Voltar para os artigos

Carinho e cama quente para um inverno feliz

inverno

Mesmo sendo o Brasil um país tropical, dias frios podem chegar de repente. Já pensou como essa mudança no clima pode atingir o seu cachorro ou gato? O ideal para o bichinho é passar os dias, e especialmente as noites mais frias, dentro de casa, em um lugar quentinho e bem abrigado. Nada deixaria seu animal de estimação mais feliz. Mas existem proprietários que mantêm seus cães do lado de fora, normalmente acorrentados perto de uma casinha de cachorro. Vamos pensar em como tornar a casinha do peludo mais aconchegante e confortável quando a temperatura cai, e deixar para outra oportunidade a conversa sobre o prejuízo que é criar um animal assim.

– Mantenha a casinha de cachorro afastada do chão para evitar a umidade e a friagem do solo. Se ela já estiver construída, pense em colocar lá dentro uma cama suspensa.

– Certifique-se que a porta de entrada da casinha não está virada para o lado em que o vento sopra em dias de chuva e frio. Uma porta feita de plástico grosso pode ajudar bastante a manter a casinha de cachorro seca e quente e não custa caro.

– Quanto ao tamanho da casinha, o ideal é que ela seja grande o suficiente para o cão ficar em pé e se deitar confortavelmente, mas pequena o bastante para que consiga reter o calor gerado por seu próprio corpo.

– Se o peludo costuma roer e picar caminhas e cobertores, forre o chão da casinha com uma camada generosa de palha seca.

– Olhe todo final de tarde se a cama (ou a palha) está limpa e sequinha e nunca deixe que ele vá dormir molhado. Mesmo um cão peludo pode sofrer de hipotermia – é quando a temperatura do corpo fica abaixo do normal – e outros problemas sérios se permanecer assim quando está muito frio.

Atenção com a comida e a água. Cães precisam de mais energia durante o inverno para o corpo gerar mais calor. Se o seu peludo passa muito tempo do lado de fora, invista em ração ou comida de qualidade superior. Cuidado, porém, para não aumentar muito a quantidade de alimento, evitando, assim, a obesidade. A água deve, como sempre, ser limpa e fresca, mas esteja atento: em regiões onde esfria muito, como no Sul, ela pode congelar depois de uma noite com temperaturas baixas – uma dica é não usar vasilhas de metal nesta época do ano. Não coloque o pote de água dentro da casinha de cachorro para não correr o risco do peludo entorná-lo e acabar encharcado.

Evite banhos desnecessários, principalmente nos horários e dias mais frios. Quando for realmente necessário, não economize tempo na secagem do pelo. A hipotermia pode acontecer até mesmo com pouca umidade, especialmente em filhotes e cães velhinhos. Ah, e espere pelo menos meia hora antes de sair com ele na rua para evitar o choque térmico – você certamente já aprendeu isso com a sua mãe. :- )

Se o “bodum” não for demais, uma boa escovada e o banho seco podem quebrar um galho até que o tempo esquente.

Se você costuma tosar o pelo do seu cão, peça para deixarem o pelo mais alto nesta temporada. Os de pelo curtinho vão se sentir mais aconchegados com uma roupinha quente e confortável.

Mesmo que o seu animal tenha o privilégio de curtir um lugar quentinho e seguro dentro de casa, existem outros que podem estar sofrendo na rua. Quer dar uma força? Leve pequenas porções de ração, em saquinhos plásticos, na mala do seu carro e ofereça para os bichos que encontrar no caminho. Paninhos e caixas de papelão também podem se transformar em abrigos para chuva e frio.

Lembre-se que é comum que gatos e outros animais pequenos procurem fontes de calor para se abrigar, inclusive o motor de automóveis. Você pode evitar a morte ou ferimentos graves simplesmente batendo no capô do carro, ou tocando a buzina algumas vezes, antes de dar a partida.

Estas são medidas simples, mas que podem fazer toda a diferença na vida dos bichos.

Deixe um comentário

6 Comentários em "Carinho e cama quente para um inverno feliz"

Notify of

Islaine
3 anos 5 meses atrás

Adotei um cãozinho de rua e tudo o que pega ele destrói. Coloquei uma manta pra ele por causa do frio e ele rasgou a manta toda, já tentei colocar papelão dentro da casinha dele, colchonete, coberta, mas tudo ele destrói e depois fica com frio. Já comprei duas roupinhas pra ele mas também não adiantou porque ele conseguiu tira-las e as comeu também. O que posso fazer para ele parar com isso? Obrigada

BitCão
3 anos 4 meses atrás

Olá Islaine, o nível de energia dele está bem alto… Gaste mais a energia dele com passeios e brincadeiras que a tendência é que a destruição melhore.

Ana Lúcia Aparecida
3 anos 5 meses atrás

AAAAiiii gentennnn..amei esse post!!..me emocionei ao ler que não é para esquecer dos cãezinhos da rua, que também sentem frio e fome..eu faço isso, mas do jeito que tem gente desligada por aí, sempre vale o lembrete..bjs..

3 anos 5 meses atrás

muito legal o artigo!

Mateus Lima
3 anos 5 meses atrás

Boas dicas! Minha namorada e eu adotamos um cão há 4 meses. Ele tem em torno de 8 meses. Compramos uma casinha de plástico grande, porém ele não fica nela. Ele prefere puxar o colchonete (que ja está todo destruido) da casinha e dormir ao relento no frio. As vezes vou olhá-lo de madrugada e ele está encolhidinho com frio. Como faço para ele ficar na casinha?
Desde já, agradeço pela atenção.

BitCão
3 anos 5 meses atrás

Olá Mateus, pode ser que ele tenha se assutado com a casinha… tente ficar com ele ao lado da casinha, brincando e colocando os brinquedos dentro, fazendo com que ele entre e saia de uma maneira divertida. Colocar alguns petiscos lá dentro também pode incentivar que ele vá mais lá. A casinha tem que ser associada a um lugar “gostoso”!

wpDiscuz