Voltar para os artigos

O seu peludo é um super-cão?

dog-and-owner-catching-ball

O velocista Usain Bolt seria vaiado disputasse uma prova de atletismo com um Greyhound, que chega a correr a 70km/h – quase o dobro do recorde do jamaicano. Com o peito profundo, pernas longas e fortes e a espinha flexível, essa raça dá um olé em qualquer outra. A natureza faz sua parte, mas os Greyhounds que participam de competições, tal como o velocista humano, treinam exaustivamente para bater suas próprias marcas. Mas será que exercício em excesso não faz mal ao cachorro? Como tudo na vida, equilíbrio é a palavra-chave.

 

PRÓS

– Exercícios físicos regulares ajudam a evitar o estresse de peludos que ficam o dia todo sozinhos e sem atividades. Na natureza, eles andavam muitos e muitos quilômetros por dia procurando comida, ou seja, sua estrutura física foi “planejada” para longas caminhadas. É verdade que nem todas as raças precisam de tanta malhação. Um Shih-Tzu ou Pug não têm porte físico para uma maratona, ao contrário dos Border Collie, com fôlego de dar inveja. Como eles, vários cães com perfil “energético” tornam-se destruidores, ansiosos e até depressivos se não praticarem exercícios. Lembre-se que cachorro cansado significa dono feliz!

O exercício diminui o aparecimento de doenças como a obesidade, diabetes e dificuldades cardiorrespiratórias. A atividade física constante ajuda a evitar esses problemas, melhora a circulação sanguínea, ajuda a oxigenar os tecidos e a limpar as células de toxinas, além de liberar a serotonina, que torna o cãomais relaxado e feliz.

– Cães exercitados tendem a brigar menos, já que os passeios criam um sentido de matilha. Cansados, eles vão pensar “aiiii que preguiça” antes de encrencar com os outros. Além disso, as caminhadas fortalecem a ligação com o dono: os cães tornam-se mais cooperativos e aceitam melhor os comandos e o treinamento de obediência.

 

CONTRAS

Ficou animado para pôr o peludo para malhar? Pois bem. Se você é sedentário e decide correr 10km por dia, pode ter lesões sérias – com eles é a mesma coisa. Exercícios como a corrida podem forçar as articulações dos peludos, portanto, antes de partir para as pistas, faça uma avaliação com o veterinário. Cães muito pesados ou raças que tem predisposição genética para doenças como displasia coxofemoral ou problemas na coluna podem ter seus problemas agravados por causa de exercícios exagerados ou muito intensos. A natação causa menos impacto, mas é essencial secar bem o bichão para evitar fungos e dermatites.

Como os humanos, alguns cães criam uma baita resistência física com os exercícios, especialmente os de trabalho. Se no início meia horinha bastava, eles passam a exigir 3, 4, 5 horas, e muitas vezes chegam em casa prontos para brincar. Avalie o perfil do seu amigo até encontrar a medida certa.

Lembre-se que moderação é essencial para filhotes e velhinhos, e que cães AMAM rotina. De nada adianta caminhar 20 km uma vez por mês – os efeitos serão contrários! Passeios diários e regulares trazem todos os benefícios que citamos no começo da matéria e fazem muito bem para você, também. Prefira os horários mais frescos e leve uma garrafinha de água para manter seu amigão hidratado. Aumente o percurso aos poucos, sempre observando as reações do animal. Excessos podem provocar problemas de coluna, deformidades nos membros e até enfarte.

 

Diversão e exercício

Caminhadas  Pode ser praticada por cães de todas as idades, tamanhos e raças, no mínimo (e bota mínimo aí!!) 15 minutos duas vezes ao dia. O ideal, se o bicho é saudável, são duas caminhadas de 40 minutos ou mais por dia.

Corridas – Cães de caça ou hiperativos como Borders e Terriers costumam curtir muito as corridas, mas lembre-se das regras de segurança. À noite vale investir em coleiras reflexivas.

Ciclismo – Se há cães que correm atrás de bicicletas, outros aprendem a acompanhar o dono, e há equipamentos específicos para manter o bichão longe da roda. Não é uma prática para qualquer animal: ele pode se assustar ou se empolgar com outro peludo e derrubar o dono (correndo o risco de ambos se machucarem). Se o seu amigo é focado e bem treinado, pode ser uma alternativa divertida!

Natação  Muito usada na reabilitação de cães com problemas de saúde como a displasia coxofemoral, gasta energia sem forçar as articulações, sendo recomendada para todas as raças e idades (a exceção fica por conta das recomendações específicas do veterinário). NUNCA deixe seu bicho sozinho na piscina e, antes de incentivá-lo a nadar, ensine-o como sair da água.

Agility  O esporte favorece muito a interação com o dono e alguns cães a chegam a viciar! Baseado em provas hípicas, consiste em fazer o cão percorrer um circuito de obstáculos no menor tempo possível e com o menor número de faltas.

Adestramento  Mente sã, corpo são! O treinamento de obediência exercita o corpo e a mente do cão e melhora a comunicação entre o dono e o peludo, podendo ser praticado em qualquer idade – cachorro velho também aprende truque novo.

 

Cláudia Pizzolatto

 

 

 

Os animais e as Olimpíadas 

– Waldi foi o primeiro mascote olímpico oficial, nos Jogos Olímpicos de Verão de 1972 em Munique. O Dachshund representava os atributos dos atletas – resistência, tenacidade e agilidade. Em 1992, em Barcelona, o desenhista Javier Mariscal criou Cobi, um Pastor Catalão em estilo cubista inspirado no traço de Picasso.

Waldi_1_l   cobi

 

– Os cães do Batalhão de Ação com Cães (BAC) do Rio de Janeiro vão trabalhar nos Jogos Olímpicos equipados com coletes especiais à prova de balas e coleiras com GPS, que auxiliarão na localização dos animais em caso de sequestro ou se perderem da equipe em operações.

BAC1BACcolete2hehehehehe

 

– A Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Minnesota (EUA) organizou, em abril deste ano, os Jogos Olímpicos para cachorros. Em uma das provas, os donos seguravam uma colher com manteiga de amendoim e vencia o animal que lambesse mais rápido. Em outra, ganhava o bicho que conseguisse juntar mais brinquedos em 30 segundos.

Dog-Olympics-SCAVMA

 

 

info-fitness2

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of

wpDiscuz