Voltar para os artigos

Raças > Rottweiler

slide2

História e Características Gerais da Raça

O Rottweiler já era utilizado pelos soldados romanos para acompanhar e guardar os rebanhos de gado, desde o primeiro século, nas viagens que eles faziam pela Europa. Também era comum ver estes cães puxando pequenas carroças e carregando as bolsas de dinheiro atadas aos seus pescoços. E quem seria o maluco de tentar tirar o dinheiro de lá?

Nesta época, a cidade de Rottweil, na Alemanha, era o principal centro de comércio de animais da Europa e é de lá que estes majestosos animais ganharam seu nome e fama.

Mas nem sempre eles foram tão populares assim. Quando a tecnologia trouxe meios mais baratos e rápidos para transportar mercadorias, como por exemplo as ferrovias, o Rottweiler praticamente desapareceu. Graças a criadores apaixonados e dedicados a raça foi salva da quase extinção e se tornou novamente popular no início do século 20, sendo reconhecida pelo American Kenel Club em 1930 e pelo Kenel Clube da Grã Bretanha em 1936.
Usado largamente como cão de guarda em todo o mundo, uma outra característica de trabalho do Rottweiler que poucos conhecem é seu magnífico desempenho como cão pastor. Criadores e treinadores de cães para este tipo de trabalho são unanimes em dizer que o Rottweiler é um pastor nato e que não precisa ser “treinado” para executar esta função. Basta reforçar os comportamentos desejados, que aparecerão instintivamente, e um Rott irá trazer o gado, ovelhas ou perus para o seu mestre. Ainda sobre a habilidade destes cães em pastorear animais, um Rott que seja usado para este fim saberá dosar a agressividade necessária para manter os animais na linha.

Assim, se ele estiver pastoreando gado, o cão pode se utilizar de mordidas nos calcanhares ou focinho das rezes para guia-las. Se, por outro lado, os animais a serem conduzidos forem ovelhas, patos ou perus, O Rottweiler irá apenas usar o seu tamanho e presença para controlar o rebanho.

Rottweilers também são ótimos companheiros, especialmente para quem gosta de competições. Nos Estados Unidos eles são detentores de diversos prêmios em competições de obediência, rastreamento e tração. “Agility”, no entanto não é o forte desta raça já que, freqüentemente, raças menores e mais leves conseguem fazer o percurso em menos tempo.

Tamanho:
Machos:de 60 cm a 68 cm;
Fêmeas: de 55 cm a 63 cm (na cernelha).

Peso:
Machos em torno de 50 quilos
Fêmeas em torno de 40 quilos

Aparência:
Corpo forte e vigoroso; movimentos soltos e energéticos.

Pelagem e Cor:
Pelagem lisa, espessa e rente; pêlos da cabeça, orelhas e pernas mais curtos; Cor preta com manchas cor de ferrugem ou castanho-avermelhada sobre os olhos, nas faces, laterais do focinho, garganta, peito, patas dianteiras e parte das patas traseiras.

Cabeça:
Crânio largo, levemente arredondado, com focinho reto, ligeiramente afilado; olhos de tamanho médio, castanho-escuro; orelhas triangulares e afastadas

Cauda:
Antigamente era cortada curta, mas desde 1997 o padrão oficial da raça foi alterado, banindo a amputação. Hoje a cauda deve ser íntegra, forte e em forma de foice.

Expectativa de vida:
De 10 a 12 anos.

Nota:
Todo Rottweiler deveria ser radiografado para controle de displasia coxo-femoral após os 18 meses, antes de cruzar, independente do animal de ter ou não pedigree. Infelizmente a displasia ainda é pouco controlada no Brasil, e muitos cães que apresentam o problema sofrem durante a sua vida. O displasia é hereditária, podendo ser agravada pelo manejo errado do filhote (obesidade, pisos lisos, etc),mas nunca adquirida, portanto a única forma de controle é o não acasalamento dos portadores.

 

bigstock-Rottweiler-Puppy-52760530-bigstock-Dark-Woods-Photography

Perfil da Raça

Rottweiler são cães robustos, corajosos, inteligentes, cabeças-duras, determinados e leais. Não é um cachorro para qualquer tipo de dono, já que devido ao seu porte e dominância podem facilmente se rebelar e machucar uma pessoa, mesmo adulta. Também não é um cachorro que se adapte facilmente a vida de canil ou isolamento de uma casa de campo ou fazenda. Rottweilers são independentes e auto-confiantes, mas ao mesmo tempo são extraordinariamente orientados para a vida em grupo e social da família dele. Rotties são cães de um único dono e dificilmente você vai encontrar um cão adulto que abane o rabo ou demonstre grande euforia para estranhos. Normalmente eles amadurecem emocionalmente por volta dos 3 anos de idade, mas alguns, aos 4 anos ainda são perfeitos bebêzões; brincalhões e dispersivos.

O Rottweiler deve ser tranqüilo, equilibrado e obediente ao dono. Dominador, alguns são agressivos com estranhos e com outros cães, mas nunca deveria atacar sem motivo.

Rotties são fáceis de treinar e necessitam de liderança e disciplina. Respondem melhor a treinamento com métodos gentis e de recompensa para os comportamentos desejados do que com atitudes truculentas do treinador. O grande desafio ao se treinar um Rottweiler é manter a motivação do animal. Socializar o filhote é indispensável e ,desde muito cedo, os donos deveriam introduzir seus filhotes às aulas de obediência básica. Por possuírem um alto nível de dominância e territorialidade, não é nada aconselhável que se espere que o cão chegue ao seu tamanho adulto, ou resolva desafiar a liderança de seu dono para tomar as devidas medidas corretivas. Um dono disciplinado, justo, mas irredutível em sua autoridade será o melhor amigo do Rottweiler.

Uma atenção especial deve ser dada aos treinamentos para defesa e ataque, já que muitas vezes esta raça não responde bem a tratamentos duros e tornam-se agressivos até com os próprios donos. Na verdade, o temperamento naturalmente corajoso e protetor dos Rottweilers já é suficiente para que eles cuidem da propriedade e da família de seus donos. Se o cão ou seus donos forem ameaçados, um Rottweiler não vacilará em demostrar todo o seu potencial de defesa e não hesitará em atacar o invasor ou agressor. A agressividade nunca deveria ser estimulada nestes cães.

Segundo um estudo realizado pelo Dr. Benjamin L. Hart e Lynette A. Heart sobre o comportamento de 56 raças bastante populares nos Estados Unidos, o Rottweiler provou ser um cão altamente confiável e protetor, qualidades imprescindíveis num bom cão de guarda. Além disso ele é considerado um cão tranqüilo e que não reage de forma agressiva desnecessariamente Outras grandes qualidades para um cão tão grande e forte são a sua alta tolerância com crianças (principalmente se tiverem sido criados juntos desde pequenos),um alto nível de obediência e higiene (facilidade de treinar a fazer xixi e cocô no lugar certo).

No livro The Intelligence of Dogs de Stanley Coren o Rottweiler ocupa a 9ª posição entre as raças mais inteligentes. Ainda segundo o autor, isto significa que eles estão entre as raças mais brilhantes em termos de obediência e também na execução de tarefas de trabalho. A maioria dos cães destas raças já demonstram sinais de compreensão de comandos simples após apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter estes comandos. Quando os donos pedem para eles executarem alguma tarefa, eles obedecem logo da primeira vez em cerca de 95% dos casos, e além disso eles costumam responder a estes comandos apenas alguns segundos depois de solicitado, mesmo que o dono esteja longe fisicamente.

Nesta, como em qualquer outra raça, é muito importante que o futuro dono esteja ciente de suas responsabilidades. O futuro dono deveria evitar todo filhote que tenha desvios no padrão de comportamento ou de fenótipo (aparência),bem como de filhotes que venham de pais que tenham estes problemas. Rottweillers com defeito grave no seu fenótipo (como por exemplo peito com marcações brancas e olhos claros) também são os que têm maior probabilidade de apresentar desvio de comportamento como agressividade excessiva, falta de controle, medo e covardia. Isso não quer dizer que o dono de um Rottweiler absolutamente dentro do padrão possa relaxar com a obediência, o treinamento, a saúde, a socilização e a educação deste animal. Ter um Rottweiler exige muito comprometimento, disciplina e amor.

Obs.: O gráfico acima é o resultado de um estudo realizado por Benjamin L. Hart e Lynette A. Hart, veterinários e Phd’s em comportamento animal, que entrevistaram dezenas de veterinários, treinadores e juizes de competições de obediência nos EUA.

Deixe um comentário

2 Comentários em "Raças > Rottweiler"

Notify of

6 meses 12 dias atrás

Meu cachorro é muito agressivo com bovinos,o que faço?

6 meses 9 dias atrás

maurício, uma das funções dos Rotts é pastoreio – em tese, seu bichão deveria apenas mordiscar levemente os calcanhares e focinhos dos animais para conduzi-los. Se isso não ocorre, o melhor é ter a opinião ‘ao vivo’ de um especialista em comportamento animal. Infelizmente não temos como opinar sem conhecer o cachorro e ver como ele age nessas situações.

wpDiscuz