Voltar para os artigos

Ensine seu cachorro a andar de carro

Os filhotes costumam se sentir mal e enjoados quando fazem viagens longas de carro. Muitos ficam com medo para o resto da vida porque acham que sempre vão ficar passando mal, e aí acabam passando mesmo. A gente sempre pode evitar que o cachorro ande de carro, mas é uma pena vocês perderem a oportunidade de ter a companhia do peludo em passeios que podem ser extremamente agradáveis. Então, vamos tentar recuperar este bichão. Não é fácil, dá um trabalhão, mas sempre vale a pena.

um cão pode passear de carro sem sujar


Na primeira semana
 do nosso programa basta levar o filhote até o carro e deixar que ele cheire o possante. Abra a porta do carro, forre o banco de trás com a Capa Protetora de Bancos (para que correr riscos desnecessários, não é mesmo?) e coloque o filhote no banco traseiro.

Procure pegá-lo no colo, gentilmente. Arrastá-lo para dentro do carro, ou forçá-lo a entrar na caçamba (se este for o caso), seria contraproducente neste momento do treinamento. Sente-se no banco da frente, coloque uma música calma no rádio, feche as portas e fique sentado por uns 10 minutos, sem dar muita importância para o seu peludo.

Se ele tentar passar para o banco da frente seja firme e coloque-o de volta no banco de trás. Não precisa brigar nem ser ríspido. Ignore qualquer sinal de protesto do filhote. Depois de 10 ou 15 minutos, saia do carro normalmente e retire o seu filhote. Procure não deixar que ele se “jogue” para fora do carro, faça-o descer com calma e só quando você disser que pode descer.

Faça uma festinha no seu bicho, aproveite para dar uma voltinha na rua, ou então volte para casa. Se você puder fazer este exercício duas vezes por dia seria o máximo, caso contrário se esforce para levá-lo até o carro pelo menos 1 vez por dia.

cachorro no carro solta pelo e suja o banco


Na segunda semana
, siga o nosso ritual da primeira semana, só que desta vez ligue o motor do carro, mas não saia ainda da garagem. Você pode também jogar uns pedacinhos de biscoito para o seu cão no banco traseiro, ou trazer o brinquedo predileto para ele. Um passeio a pé, no final do exercício vai ajudar o filhote a relaxar e também a entender que existe algo de bom depois deste treinamento horrível.

Terceira semana, comece a fazer pequenas manobras com o carro ainda na garagem, ou se o filhote já estiver aceitando muito bem o carro dê uma voltinha no quarteirão. Mas atenção, só uma voltinha no quarteirão. Ainda não é hora de pegar estrada ou ir passeando por aí. Não se esqueça de não deixar o filhote passar para o banco da frente e nem de levar algo gostoso para distraí-lo no banco de trás.

o cachorro e o automóvel


Da quarta semana em diante
 é repetir o nosso ritual, mas ir pouco a pouco levando o filhote para um passeio mais longo. Nesta fase é importante deixar o filhote passear a pé, no meio ou no fim do passeio de carro. Assim que ele se convencer de que o carro não é o bicho-papão, que na verdade este trambolho o leva para passear com o dono num lugar MUITO legal, e que o peludo não vai ter que pagar a gasolina nem o IPVA, passear de carro vai ser o programa predileto do malandro.

como passear de carro com o cachorro?


Claudia Pizzolatto.

Deixe um comentário 1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 comentário em “Ensine seu cachorro a andar de carro”

  1. Diane Dourado disse:

    Texto esclarecedor e divertido. Adorei!