós, moro em ap e ele fica direto com nós.Podem me ajudar?

    1. BitCão disse:

      Olá Larissa, realmente alguns filhotes são bem mais ativos que a média e, com eles, temos que te ainda mais paciência, já que geralmente são afoitos e tem pouco foco para a aprendizagem. Será muito importante você conseguir manter a calma durante o processo e saber que ele não faz isso, é apenas parte da personalidade dele. Ao invés de repreendê-lo ao ficar agitado, tente contê-lo nas suas mãos e dê uma “bronca” falando baixinho… sabe quando tentamos acalmar uma criança? Então, do mesmo jeito! Quando ele acalmar um pouco, você o libera bem devagar também, tudo na maior calma. A intenção é “baixar o giro”, fazer com que ele se acalme e se sinta recompensado por isso. Não deu certo com o jornal justamente porque você acabou o agitando ainda mais com o barulho e o movimento. Lembre-se de que cães aprendem muito por observação e, vendo você calma, ele provavelmente irá se acalmando também. Mas não esqueça de que ele é um bebê, vai aprontar bastante ainda! 

  46. Humberto Fagundes disse:

    Bom dia! Acabamos de comprar um filhote de labrador aqui pra casa, ele está para completar 2 meses e ja apresenta essa mania de morder tudo e todos. Sei que eh normal, mas ele ja está começando a nos machucar e me preocupo que ele comece a achar que isso eh normal. Ja tentei falar alto “NÃO PODE MORDER”, ja bati devagar no focinho dele e realmente não tem feito efeito. Vou tentar a técnica do polegar mas gostaria de mais dicas para acabar com essa mania.

    1. BitCão disse:

      Olá Humberto, a dica é: tenha paciência e continue o treinamento. Ele, com dois meses, ainda é um bebê….

  47. Um dos motivos de cachorros serem agressivos é simplesmente para
    chamar a atenção. Por algum motivo ele aprendeu que ele recebe
    atenção quando é agressivo. Esse é o tipo de cachorro que rosna para
    tudo, seja porque alguém chegou perto dele ou da comida dele, porque
    alguém diferente está na casa, porque passou alguém na rua, etc, mas
    na realidade não morde ninguém e em geral amansa se você for firme
    com ele. Nesses casos use a tática de ignorálo.

  48. Victória disse:

    Olá tenho uma border collie de 3 meses e um york shire de 2 anos. Eles se dão bem porém ela tem muita energia e nao da descanso para o mais velho. Além do mais me parece q ela nao tem noção do seu tamanho e suas brincadeiras estão ficando pesadas para o york. Seria o caso de separa-los? Da para ensina-la a brincar mais “leve” com ele?

    1. BitCão disse:

      Olá Victória, você deve supervisionar sempre a brincadeira deles, para não deixar que passes do limite da brincadeira para a agressividade.

  49. suzana gontijo disse:

    Olá, adotei uma labrador recentemente. Ela nasceu cega, tem.dois meses de vida e além de.roer tudo, tenta morder todo o tempo meu marido e eu. Qdo corrigimos ela parece ficar brava e continua mordendo, as vezes.para e as vezes não… Alguma dica especial?

    1. BitCão disse:

      Olá Suzana, sem ver a filhota fica difícil saber se ela está tendo este comportamento pelo fato de estar insegura por conta da falta de visão ou se é algum desvio de temperamento mesmo. Seria bem legal se você pudesse contar com a ajuda de um profissional, pelo menos para te dar uma consultoria e avaliar o caso específico dela, já que tem mais do que apenas o comportamento envolvido.

  50. Pâm disse:

    Filhote de pastor alemão dois meses que morde muito e até rosna, começamos a aplicar essa correção de empurrar a língua com o dedo mas ele se impõe e enfrenta meu esposo e muito mais meu folho de cinco anos ele está com medo e nem,quer se aproximar mais…!

    1. BitCão disse:

      Olá Pâm, o Pastor Alemão geralmente é uma raça bem dócil e inteligente, eles aprendem muito rápido. Mas se o seu filhote, já com 2 meses está conseguindo se impor sobre vocês, isso pode se um problema de temperamento ou então uma falta de prática de vocês com o manejo deste tipo de cão. Eu te aconselharia a procurar urgentemente a ajuda de um profissional, para que o caso seja resolvido enquanto ainda há tempo.