Voltar para os artigos

Como cortar as unhas do seu pet

Cortar as unhas do pet é importante para a saúde, e não só pela estética. Elas crescem de forma contínua, e como os nossos afortunados animaizinhos não precisam encarar um tanque de roupa ou uma pia de louça, seu desgaste acontece em atividades bem mais prazerosas, como em caminhadas e contato (atrito) com o solo. Bichos que vivem em apartamentos e/ou pisos lisos – que não favorecem esse desgaste natural – precisam ter as unhas aparadas periodicamente.

 

Mas como saber quando é a hora? As unhas de seu cão não devem ultrapassar o limite da base das patas. Se estiverem maiores, interferirão na pisada, podendo prejudicar a postura, pois o bicho vai tentar evitar que elas encostem no chão. Podem, ainda, quebrar ou enroscar no seu tapete favorito ou em frestas, causando dor e sangramento. Tão ruim e doloroso é quando elas “entram” na pele (ai!) e isso acontece muito com aquelas unhas que ficam na lateral da patinha, as “unhas do dedão”. Seu pet não precisa passar por isso!

Gatos que ficam apenas dentro de casa não precisam de unhas compridas para escalar árvores ou muros, ou para se defenderem de predadores. Se elas não são aparadas, o bichano pode enroscar as unhas em algum local da casa e acabar se machucando – um arranhador ajuda muito no controle do crescimento e evita que fiquem curvadas, o que pode ferir o animal. Unhas no tamanho certo também podem contribuir para aumentar a “integridade” de seus móveis, sofás e cortinas, e suas pernas e braços livres de arranhões.

O caminho mais fácil é pedir ajuda ao veterinário ou ao pessoal que dá banho em seus animais. Alguns proprietários, porém, preferem assumir a tarefa. Se é esse o seu caso, mãos à obra!

 

O que você vai precisar para cortar as unhas do pet:

– Petiscos

Alicate para unhas

Pó anti-hemorrágico (para estancar o sangue)

 

CÃES

Acostume o seu bicho desde filhote a ser manipulado: esse aprendizado vai ser importante durante toda a vida. Para isso, ensine o comando “deixa ver”. Mexa nas patas, entre os dedos, orelhas, examine os dentes, sempre repetindo “deixa ver” e elogiando o peludo se ele se mantiver calmo e relaxado. Mas alguns cachorros são intolerantes ao toque. Nestes casos, é necessária uma dessensibilização: comece devagar, passando a mão suavemente nas patas, repetindo o “deixa ver”, fazendo muita festa e recompensando se o animal permitir a interação, e vá gradualmente ampliando o “exame”. Além de facilitar a vida do veterinário durantes as consultas, esse o hábito permite-nos detectar problemas como pulgas e carrapatos, carocinhos, falhas nos pelos, etc.

Na hora de cortar as unhas do pet, siga estes passos:

–  Canse bastante o seu cãozinho, ou aproveite quando ele acorda de uma soneca, por exemplo, e está mais relaxado. Coloque-o num local onde se sinta confortável, mas que permita a manipulação.

–  Dê o comando “deixa ver” e comece a mexer nas patinhas, recompensando-o com um petisco se ele se mantiver bem comportado. Comece a aparar as pontinhas das unhas, incentivando-o com palavras carinhosas. Se ele se mantiver calmo, repita a recompensa.

–  Tome cuidado para não cortar demais, atingindo o sabugo (veia). Em unhas claras podemos ver claramente a cor rosada da “veia”, o que facilita para determinar o ponto certo de onde se deve cortar, colocando o cortador num ângulo de 45º e deixando uma folga. Unhas pretas exigem cuidado redobrado: corte aos poucos e quando enxergar um pontinho bem escuro pare, é a extremidade da veia.

–  Se precisar fazer algum retoque, use a parte grossa da lixa para unhas de humanos.

–  Pode acontecer de você passar um pouquinho do ponto e acabar cortando a veia. Não se desespere! É mais ou menos como um “bife” que a manicure tira da gente vez ou outra. Acontece. Por isso, tenha sempre por perto um pó anti-hemorrágico. Uma pitadinha só estanca o sangue do animal.

–  Se o bichão se mostrar inquieto, não force a barra: tente novamente em outro momento. Também não é necessário cortar todas as unhas de uma vez – só não vale esperar uma semana para repetir a tarefa, não é?

–  Ao final do processo, faça muita festa e recompense bastante o seu cachorro.

 

GATOS

Assim como os cães, ensinar o seu gatinho que é bom ser manipulado vai ser de grande valia em muitas situações ao longo da vida. Enquanto brinca com ele, mexa em suas orelhas, barriga, patinhas, sempre elogiando se ele se comportar bem. Pressione levemente os dedos do bichano quando ele estiver no seu colo, simulando o corte de unha. Se ele se mantiver calmo e relaxado, ofereça uma recompensa.

–  Verifique as unhas do seu gato uma vez por semana. Aproveite os momentos em que ele está dormindo, quando as garras ficam retraídas, para isso. Se estiverem aparentes, é hora de aparar.

–  Para isso, coloque o gato no seu colo, ou em um local onde ele se sinta confortável.  Pressione a pata do seu gato entre o seu dedo indicador e o polegar para que a garra saia, e corte apenas a parte transparente. Em unhas escuras é mais difícil visualizar o nervo, então o ideal é cortar bem pouquinho, mas com mais frequência.

–  Tenha a mão o pó anti-hemorrágico, caso aconteça algum pequeno acidente.

 

–  Sempre que o bichano se comportar bem, faça muita festa e ofereça uma recompensa.

 

por Regina Ramoska

Deixe um comentário

3 Comentários em "Como cortar as unhas do seu pet"

Notify of

Teresa Rivero
3 anos 11 meses atrás

Uma moça que trabalha num pet shop vem em casa uma vez por mês e corta as unhas do meu gato.

Dagmar Tereza Czernysz
4 anos 1 mês atrás

Como saber aonde termina a veia de um unha preta.Quero cortar as do meu york, mas tenho medo de pegar a veinha. Agradeco a ajuda.

BitCão
4 anos 1 mês atrás

Olá Dagmar! Nas unhas pretas não dá para ver a “veia”. Nesse caso corte um pedacinho, depois outro e quando enxergar um pontinho bem escuro pare, é a extremidade da “veia”.

Segure a pata do seu amigão e olhe a parte debaixo da unha. Você vai perceber que existe uma fenda em toda sua extensão. È profunda na parte que se encontra com o dedo e vai se tornando cada vez mais rasa até desaparecer na ponta da unha. O fim da fenda corresponde ao início da “veia”. Deixe alguns milímetros e corte num ângulo de 45 graus.

wpDiscuz