Voltar para os artigos

Como evitar brigas com um novo cachorro em casa

Como evitar brigas com um novo cachorro em casa

 

A arte de receber mais um membro na família – e sem brigas!

Muitas pessoas que já possuem um cãozinho resolvem ter outro para fazer companhia ao primeiro, ou simplesmente gostam tanto de cães que optam por aumentar a família. Se para alguns a tarefa de reunir cachorros é fácil, para outros pode significar uma tortura. Como fazer os peludos se darem bem e não haver brigas na casa? Se pararmos para pensar no assunto com cuidado, veremos que as variáveis são muitas e as chances de sucesso na introdução de um novo membro na matilha podem ficar comprometidas. É possível pensar em diversas combinações entre o cachorro que vai ser introduzido e o que já está na família e, em cada uma delas, existir uma particularidade (independente do temperamento do peludo atual e do futuro). Precisaríamos de um livro para detalhar todas as possibilidades, então vamos passar uma ideia geral da técnica para se introduzir um novo cão na família e, quando for oportuno, faremos comentários sobre casos específicos.

 

A técnica do passeio

Talvez a forma mais fácil e menos traumática para se apresentar um novo cão à sua matilha, seja levando todo mundo para dar um passeio. Um território neutro costuma fazer milagres nas relações caninas. Se você está adotando um peludo adulto, é só colocar todos os seus cachorros na guia e levá-los para dar uma volta. Logo no início do passeio, peça a alguém – que os seus bichos conheçam e gostem – para se aproximar com o novo membro da família também na guia e caminhem todos juntos, mantendo uma distância segura entre os cães. De início, não pare para “apresentá-los”, simplesmente coloque todo mundo para andar. Se você tem só um cachorro, coloque-o para andar ligeiramente na frente do novato. Já se você tiver uma pequena turma, coloque o que costuma ser o líder na frente e deixe o caçula no final do pelotão. Quando todo mundo já estiver um pouco cansado e aceitando a proximidade do novo cão, é hora de deixar que eles se cheirem.

Procure sempre ficar com os cachorros mais antigos e a outra pessoa com o novo cão. Um monte de carinhos e biscoitos ajudam a dar uma sensação de bem estar entre os peludos. Se você estiver apresentando um filhote a cachorros adultos, é provável que não haja brigas: dificilmente (mas não é garantido) um cão adulto ataca um filhote. E se todo mundo for filhote, aí é que não tem problema mesmo. Eles vão logo se animar e começar uma brincadeira!

 

A apresentação dentro de casa

Se o filhote a ser apresentado ainda for muito pequeno para ir à rua, apresente os seus cães em “território neutro”, por exemplo, na casa de um amigo. Devidamente apresentados, então é hora de voltar para casa. Faça os seus cães entrarem primeiro, solte-os da guia se você já estiver confiante e só depois entre e solte o novo membro. Se os seus cachorros derem certa “imprensada” no bebezão, não fique excessivamente preocupado. Isso é normal e eles não deverão machucar o novato, que deve se colocar em uma posição física e hierarquicamente inferior aos seus cães. Interfira apenas se os cachorros estiverem realmente machucando o novo peludo, ou se o novato resolver “encarar” o assédio. Neste caso, ponha todo mundo na guia novamente e só solte quando todos estiverem mais calmos. Uma cerca ou um portão para separar ajudam, mas ao mesmo tempo é importante permitir que eles se vejam e se cheirem. Cuidado para não separá-los por muito tempo (mais de uma semana),pois as chances de sucesso ao juntá-los diminuem.

Outra boa estratégia é primeiro deixar o filhote com o cão mais amoroso e paciente da matilha atual num local mais reservado e seguro. Assim, o cão mais novo forma um laço de amizade e companheirismo com um cão que já faz parte da matilha, facilitando a sua aceitação pelos outros membros. Nunca deixe o cãozinho a sós com os veteranos. Apesar de, em geral, o filhote ser bem aceito pelos cães adultos, há casos de ataques e as chances de lesões graves são altas.

 

 

Alguns cuidados especiais

Certifique-se que o filhote tenha o seu próprio pote de comida, água, paninho ou caminha para deitar e um cantinho para ficar quieto. Aproveite para garantir que o cachorro mais velho tenha um lugar especial para se manter afastado do novato, principalmente quando o cachorro que já estava na casa é adulto e você está recebendo um filhote, ou se o cachorro mais antigo é pequeno e o mais novo é de grande porte.

Reforce, a todo momento, que os que já moravam na casa têm privilégios que o caçula ainda não pode desfrutar. Fale, brinque e alimente primeiro o mais velho. Se o cão “das antigas” resolver tirar o brinquedo da boca do novato e ainda atormentá-lo um pouquinho, deixe. Quanto menos interferirmos nos “arranjos caninos”, melhor!

 

O que é melhor: mesmo sexo e mesma raça?

Cães do mesmo sexo (macho com macho, fêmea com fêmea) tendem a ter uma dificuldade muito maior para se adaptar do que quando os sexos são opostos. Além disso, se eles não brigarem enquanto um é mais velho e o outro é filhote, as chances de brigas aumentam quando se tem dois machos ou duas fêmeas adultas na mesma casa.

Se você está pensando em ter cachorros de sexo opostos, mas não quer ou não pode cruzá-los no futuro, castre-os o quanto antes. Acredite, não existe “separar” macho da fêmea quando ela está no cio. Até criadores experientes, com espaço mais do que suficiente, empregados treinados e canis reforçados, já passaram pela experiência de ter um cachorro escalando muros impossíveis, fêmeas passando por frestas inimagináveis e filhotes nascendo de encontros difíceis de terem acontecido! Se você mora em apartamento, não é aconselhável a vasectomia do macho (recurso em que o macho pode cruzar, mas não produz filhotes),pois a choradeira e os uivos durante o período de cio da cadela vão deixar você esgotado e os vizinhos furiosos.

Raças iguais tendem a se dar melhor entre si, mas não é uma regra absoluta. Terriers, de um modo em geral, não deveriam ser colocados com cachorros do mesmo sexo, como também não deveriam ter mais do que um companheiro/companheira. Tenha em mente que quanto mais cachorros a sua matilha tiver, mais difícil será manter a harmonia permanente, tornando a introdução de um novo membro cada vez mais delicada.

 

E se, apesar de todos os cuidados, acontecer a tão temida briga?

Às vezes dois peludos que sempre se deram bem passam a brigar quando adultos, ou depois que um deles teve algum problema e precisou ficar isolado por algum tempo. Nestes casos, é importante tomar as medidas corretivas o mais rápido possível, o que vai impactar bastante no resultado e na frequência de novos confrontos.

 

Para reduzir os efeitos negativos de uma briga:

* Mantenha cada cão com a sua coleira para ter onde segurá-lo, se necessário;

* Tente separar os briguentos direcionando sobre eles o jato de ar do Pet Corrector, principalmente se seus cães são grandes, quando dificilmente serão separados sem risco de você levar uma grande mordida ou de um cão machucar mais gravemente o outro;

* Quando os cães estiverem separados, leve um por vez, na guia, para passear (o mais dominante sempre vai primeiro). Isso ajuda a acalmar e costuma ser suficiente para os cães esquecerem as suas diferenças. Depois do passeio deixe os dois juntos, sob supervisão temporária, ou presos pelas coleiras e guias à uma distância segura, mas no mesmo ambiente. Uma variante interessante é os dois saírem para passear levados por condutores diferentes na guia e se encontrarem em ambiente neutro, onde poderão interagir à vontade;

* Procure não deixar os cães separados sem se verem por muito tempo. É melhor manter os dois juntos no mesmo ambiente, cada um no seu canto, do que deixar que os peludos “dominem” uma parte da casa e não permitam mais que o outro chegue perto.

Aqui você pode ver como escolher a melhor coleira para o seu cão!

 

A grande sacada, se você só tem um cachorro, mas vislumbra a possibilidade de um dia aumentar a família, é não perder tempo nem as oportunidades de socializar bem o seu peludo. Comece a socializar o seu filhote com outros cães o quanto antes, procure convidar sempre os cachorros dos seus amigos para visitarem a sua casa. Quanto mais acostumado a “receber” e brincar com amigos peludos o seu cachorro for, mais fácil será para ele aceitar companheiros permanentes na sua casa. Por falar nisso, que tal aproveitar e apresentar o seu filhote a gatos, hamsters, tartarugas, pássaros e outros bichos? Sabe como é, quem gosta de animais deve estar preparado para tudo!

 

Importante: São poucos os casos em que o cachorro que já está na casa não aceita o outro de jeito nenhum (seja o novato de outro sexo, seja filhote, seja manso, seja o que for), mas isso pode acontecer. Se você tem um cachorro com esse temperamento, peça a ajuda de um profissional experiente para fazer a avaliação correta dos seus bichos. Dependendo do caso, pode ser melhor desistir da ideia de ter outro cachorro. Não vale a pena viver o estresse diário das brigas, dos cortes, das visitas ao veterinário e a constante preocupação com a quase impossível tarefa de deixar os peludos afastados uns dos outros.

 

Claudia Pizzolatto

Este artigo tem seus direitos autorais protegidos por lei. É permitida a sua reprodução sem alterações desde que sejam colocados o nome da autora e o link para a webpage da BitCão.

 

Faça o download gratuito do e-book Como evitar brigas com um novo cachorro em casa e descubra as técnicas, dicas e dúvidas frequentes sobre introduzir um novo cachorro na família.

 

Leia também:
Pode brincar de cabo-de-guerra com o cachorro?
Pet Corrector: Educa o cachorro de forma instintiva

 



Deixe um comentário

942 Comentários em "Como evitar brigas com um novo cachorro em casa"

Notify of

Telma costa
8 dias 3 horas atrás

Oi boa noite tenho uma pinter e agora arrumei uma vira lata no começo se davam bem depois minha sogra arrumou um macho e depois disso a vira lata só brinca com o macho e a vira lata esta dando de pegar a pinter e machucar o que eu faço por favor nao queria desfazer da vira lata

BitCão BitCão
4 dias 18 horas atrás

Telma, vc não conta a idade da turminha, mas se eles já têm acesso à rua, tente a técnica das caminhadas, mantendo a mais dominante ligeiramente à frente. Boa sorte!

Eduarda
13 dias 7 horas atrás

Olá , tenho um Macho Lhasa Apso de 2 anos de idade , resolvemos pegar uma fêmea da mesma raça filhote com apenas 2 meses , o macho é bem brincalhão e sociavel mas quando a fêmea se aproxima dele , ele foge ou simplesmente se esconde, tenho medo deles não conseguirem se dar bem

BitCão BitCão
12 dias 8 horas atrás

Eduarda, vc não diz quanto tempo os dois estão convivendo, mas a adaptação é diferente entre os animal. Conheço uma cachorrinha que demorou quase 3 meses para aceitar a recém-chegada, não dava a menor confiança pra novata. Espere mais um pouquinho e valorize muito cada passo que o mais velho der na socialização!

Matheus Henrique
14 dias 6 horas atrás
Olá, tenho uma pinscher fêmea de 5 anos e ela se sente dona de tudo e é muito ciumenta, acabei de pegar um Border Collie macho de 8 meses, como que eu faço pros dois se entenderem? toda vez que a pinscher vê ou escuta o Collie começa a latir e mostrar os dentes, o Collie nem esboça reação, como se a pinscher não existisse, nunca soltei os dois no mesmo lugar pelo medo da pinscher querer atacar e acabar se machucando, o que eu poderia fazer pra ter certeza que a pinscher pode aceitar o Collie ou o que… Read more »
BitCão BitCão
11 dias 16 horas atrás

Matheus, tente aproximá-los um pouco por dia mantendo a pinscher na guia e valorizando todas as reações positivas que ela tiver com petiscos ou brinquedos, caso ela goste. Outra sugestão é que convivam inicialmente separados por um portão, de forma que possam se ver.

Leonardo carvalho campelo
21 dias 15 horas atrás
Olá eu estou para pegar uma filhotinha de Golden Retriever, porém já tenho um labrador de 9 anos, ele anda meio pra baixo e então decidi pegar essa filhote para ele ter uma companhia, no momento eu achei uma boa ideia mas agora sem nem pegar a cachorrinha estou revisão de ele não aceitar ela, já levei uma vez uma cadelinha pra casa, no primeiro dia ele não deixava ela cheirar ele mas apartir no segundo dia ele começou a ignorar a presença dela no quintal…. Oq eu poderia fazer para q ele tenha uma boa aceitação da filhote como… Read more »
BitCão BitCão
19 dias 17 horas atrás

Leonardo, siga nossas dicas do post para a apresentação, mantendo os privilégios do Lab. Quando ela chegar, deixe-o cheirar o traseiro para reconhecê-la, e fique de olho na interação para que a pequena não se machuque.

Danillo Dias
24 dias 51 minutos atrás
Olá boa noite, tenho uma Border Collie que convivia com um Pastor Branco, o Pastor era o mais antigo da casa e ela chegou bem filhote, uns dois meses atrás ele faleceu e ela ficou sozinha nesse tempo no quintal. Desde o dia 21 peguei uma fêmea filhote de Pastor branco que hj esta com 45 dias e ficando dentro de casa enquanto é filhote, o mesmo procedimento que tive com a Border Collie, quando cheguei com o filhote deixei que ela chegasse perto para ver e cheirar, porem quando tento uma aproximação a border collie corre e não chega… Read more »
BitCão BitCão
23 dias 18 horas atrás

Danillo, uma semana é pouco tempo para elas estarem totalmente adaptadas. Cada animal reage de uma maneira e tem seu tempo para aceitar a nova companhia. Uma dica é deixar a Border e a pastora juntas em momentos de tranquilidade, como quando vc está vendo TV, e sempre valorizar as interações entre as duas. É importante que a Border tenha mais privilégios e seus potes de água, ração e cama separados. Boa sorte 🙂

Tânia de Oliveira
24 dias 14 horas atrás
Olá eu tenho um cãozinho macho da raça pincher ele já tem seus 11 anos ele tem problema de anciedade de separação e fica muito tempo sozinho eu estou pensando em pegar uma femea da mesma raça pra fazer companhia a ele mais no caso o meu cãozinho macho não é castrado e nem ela como posso fazer pra resolver essa situação? Eu tenho que castrar os dois? Pois meu cachorro já é velho para castrar mais a fêmea tem 8 meses então fica mais fácil castrar enfim como eu posso resolver isso para que meu cãozinho tenha sua companhia?
BitCão BitCão
23 dias 18 horas atrás

Tânia, com 8 meses já dá para castrar a fêmea. Boa sorte com a dupla 🙂

25 dias 9 horas atrás
Olá estou precisando de uma ajuda , tenho um pastor alemão adotado tem 4 anos que está comigo adotado de maus tratos ele deve ter 7 anos, uma viralata muito medrosa se deu super bem com ele, e tenho mais 2 femeas ele fica com a vira lata o dia todo sem problemas e deixo as 2 separadas por uma grade agora tem um sharpei de 2 anos que estou cuidando meu vizinho deu lar temporário levei ele em casa o pastor ficou muito bravo no canil nem tive coragem de colocar os dois perto, preciso tirar ele da casa… Read more »
BitCão BitCão
24 dias 16 horas atrás

Eveline, antes de levá-lo para casa tente a técnica da caminhada por alguns dias, peça a outra pessoa que caminhe com o shar-pei e você com o pastor. O mais indicado, porém, devido ao tamanho da matilha, é pedir ajuda profissional. Abraços

30 dias 3 horas atrás

Complicado isso, já tive vários problemas assim, tentei de tudo, na minha opinião é melhor deixar os cães separados for possível, enfim, é bem complicado.

Sandra Souza
1 mês 1 dia atrás
Bom dia, Tenho dentro de casa uma Sharpei de 08 anos e adotamos uma Boxer de 03 anos, apresentamos ela aos demais que vivem no pátio (labrador e outra boxer),inclusive ela ficaria como cia do labrador que perdeu sua companheira a 02 anos, porém a adotada se apegou ao meu esposo e quer conviver na casa. Não vi problemas, acontece que ontem ela começou a rosnar para a Sharpei e já presenciei brigas dos outros e não foi nada legal…como posso socializar a boxer para não haver brigas? pois a Sharpei já brigou com a boxer de casa e… Read more »
BitCão BitCão
1 mês 18 horas atrás
Sandra, os Shar-pei precisam de socialização e treinamento desde pequenos, pois a herança dos cães mastifes e o passado de brigas fazem com que a raça tenha uma forte tendência para ser dominante e para provocar “bate-boca” com outros cães. Não temos como dar uma avaliação precisa sem conhecer os animais, mas pelo que vc descreve existe aí uma disputa de território (dentro de casa) e da atenção do seu esposo, além de dominância da Shar-pei. Tente seguir as dicas de caminhar com as duas dando vantagem à Shar-pei, que também deve ter mais privilégios que a recém-chegada, além de… Read more »
Juliana
1 mês 2 dias atrás

Boa noite tenho uma ihasa apso de 5 anos e estou querendo uma Akita fêmea tb q Akita está com 45 dias será que quando a Akita crescer vai brigar com a ihasa

BitCão BitCão
1 mês 1 dia atrás
Juliana, Akitas tendem a ser um tanto quanto agressivos com outros cães, especialmente do mesmo sexo, e justamente por isso a socialização do filhote é extremamente importante. Também devido as suas características territoriais, e força física, todo dono de Akita deveria introduzir os comandos básicos de obediência o mais cedo possível, tornando o filhote mais controlado e menos dominante. Para passear na rua, o uso de coleira deve ser constante. Uma outra observação feita por criadores experientes, é que casais com crianças em idade inferior à 5 anos deveriam evitar de ter um filhote de Akita em casa. Segundo estes… Read more »
1 mês 10 dias atrás

Bom Dia, tenho uma cadela vira lata e ela teve um filhote macho , ele está com 10 meses eles estão brigando demais , o que posso fazer.

BitCão BitCão
1 mês 9 dias atrás
Tatiana, sem conhecer os animais só podemos dar pistas do que pode estar acontecendo, mas uma possibilidade é a disputa pela dominância, ou seja, o filhote quer assumir o posto de líder da matilha, antes ocupado pela mais velha. A castração ajuda bastante, desde que realizada do mais submisso para o dominante. Se as brigas forem poucas e nada sérias deixe que eles se entendam. Se as “ranhetações” estiverem incomodando, brigue com o mais submisso e nunca com o mais dominante, mas não admita, em hipótese nenhuma, que ele (o mais dominante) desobedeça as suas ordens, mesmo que seja para… Read more »
Fabricio
1 mês 14 dias atrás

Boa tarde. 7 meses atras resgatei da rua um labraviralata, ele já era adulto. Ontem adotei um pit bull de aproximadamente 7 meses. Mais o labralata não esta aceitando de jeito nenhum o novo amigo pit bul. No primeiro dia de convivência o pit não latia e penas ficava na dele, agora ele rosna e late só de ver o labralata. Oq eu posso fazer pra eles serem amigos.

BitCão BitCão
1 mês 13 dias atrás

Fabrício, um dia é muito pouco para eles se adaptarem. Não sabemos como você apresentou os dois, mas invista na técnica da caminhada (explicamos direitinho no post). Lembre-se de dar mais privilégios ao mais velho e castrá-los. Boa sorte

Alexandra
1 mês 16 dias atrás
Olá, tenho um Dogue Alemão de 5 anos e adotei uma vira latas que tem entre 3 e 6 anos. Como ela era de rua, a veterinária dele recomendou deixar ela afastada dele por 1 semana pra evitar que ela transmita alguma doença. Então a deixamos no fundo do quintal, onde fica a água e a comida dele e uma cama. E ele dentro de casa. O problema é que ela, apesar de super dócil com a gente e estar junto a outros cães passivamente na feira de adoção, rosna e late pra ele… Se apossou da caminha externa dele… Read more »
BitCão BitCão
1 mês 16 dias atrás

Alexandra, invista em caminhadas diárias com os dois juntos, isso deve contribuir para a adaptação.

1 mês 17 dias atrás

Olá sou Tatiane eu tenho um Shitzu de 2 anos uma Spitz de 1 anos e outro Spitz de 6 meses e agora uma pitbull de 4 meses , o Shitzu Rosna e vai pra cima da pitbull será que cachorros dessa raça Shitzu podem conviver com a pitbull é que meu amigo tava dando ela embora porque a mulher dele não quis a cachorra fiquei com dó e peguei pra mim , será que o Shitzu vai aceitar ela , estou com medo

BitCão BitCão
1 mês 16 dias atrás

Tatiane, sua Shih-Tzu parece estar apenas mostrando quem manda no pedaço, o que é normal na relação de cães mais velhos. Mantenha-os sob vigilância até ter certeza de que estão bem adaptados.

Renata Wyant
1 mês 18 dias atrás
Olá! Acabamos de adorar um vira lata que deve ter uns dois anos, já tínhamos um Golden de 4. Meu Golden é castrado, o vira lata ainda não. Estamos andando com os dois juntos, com o mais velho na frente, isso ok. O problema é quando chega em casa que o vira lata parte para cima do Golden sem dó. O Golden dá dois dele, mas mesmo assim estamos com muito medo que isso não acabe bem. Logo que acaba as brigas ralhamos com quem começa, ontem deixamos os doius presos próximos, mas estamos acabados por conta da noite de… Read more »
BitCão BitCão
1 mês 16 dias atrás

Renata, vc não fala há quanto tempo estão com o vira-latas, mas parece que é bem recente. Muna-se de muita paciência, tente entender em que situações o vira ataca, por que ataca e quebrar esse padrão tornando a presença o outro cão agradável. Insista nas atividades que estão dando certo, como as caminhadas.
Mantenha-os próximos na guia quando for dar petiscos, escová-los, quando forem se alimentar, etc.
ÀS vezes a adaptação demora um pouco. Depois nos conte os resultados!

Efigenia
1 mês 21 dias atrás

Ola tenho uma lhasa apso de 5 anos agora tenho um husk siberiano estao brincando as vezes a lhasa briga com ele . ele tem 50 dias minha duvida è quando adulto ele pode matar ela . pelo fato de ser hum husk siberiano .

BitCão BitCão
1 mês 20 dias atrás

Oi Efigenia, pelo que vc nos conta eles estão brincando e se adaptando bem – é normal a mais velha “ralhar” com o novato para mostrar quem manda. Lembre-se que huskys são cães de trabalho e precisam de muuuuuuuuuuito exercício para não destruir a casa toda, tá? Boa sorte!

Nayara
2 meses 4 dias atrás
Olá! Tenho duas vira latinhas, uma com 6 a outra c 5 anos, a uma semana chegou uma nova filhote aqui eM casa com 2 meses que tbm e vira lata resgatada da rua, a socialização com a de 6 anos está sendo como mãe e filha, se deram super bem, agora a outra de 5 anos, no dia que a filhote chegou, a recebeu super bem, até melhor que a de 6, abalou mto o rabinho,cheirou muito e tal, mas do dia seguinte começou a mudar o comportamento, não aceita a filhote de jeito nenhum, não dotem mais na… Read more »
BitCão BitCão
2 meses 18 horas atrás

Nayara, dê todos os privilégios para as cachorrinhas que estão há mais tempo com vocês – a novata vai ter que conquistá-los. Faça carinho, fale, dê comida, tudo primeiro para as mais velhas. Dê tempo ao tempo: nem todos os cães recebem novos companheiros com efusão, mas com o tempo podem se tornar ótimos amigos.

Luciane Lemos
2 meses 6 dias atrás
Olá! Estou com sérios problemas com meus cachorros machos…. tenho um labrador já com 10 anos, há uns anos atrás adotei um filhote macho também, no começo eles se davam muito bem, Mas quando o mais novo chegou na idade adulta começou a brigar com o mais velho e não obedece os comandos, é muito teimoso, pra separar as brigas é muito difícil, mas o mais velho me obedece e larga do mais novo continua… tive que prender o mais novo, que hoje está com 7 anos. Como já não me bastasse este problema apareceu aqui em casa um Blue… Read more »
BitCão BitCão
2 meses 6 dias atrás

Luciane, você não diz se os cães são castrados, mas se não são, isso pode estar influenciando as brigas. Outro ponto é que quanto mais tempo ficarem separados, mais difícil será um dia juntá-los. Uma ideia seria considerar apoio profissional na integração da matilha.

Bruno marques
2 meses 7 dias atrás
Olá, boa tarde. Tenho uma shit-zu fêmea 1 ano(dominante),um Bulldog inglês de 5 meses. Ontem chegou o novo pet de dois meses. E um American bully, super dócil, brincalhão e submisso da ninhada. Fizemos a introdução do novo filhote, antes dele entrar, deixamos um de cada vez cheiras e ver o filhote. A shit-zu está na dela, pegando confiança aos poucos e aos poucos dando os sinais de dominância natural. Já o Bulldog, se abriu igual a uma criança qnd vê um brinquedo, já foi brincando, pulando, correndo e um bobalhão…rsrs.. o que não estou conseguindo diferir. E se… Read more »
BitCão BitCão
2 meses 6 dias atrás

Bruno, pelo que você descreve eles estão se divertindo muito, curtindo a nova amizade. Se você achar que a brincadeira está pesada, distraia a dupla com outras coisas. É importante você considerar a castração da turminha! Abraços

Marcos Paulo
2 meses 7 dias atrás

Olá bitcão, eu tenho uma lhasa apso de 8 anos , e minha namorada uma York de 1 ano, cada uma ficava na sua casa, porem resolvemos morar juntos , ou seja ambiente neutro , soltamos as 2 e ate que elas não se estranham no quintal, porem quando a lhasa esta dentro de casa por exemplo na sala ela fica rosnando e não deixa a York passar, na hora de dormir a mesma coisa na cama, não sei mais oq fazer , me ajude por favor

BitCão BitCão
2 meses 7 dias atrás

Marcos, dê bronca na lhasa quando ela roncar, se preciso coloque uma coleira e guia para tirá-la da cama ou do caminho da York sem brigar, apenas falando “Não” ou “deixa”. Lembre-se de fazer muito carinho na lhasa depois que ela deixar a York passar. Estimule as brincadeiras entre elas e passeie muito com as duas na rua. Principalmente, dê tempo ao tempo 🙂

Roberto
2 meses 10 dias atrás
Olá, tenho uma cachorrinha de pequeno porte de 2 anos chamada Luna e há poucos dias resolvi adotar um cachorrinho que é mistura de labrador, ele tem 4 meses, agora eles até que se dão bem, mas de vez em quando os dois começam a se estranhar principalmente quando minha irmã chega do trabalho e vai brincar com o mais novo membro da família, a Luna fica brava, além disso as brincadeiras dos dois às vezes fica muito pesada é um querendo derrubar o outro, e ela tem 9 kg e ele mesmo com 4 meses 8 kg, o que… Read more »
BitCão BitCão
2 meses 7 dias atrás

Roberto, o cachorro que tem que ter mais privilégios é o que está há mais tempo na casa, ou seja, a Luna. Ela deve receber atenção primeiro, ter seus potes e caminha, receber petiscos antes do novato. Se ninguém está se machucando nas brincadeiras, deixem eles se divertirem! Se a empolgação for demais, separe-os um pouco até se acalmarem. Boa sorte!

Josi
2 meses 10 dias atrás

Oi tenho yorkshire adulto macho meu segurança onde eu vo ele vai junto é muito inteligente nao tem como enganar ele
Mas agora peguei uma fêmea pra fazer companhia pra ele e Pq gosto de ter mais uma
Mas o mais velho não dei ela chega perto dele
Ela só ️q brinca mas ele fica com raiva
O ️q eu faço???

BitCão BitCão
2 meses 10 dias atrás

Josi, em geral os adultos não são agressivos com filhotes, querem apenas mostrar quem manda. Siga nossas dicas do post dando mais privilégios ao cão mais velho, providenciando um espaço para ele descansar longe da novata e, com paciência, tudo se ajeita! 🙂

Daniela Bumerad
2 meses 13 dias atrás

Eu tenho um yorkshire de 2 anos macho e peguei um de 45 dias fêmea com a mesma raça mais a pequena quer brincar ele não está aceitando fica querendo morde e briga e estranhando o que devo fazer pra ele se dar bem é aceita ela

BitCão BitCão
2 meses 12 dias atrás

Daniela, em geral os adultos não são agressivos com filhotes, querem apenas mostrar quem manda. Siga nossas dicas do post dando mais privilégios ao cão mais velho, providenciando um espaço para ele descansar longe da novata e, com paciência, tudo se ajeita! 🙂

Luiz
2 meses 19 dias atrás

Tenho um casal de pitbull e vou ficar com um filhote macho sera q a castração do filhote ajuda pra eles não brigarem?

BitCão BitCão
2 meses 18 dias atrás

Luiz, o ideal é castrar os dois machos.

Jefferson Zandonadi
2 meses 20 dias atrás

Olá.
Tenho um shih tzu de 10 meses e adotamos um Boxer de 8 meses. Meu Shih Tzu foi acostumado em toda a casa, inclusive sempre dorme em algum comodo da casa. O Boxer por ser maior está na área externa da casa. Meu Shih tzu alem disto percebemos que é muito ciumento. Qual conselho me daria para tentar deixa-los mais integrados.
Obrigado.

BitCão BitCão
2 meses 19 dias atrás

Jefferson, vc não deu muito detalhes sobre a convivência deles, se ficam juntos em alguns momentos, por exemplo, para uma opinião mais precisa. Fato é que quanto mais tempo a gente separa os bichos, mais difícil é juntar. O Shih Tzu deve ter mais regalias por ter vindo primeiro, mas estimule a interação, ande muito com os dois, deixando o Shih Tzu com leve vantagem – as caminhadas fazem milagres!! É interessante, também,considerar a castração para não ter problemas com brigas futuramente. Boa sorte

Emily Lime
2 meses 22 dias atrás
Olá, Tenho um cão vira-lata de 4 anos que convivia com um rottweiler adulto, mas este faleceu e o vira lata conviveu sozinho desde então. Agora, depois de uns 3 anos, resolvemos adotar uma fêmea filhote, mista vira lata e fila. A fêmea é filhote e está com o mesmo porte que o vira lata. Estamos os separando por um portão para que possam se acostumar um com o outro, só que quando os colocamos juntos o macho só quer saber de “subir” na fêmea, que ainda é filhote. O que devo fazer? Sei que a fêmea ficará maior que… Read more »
BitCão BitCão
2 meses 21 dias atrás

Emily, a única forma de evitar crias indesejáveis é castrar os animais, ou pelo menos um deles. Você não diz a idade da filhota, mas o cio ocorre a partir dos 6 meses – varia de cadela para cadela. Mas montar pode ser, também, dominância: ele quer mostrar a ela que quem manda é ele. Estabelecida a ordem, fica tudo bem. Tente aproximá-los mantendo o macho na guia e estimulando a interação entre eles.

Mirely
2 meses 24 dias atrás

Olá , eu tinha um vira lata , de porque bem pequeno, 4 meses de vida. Agora comprei um Blue heeler e tem 40 dias e ambos machos, como faço pra adaptar os dois juntos ? Eles ficam brincando de correr um atrás do outro, mas vivem latindo pra eles

BitCão BitCão
2 meses 21 dias atrás

Mirely, com dois filhotes a alegria é garantida, como você mesmo relata. Só pense com carinho em castrar seus cães para não ter problemas de comportamento na puberdade.

Anna Nascimento
2 meses 29 dias atrás

Boa noite,
Temos 3 cães – Dois misturados de Bulldogue americano com Pointer com 9 anos e um Schnauzer de dez anos .
Pensamos em incluir um cachorro novo na casa, considerando a idade avançada dos outros .
Estávamos entre chow chow e Akita.
Mas a grande dúvida é se compramos macho – preocupação de quando crescer brigar com os cachorros mais velhos e a fêmea – cruzar com os outros .
O que você sugere ?

BitCão BitCão
2 meses 28 dias atrás

Anna, cães do mesmo sexo tendem a brigar mais, porém não é uma regra absoluta, varia de acordo com o temperamento do animal – é importante pesquisar muito os prós e contras de cada raça antes de aumentar a família. Converse com seu veterinário sobre a castração do/da filhote!

Marina
3 meses 3 dias atrás
Boa noite, tenho uma Jack Russell Terrier de 1 ano e meio, criada sempre como “filha única”, muito social com pessoas e outros animais, porém por vezes se mostra possessiva (rosna) em relação às outras duas cadelas que vivem na casa dos meus pais, e que por vezes visitamos. Ela acha que nós lhe pertencemos. Agora estou ponderando adotar uma vira-lata, de porte pequeno também, mas já bem velhinha, talvez uns 14 anos, talvez mais… Pois me emocionei com a sua história e quero dar um resto de vida muito bom para ela. Mas não sei se posso dar esse… Read more »
BitCão BitCão
3 meses 1 dia atrás

Marina, a gente nunca pode afirmar com certeza como serão as interações entre os bichos, mas arriscamos dizer que essa junção está fadada ao sucesso, justamente pelas diferenças: a Jack pode demonstrar grande respeito pela velhinha, que por sua vez não representa grande “ameaça” para a pequena.
por ser velhinha ela, naturalmente, vai solicitar menos, pegar menos nos brinquedos e competir menos com a Jack.
Nós arriscaríamos, mesmos que algumas dificuldades apareçam no inicio. Parabéns pela atitude!

Iamara
3 meses 7 dias atrás

Tenho uma fox paulistinha de 4 anos e uma vira lata de 3. A fox paulistinha é ciumenta e já bateu algumas vezes na outra. A vira lata ñão faz nada só apanhava. Hoje a fox foi operada estava com pirometria , então elas não ficam muito tempo juntas por conta dos pontos e tal. Bom já tem 3 anos juntas, e duas “brigas” feias, já faz um tempo 1 ano que não ocorreu nenhuma episodio muito serio. Sera que a fox pode mudar o comportamento depois da cirurgia??

BitCão BitCão
3 meses 4 dias atrás

Iamara, a tendência é que as brigas melhorem depois da castração – não é, porém, uma mudança imediata.

3 meses 13 dias atrás

Tenho dois cães da raça Shih-tzu, uma fêmea e um macho e a alguns dias ganhei outro macho da mesma raça com 2 meses, porem a fêmea, não chega perto dele, sempre corre e caso ele se aproxime dela para brincar ou cheirar ela rosna pra ele e avança. Não sei o que fazer. Será que com o tempo ela acostuma com a presença dele?

BitCão BitCão
3 meses 11 dias atrás

Amanda, dê um tempo para eles se conhecerem. Em geral os adultos não são agressivos com os filhotes, só mostram “quem manda” ao recém-chegado. Lembre-se de dar privilégios aos que já estavam na casa e deixar um local sossegado para os mais velhos “descansarem” do caçula. Boa sorte.

3 meses 16 dias atrás
Estou com um problema!!!! HELP Ganhei um cachorro lindo pastor alemão ele esta com 8 meses o cão é muito grande e bravo! o Dono morreu e a mãe dele não quer o cão eu me prontifiquei em ajudar mas eu não consigo nem chegar perto do cachorro pra nada… Ai minha dúvida como posso levar o cachorro pra minha casa se não consigo aproximar dele preciso ganhar a confiança dele já dei comida e já dei agua mas ele não me deixa fazer carinho nem nada.. com apenas 8 meses tem cartão de vacinas e tudo mais.. Qual o… Read more »
BitCão BitCão
3 meses 15 dias atrás

Daniel, primeiro parabéns por sua atitude e disposição para ajudar esse peludo. O mais indicado, nesse caso, é você procurar ajuda profissional, pois talvez o animal não tenha sido socializado corretamente, ou pode ser o temperamento dele. Um treinador experiente pode ajudar você e o bicho, vale a pena! Boa sorte.

Doris
3 meses 19 dias atrás
Oi boa noite, tenho uma cadela vira latas que adotei desde filhote ela ja tem quase quatro anos é muito carinhosa e educada, porém nunca conviveu com outros cães. Há dois dias tivemos que adotar uma cadelinha da raça poodle porque os antigos donos não podiam mais ficar com ela, ela já tem uns cinco anos , ela se adaptou super de boa no novo lar porém a minha outra cachorrinha está muito deprimida. A poodle tem muita energia e acho que ela está implicando com a outra pois ela expulsa ela dos locais e até come a comida dela… Read more »
BitCão BitCão
3 meses 18 dias atrás

Doris, todas as atenções devem ser para a cachorra que está há mais tempo com vocês, e a poodle terá que conquistar seu espaço. Fale, alimente, dê carinho para a mais velha primeiro, e só depois para a poodle. Separe as duas na hora da alimentação. Dois dias são pouco tempo, tenha paciência e faça com que a novata respeite as regras da casa. Boa sorte.

3 meses 26 dias atrás
Bom dia, tenho 3 cachorros em casa de raças diferentes e idades, nem sempre eles moraram juntos, e quando não moravam nunca se estranharam, porem agora que mudamos para um outro apto que tem mais area todos os dogs vieram morar, porem meu lhasa e meu outro yorkshire começaram a brigar de um tempo para cá, o york é mais velho 1 ano e meio, como minha mae trabalha o dia todo e eu faço faculdade integral tivemos que deixar eles em ambientes separados sem acesso um ao outro, mas eles não conseguem se ver de jeito nenhum, somente quando… Read more »
BitCão BitCão
3 meses 26 dias atrás

Leon, não temos como analisar detalhadamente sem conhecer os animais, mas cães podem começar a brigar após a maturidade sexual (aí, uma ideia é castrá-los se ainda não o fez). Uma sugestão é seguir a técnica das caminhadas e avaliar o comportamento. Não havendo melhora com as caminhadas, o ideal é pedir ajuda profissional. Mantê-los separados só piora as coisas, já que delimitarão territórios e ficará complicado juntá-los novamente.

Carla
3 meses 27 dias atrás
Oi boa tarde nós temos uma Chow Chow ela tem 3 anos e quinta feira adquirimos outro Chow Chow macho ele tem 5 anos.ai no dia que ele chegou foi tudo OK mas quando foi no outro dia já começou o desentendimento quando ele chegava perto de alguém ou tentasse entrar em casa.Depois já mudou quando eles saem ficam de boa na rua não se estranham andam juntos mas em casa se passam um pelo outro ou se ele cheirar o traseiro dela aí é briga feia não sei o que fazer será que teremos que nos desfazermos dele😔😔e dessa… Read more »
BitCão BitCão
3 meses 26 dias atrás

Carla, é preciso um pouco mais de paciência, não faz nem uma semana que o macho chegou! O fato deles andarem bem na rua já é um ponto positivo, e quando ela estiver no cio certamente será outra história. Continue caminhando muito com os dois na rua, dê tempo ao tempo e, se não observar melhoras, procure ajuda profissional.

Juliana
4 meses 15 horas atrás

Brigas ente as mais velhas da casa.tenho uma basset e uma vira lata criadas desde de filhotes. Adotei uma filhote tb vira lata, depois do cio de uma das mais velhas,começaram a brigar. Preciso de ajuda. Será que a solução seria arrumar um lar pra filhote?

BitCão BitCão
3 meses 30 dias atrás

Juliana, é muito comum cadelas começarem a brigar depois do cio/filhotes, e as brigas podem ser muito sérias. A castração pode ajudar bastante mas deve ser realizada sempre de baixo para cima, ou seja, da mais submissa para a mais dominante. Experimente a técnica da caminhada que sugerimos no post por umas duas semanas e, se não funcionar, talvez seja melhor para todo mundo buscar um lar amoroso para o filhote.

Vinicius
4 meses 2 dias atrás

Tenho um bullterrier e adotei um pug, o pug ainda nao pode ir para rua , eles estao se dando relativamente bem , porem as vezes o bull da umas bocadas no pug , vejo q nao e para machucar , porem ele e bruto e as vezes machuca , o q posso fazer sobre isso

BitCão BitCão
4 meses 1 dia atrás

Vinícius, o ideal é deixar eles se entenderem e interferir o menos possível, só separe se a brincadeira ficar intensa demais. Quando isso ocorrer, distraia o bull até que ele se acalme. Boa sorte! 🙂

Elton ferreira
4 meses 11 dias atrás

Tenho uma pincher com dois anos , é muito resmungona mas ao mesmo tempo muito facil de adaptar a outros caes , pois adora brincar. Estou para acolher agora uma são bernnardo ja adulta mas tenho algum receio que me morda na pequenita, o que acham que deva fazer e se acham que vai correr bem… pois sei que os são bernardos não são amantes de raças mais pequenas. Obrigado a quem poder esclarecer da melhor decisão.

BitCão BitCão
4 meses 9 dias atrás

Elton, no post damos várias dicas para a aproximação, por exemplo a técnica da caminhada. Só as deixe sem supervisão quando tiver certeza de que estão bem adaptadas. Boa sorte!

Alessandra M Rocha
4 meses 15 dias atrás

Olá!
Tenho uma Basset dushould de 8 anos (Lola). Ela é muito ciumenta e de poucos amigos. Ela dorme fora de casa e não tem acesso a parte interna de casa.
Iremos adotar uma York micro de 7 meses.
Ela irá dormir dentro de casa.
Pretendo alimentá-las separadamente e fazer passeios juntas.
Cães de 7 meses ainda são filhotes?
Vcs acreditam que existirá alguma possível amizade???
Estou ansiosa e com medo de brigas.

BitCão BitCão
4 meses 15 dias atrás

Alessandra, o cão é considerado filhote até um ano. Provavelmente o maior problema será mantê-las separadas, pois isso levará à demarcação de território, cada qual com o seu. Melhor seria fazer as apresentações como sugerimos no post e deixar que elas tenham contato mais próximo, supervisionando até ter certeza de que estão muito adaptadas.

4 meses 15 dias atrás

Olá! Tenho um rafeiro com 11 anos mas com muita vitalidade:) é muito mau para estranhos e agora tenho uma cadelinha Cane Corso com 2 meses e gostava de os apresentar um ao outro. Estou com medo do mais velho fazer mal a pequenita, ja lhe mostrei a pequenita mas sempre ao colo, ja o coloquei uma vez no canil e a mais nova foi ter com ele do lado de fora e ele rosnou muito… não sei como devo fazer esta aproximação tenho muito medo que o mais velho faça mal a bebe.

BitCão BitCão
4 meses 15 dias atrás

Nuno, segure a pequena no colo e deixe o rafeiro sentir o cheiro da recém-chegada, cheirar seu bumbum, mas mantenha-o preso à guia e faça isso em território neutro, não no canil. Siga nossas sugestões mantendo o rafeiro com mais privilégios que a cane. Na maioria das vezes, os adultos são gentis com filhotes, só querem mostrar aos pequenos quem manda, mas só os deixe juntos sem supervisão quando estiverem bem adaptados.

Deise
4 meses 22 dias atrás
Olá! Tenho um Golden Macho adulto (10 anos) que sempre morou comigo. Estou mudando para chácara onde já tenho um labrador também adulto com 10 anos e uma labradora de quatro anos. A labradora é castrada, mas mesmo assim o labrador macho a cerca sempree. O pior é que ele não aceita de jeito nenhum a presença do Golden, as brigas são feias demais. Tive que separar deixando um preso no canil e outro livre na chácara. Pelo seu post sei que já pulei o passo da caminhada e reconhecimento dos dois. Mas será que ainda tem jeito? O que… Read more »
BitCão BitCão
4 meses 21 dias atrás

Deise, vale a pena tentar, mas principalmente castrar os dois machos o quanto antes.

Amanda
4 meses 22 dias atrás
Olá, tenho uma labradora de 3 anos que não é muito sociável com outros cães fora dos de casa, porém vou me casar em dezembro e levarei ela comigo e gostaria de adotar um irmãozinho para ela não fica mto sozinha pois na minha casa atual tem bastante cachorro. Já devo adotar um e ir acostumando ela e nao ser uma mudança mioto brusca ou devo esperar até estar na nova casa ? Meu maior medo é que na casa nova ela se sinta mais dona do lugar e fique mais difícil de aceitar, pois na minha casa atual ela… Read more »
BitCão BitCão
4 meses 21 dias atrás

Amanda, a gente nunca tem como dar 100% de certeza quando o assunto é comportamento.
Só o dono, que realmente conhece a cachorros, pode saber o que é melhor.
Se vc optar por levar o filhote para a casa nova, é importante que o filhote chegue antes ou imediatamente junto com a Labradora.
Mas, como a cachorrinha já convive com outros cachorros, também é possível introduzir o filhote na matilha toda e depois levar só os dois para o novo endereço. Boa sorte.

Kimberly
4 meses 27 dias atrás

Tenho um pitbull misturado com dálmata de 9 anos. Meu namorado vem morar comigo e tem um Rottweiler com vira-lata de 5 anos. Como posso fazer ambos se aceitarem?

BitCão BitCão
4 meses 27 dias atrás

Kimberly, dá uma olhada no post, onde falamos sobre a técnica de apresentação em caminhadas, vai te ajudar. Abraços

4 meses 29 dias atrás

Tenho um basset DACHSHUND, e adotei um vira lata. Porém eles viviam em locais diferentes, agora precisei juntá-los. O que não deu nada certo!…Pois os dois não podem nem chegar perto um do outro, que é confusão na certa. O que devo fazer?

BitCão BitCão
4 meses 28 dias atrás

Adelina, não sabemos como a dupla foi apresentada (em território neutro),mas uma possibilidade é usar a técnica da caminhada que explicamos no post. Abraços!

Yara
5 meses 15 horas atrás
Bom dia. Tenho um Pastor Alemão de 11 meses e um Golden de 5 meses, ambos são amigos, se amam, enfim. Tenho uma viagem de 10 dias agora em abril, e como eles são extremamentes apegados a mim, pedi que minha mae cuidasse na casa dela,pois deixar eles sozinhos aqui em casa não é opção. Pois bem, ela tem um Sharpei de 6 anos, ontem levei meus dois dogs para uma possivel socialização, mas para minha surpresa, meu pastor ficou extremamente nervoso ao ver o Sharpei, quis ataca-lo, não conseguimos fazer uma aproximação sadia, foi muuuito estressante! Eu a imaginava… Read more »
BitCão BitCão
4 meses 28 dias atrás
Yara, o que pode ter acontecido é o Pastor ter “estranhado” a aparência do Shar-Pei e por isso tenha ficado tão agitado. Não é incomum que as raças originalmente de pastoreio tenham esse tipo de sensibilidade visual, pois o trabalho deles depende de identificar possíveis predadores (aparência diferente do rebanho). O melhor conselho é levar para passear em local neutro, deixando que eles se aproximem aos poucos, sempre na guia, e oferecer petiscos sempre que o pastor estiver calmo. Pode ajudar também se a Golden puder brincar com o shar-pei enquanto o Pastor observa e se você fizer carinhos no… Read more »
Daniele
5 meses 20 horas atrás

Olá, tenho um shih tzu de 1 ano e meio, ontem trouxe para casa fêmea da mesma raça com 3 meses. Depois que ela chegou o mais velho não se alimenta nem bebe água, fica pelos cantos sem querer contato, mesmo eu fazendo tudo com ele primeiro. Estou sem saber o que fazer. 🙁

BitCão BitCão
4 meses 28 dias atrás

Daniele, filhos únicos podem ter certa dificuldade e precisar de um tempo maior para aceitar um novo membro. Continue valorizando o mais velho e recompensando-o quando ele se interessar pela caçula.

vida gadelha
5 meses 8 dias atrás

olá ja tenho um casal de pincher , mas ganhei um pitbull , estou um pouco preocupada,pois minha fêmea só aceita o pai dela, mais nenhum outro cachorro .

BitCão BitCão
5 meses 5 dias atrás

Vida, você não deu muitos detalhes sobre idade e temperamento da turma, mas é importante seguir as dicas de apresentação da matilha e só liberar todos juntos quando tiver certeza de que estão muito bem adaptados devido à diferença de tamanho do pinscher e pitbull.

5 meses 8 dias atrás

Olá tenho um york micro de 1 ano e meio macho, agora ganhei um macho de red nose puro com 2 meses o pitbull ja é muito maior que o york mesmo sendo filhote, só que o york não aceita ele de jeito nenhum ataca morde e acabam se machucando, faz 2 semanas q eles estão juntos, procuro estar sempre de olho mas esta dificil, oq devo fazer para q o york aceite o filhote como amigo?

BitCão BitCão
5 meses 5 dias atrás

Bruna, avalie se o York está apenas “pondo ordem” na casa e mostrando quem manda ou se há sinais de agressividade. Interfira apenas se ele estiver realmente machucando o novo peludo, ou se o novato resolver “encarar” o assédio. Neste caso, ponha todo mundo na guia e só solte quando todos estiverem mais calmos.
Uma cerca ou um portão para separar ajudam; mas, ao mesmo tempo, é importante permitir que eles se vejam e se cheirem. Cuidado para não separá-los por muito tempo (mais de uma semana),pois as chances de sucesso ao juntá-los depois diminuem.

silvana
5 meses 13 dias atrás

ola tenho um labrador de 5 anos, estou querendo adotar um filhote dele, no caso seria melhor um macho ou uma femea, obrigada

BitCão BitCão
5 meses 12 dias atrás
Olá, Silvana. Cães do mesmo sexo (macho com macho, fêmea com fêmea) tendem a ter uma dificuldade muito maior para se adaptar do que quando os sexos são opostos. Além disso, se eles não brigarem enquanto um é mais velho e o outro é filhote, as chances de brigas aumentam quando se tem dois machos ou duas fêmeas adultas na mesma casa. Se você está pensando em ter cachorros de sexo opostos, mas não quer ou não pode cruzá-los no futuro, castre-os o quanto antes. Acredite, não existe “separar” macho da fêmea quando ela está no cio. Até criadores experientes,… Read more »
Fabiana
5 meses 15 dias atrás

Olá,
Tenho uma border collie de 11 meses e adotei, há 02 meses, uma outra border collie de 06 anos.
A filhote, que já estava aqui, é muito elétrica e, quando não está com medo tenta brincar com a mais velha. Já a mais velha, é territorialista e ciumenta (mesmo chegando depois).
Elas ficam sozinhas mas não brincam e não ficam perto uma da outra. Além dos passeios, há algo que eu possa fazer para melhorar e elas serem amigas?
Obrigada!

BitCão BitCão
5 meses 13 dias atrás

Fabiana, invista no reforço positivo quando as duas estiverem próximas. Invente brincadeiras nas quais as duas participem, e sempre que elas se aproximarem amistosamente, elogie muito ou recompense com petiscos.

wpDiscuz