Voltar para os artigos

Raças > Golden Retriever

História e Características Gerais da Raça 

Pêlo e coração de ouro. É assim que todos os que conhecem de perto o Golden Retriever gostam de descrevê-lo. E esta descrição não está longe da verdade.

Desenvolvida na metade do século 19, esta raça deve a maior parte das suas características a um criador escocês, amante de cães, chamado Sir Dudley Majoribanks (Lorde de Tweedmouth).

Segundo os registros do Sir Dudley, o Golden que conhecemos hoje foi criado a partir do cruzamento de diversas raças, como por exemplo, o Flat-Coat, o Tweed Water Spaiel (raça já extinta),Setter Irlandes e uma pitada de Bloodhound. Tanta mistura não foi por acaso, buscava-se um cão de porte médio, com excelente faro, que fosse bom em buscar a caça tanto na terra como na água, inteligente, obediente, fácil de treinar, e calmo.
Existe uma outra versão sobre a possível origem do Golden, esta muito mais romântica. O Golden seria fruto do cruzamento de cães ingleses com um cão dourado, trazido por um circo russo.

Embora a maioria dos pesquisadores não encontrem fundamentos nesta versão, alguns acreditam que é possível que esta seja uma das origens da raça que também foi desenvolvida em outros canis além do nosso já conhecido Sir Dudley. Lenda ou não, o Golden foi, no início de suas apresentações, exibido com o nome de Retriever Russo. Nas últimas duas décadas, criadores vêm aprimorando a raça e basicamente criando-os em duas variedades: o cão para show e o cão para trabalho (caça). Embora as duas variedades tenham as mesmas exigências em termos de padrão da raça, o cão de show tende a ter o pelo mais claro para dourado médio, com o crânio e o focinho mais largos. Também tem os ossos mais pesados, tem as patas mais curtas e com o pelo mais longo. Por outro lado o cão de caça é mais leve e mais esguio, o crânio e o focinho são mais estreitos, o pêlo mais escuro e curto.

 

Tamanho:
Machos: de 58 cm a 61 cm;
Fêmeas: de 55 cm a 57 cm (na cernelha).

Peso:
Machos:de 29 a 34 quilos
Fêmeas: de 27 a 32 quilos

Aparência:
Corpo vigoroso e proporcional; com movimentos fortes e descontraído.

Pelagem e Cor:
Pelagem espessa; os pêlos próximos ao corpo são lisos ou ondulados, penugem nas pernas, pescoço e parte inferior do corpo; pelo longo na cauda. Todos os tons de dourado e creme.

Cabeça:
Crânio arredondado com focinho reto; olhos de tamanho médio, profundos, castanho-escuro; orelhas pequenas caindo perto das bochechas; mordida em tesoura.

Cauda:
Grossa, longa, mas nunca curva

 

 

Perfil da Raça

Abra o seu dicionário na palavra VIRTUDE e você vai encontrar como sinônimo o Golden Retriever.

Dócil, meigo, leal, equilibrado, inteligente, confiável, amigo, obediente, adaptável e bonito são uns poucos adjetivos que se pode mencionar sem medo. Além disso o Golden é um cão que adora trabalhar e agradar ao seu dono. Graças a facilidade de treiná-los, a doçura e a gentileza natural da raça, cuidam das crianças, servindo como uma verdadeira babá, farejam drogas, resgatam sobreviventes, guiam cegos ou servem como ajudante de surdos ou pessoas em cadeira de rodas.

Goldens também trabalham como ótimos terapeutas na recuperação de doentes em hospitais, principalmente crianças e idosos. Goldens são o verdadeiro amor na forma de pêlos macios!

Tal como existem pequenas diferenças físicas entre os cão criados para show ou para caça, criadores experientes afirmam que também existem pequenas diferenças de comportamento. Os cães de show tendem a ser mais obedientes e quietos, já os caçadores são um pouco mais impetuosos, mais energéticos e mais dominante. Eles apontam ainda que os machos, de ambas as variedades, são mais dóceis e mais apegado as famílias humanas do que as fêmeas. Se é que isso é possível!

No meio de tantas qualidades, o Golden parece ter só um “defeito”. Isto é, se você espera ter um cachorro que seja um cão de guarda. Definitivamente Goldens não são os melhores vigias que uma pessoa possa desejar, a não ser que eles “matem” os intrusos de tanto rir com as suas brincadeiras e lambidas!

Um característica muito própria da raça é a sensibilidade. Goldens são capazes de detectar qualquer mudança de humor em seus donos e são extremamente orientados pelo tom de voz de seus familiares. Quando estão sendo treinados é fácil repreendê-los apenas alterando o tom ou o volume da voz. Também são, por natureza, cães que perdoam qualquer maltrato ou simples enganos de nossa parte. Mesmo nas ocasiões em que um Golden não esta sendo bem tratodo por seu dono, ele vai estar atento e ansioso em agradar e a atender os desejos de seu “master”, sem esperar nada em troca, a não ser um abraço ou um carinho atras da orelha. Aliás estas são as melhores recompensas para estes bebezões. Porque Goldens são cães totalmente orientados para o convívio com os seres humanos, é muito importante que eles vivam junto de seus donos. Um Golden que passe dia e noite do lado de fora da casa, isolado do a proximidade física de seus donos é um cachorro infeliz.

No livro The Intelligence of Dogs de Stanley Coren o Golden Retriever ocupa a 4ª posição entre as raças mais inteligentes (foram classificadas 133 raças). Ainda segundo o autor, isto significa que eles estão entre as raças mais brilhantes em termos de obediência e também na execução de tarefas de trabalho. A maioria dos cães desta raça já demonstram sinais de compreensão de comandos simples após apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter estes comandos.

Quando os donos pedem para eles executarem alguma tarefa, eles obedecem logo da primeira vez em cerca de 95% dos casos, e além disso eles costumam responder a estes comandos apenas alguns segundos depois de solicitado, mesmo que o dono esteja longe fisicamente.

Obs.: O gráfico acima é o resultado de um estudo realizado por Benjamin L. Hart e Lynette A. Hart, veterinários e Phd’s em comportamento animal, que entrevistaram dezenas de veterinários, treinadores e juizes de competições de obediência nos EUA.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of

wpDiscuz