Olá, fareje nosso site :)

Minhas Compras

Monitor de Glicose para Cães e Gatos Gluco Calea - WellionVet®

O meio mais fácil e preciso de monitorar a saúde de cães, gatos e cavalos diabéticos, já que possui chips específicos para cada espécie. Após a picadinha no animal, encoste a tira de teste na gota de sangue para conferir, em 5 segundos e com precisão, o índice glicêmico do animal.

Promoção por tempo limitado: ganhe um desconto comprando o pacote Monitor + 1 Caixa de Tiras Reagentes para Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea (50 unidades).

Dê Sua Opinião Sobre o Produto

Disponibilidade: Em Estoque

R$ 149,00
Descrição

Detalhes

A crescente epidemia de diabetes não se limita às pessoas – vem crescendo também entre os animais, a ponto de estudiosos afirmarem que um em cada 200 cães deverá desenvolver a doença. A mais comum, a Diabetes Mellitus, é causada pela diminuição da produção ou da ação da insulina, hormônio produzido pelo pâncreas que auxilia a mover a glicose do sangue para as células do corpo, onde é utilizada para produzir energia.

A doença pode ser genética, mas também está associada à raça, idade, sexo, dieta, infecções por vírus, inflamações no pâncreas, no intestino delgado, doença de Cushing (excesso de produção do hormônio cortisol) e uso prolongado de medicamentos.

O diagnóstico se dá por meio de exame de sangue, bioquímico e de urina, mas alguns sintomas dão pistas de que algo está errado:

- Sede extrema;

- O animal faz muito xixi e com frequência acima do normal;

- Perda de peso apesar do apetite;

- Fraqueza, letargia;

- Cães: catarata (embaçamento ou perda da visão);

- Gatos: neuropatia – problemas na postura.

A boa notícia é que, com os avanços da medicina veterinária, nossos bichos podem conviver "bem" com a Diabetes Mellitus. Após o diagnóstico clínico, o médico veterinário deverá prescrever o tratamento para manter os níveis de glicose no sangue próximos ao normal. Para isso, além da mudança na alimentação e exercícios, na maioria dos casos é necessária a reposição diária de insulina por meio de aplicação subcutânea.

O desequilíbrio nos níveis de insulina – para mais ou para menos – é muito sério e pode até mesmo levar o animal a óbito. Por isso, o Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea, específico para cães, gatos e cavalos é superimportante, pois revela problemas antes de se tornarem emergências.

Por que usar o Wellion Gluco Calea e não um monitor para humanos?

- Sangue humano e animal são muito diferentes um do outro, e aparelhos portáteis feitos para monitoramento de sangue em humanos não são calibrados e validados para uso veterinário;

- Os glóbulos vermelhos de animais são menores que os dos humanos, portanto, bloqueiam os poros da membrana da tira de teste humano, adequados ao tamanho das células humanas – desta forma, apenas uma parte da glicose na amostra do sangue é medida. Por causa disso, valores incorretos e imprevisíveis são exibidos quando glicosímetros humanos são usados em campos veterinários. Além disso, a concentração da glicose no sangue também difere de maneira significativa entre as espécies, tanto na distribuição do plasma quanto na parte dos glóbulos vermelhos;

- Fazer os testes em casa, onde o animal se sente seguro e confortável, é mais conveniente e gera resultados mais precisos por reduzir as interferências causadas por estresse. Para isso, é essencial usar um aparelho confiável e específico como o Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea.

Distribuição da Glicose

O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea é o meio mais fácil de monitorar a saúde de cães, gatos e cavalos diabéticos, já que possui chips específicos para cada espécie. Além disso, tem a chancela da MED TRUST, fabricante austríaca de monitores de glicemia e diversos outros produtos voltados para o controle e prevenção do diabetes em humanos.

É muito fácil utilizar o Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea (veja abaixo). Os índices são apresentados no display em 5 minutos, em números grandes e facilmente legíveis. A memória armazena 300 resultados e calcula médias de 7, 14 e 30 dias, o que permite uma análise mais precisa do quadro clínico do peludo. O livro de registros que acompanha o monitor garante as anotações diárias – o veterinário agradece! Além disso, o monitor dispara um alarme se os níveis de glicose indicarem hipoglicemia ou hiperglicemia. A bateria (CR 2032, inclusa) dura 1.000 medições, ou seja, mais de dois anos se a mensuração for realizada duas vezes por dia.

Como acostumar o peludo à medição de glicose?

Para medir a glicose sanguínea é necessária uma pequena amostra de sangue e, embora a punção seja praticamente indolor, a picadinha pode incomodar seu bicho. Por isso, o ideal é que ele associe a coleta a coisas boas (alguém falou biscoitos?) – ela deve ser realizada quando seu amigão estiver calmo e relaxado, já que o estresse pode alterar os resultados.

Coloque o peludo numa posição confortável, faça muito carinho e dispare o aparelho ou algumas lancetas de segurança enquanto oferece um petisco bem gostoso, sem picar o seu amigão. Dessa forma, ele se acostuma com o barulho do aparelho e entende que algo bom acontece depois. Só comece a rotina de medições depois que ele estiver tranquilo com o processo.

Como usar o Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea?

É muito fácil!

- Lave sempre as mãos antes de medir a glicose do seu amigão;

- Não manuseie as tiras de teste com as mãos molhadas ou sujas;

- O local de punção para obter a amostra de sangue tem que estar limpo e seco. Se a amostra de sangue for retirada dos lábios (cães), deverá haver um intervalo entre a alimentação e o teste;

- Insira a lanceta no dispositivo para lancetas (lancetador) e ajuste a profundidade de perfuração;

- Coloque o chip da espécie de animal que vai checar (gato, cachorro ou cavalo) e insira a tira de teste no monitor;

- Confira se o número do mostrador corresponde ao da tira.

  Tamanho da Amostra de Sangue

Como medir a glicemia em cães?

A glicemia é a taxa de açúcar no sangue. Para cães e gatos, a faixa de normalidade deverá ser informada pelo seu veterinário.

- O melhor local para medir a glicemia sanguínea de cães é a orelha – a alternativa para os cachorros é o lábio inferior;

- Coloque o animal deitado ou em posição confortável, já que o estresse pode alterar o resultado;

- Massageie a orelha ou o lábio do cachorro para aumentar a circulação;

- Faça a punção com a lanceta;

- Encoste a tira (já inserida no monitor) na gota de sangue;

- O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea só precisa de uma pequena quantidade (0,5 μl) de sangue para o teste. Evite espremer o local de punção para não diluir a amostra de sangue;

- Segure a parte inferior da tira de teste verticalmente na gota de sangue. O aparelho avisa com um sinal sonoro que a aspiração começou (o sangue é automaticamente sugado pela tira de teste);

- A medição deve ser sempre feita imediatamente, pois a glicose na amostra de sangue diminui 10% por hora;

- Recompense muito o bichinho e anote os valores no livro de registros.

Medindo a glicemia em cães

Como medir a glicemia em gatos?

- O local ideal para medir a glicose de gatos é a orelha, mas se a do seu bichano é muito fininha, prefira o coxim das patas dianteiras;

- Mantenha sempre as unhas do seu bichano bem aparadas para evitar arranhões;

- Coloque o animal deitado ou em posição confortável, já que o estresse pode alterar o resultado;

- Massageie a orelha ou o coxim da pata para aumentar a circulação;

- Faça a punção com a lanceta;

- Encoste a tira (já inserida no monitor) na gota de sangue;

- O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea só precisa de uma pequena quantidade (0,5 μl) de sangue para o teste. Evite espremer o local de punção para não diluir a amostra de sangue;

- Segure a parte inferior da tira de teste verticalmente na gota de sangue. O aparelho avisa com um sinal sonoro que a aspiração começou (o sangue é automaticamente sugado pela tira de teste);

- A medição deve ser sempre feita imediatamente, pois a glicose na amostra de sangue diminui 10% por hora;

- Recompense muito o bichinho e anote os valores no livro de registros.

Medindo a glicemia em gatos

Fique atento: a medição da glicose com o GLUCO CALEA deve ser feita apenas com sangue capilar. A concentração de glicose no sangue capilar é diferente da concentração de glicose no sangue venoso e depende do local da punção.

Quais são os níveis considerados “normais” para cães e gatos?

Não existem intervalos glicêmicos considerados "normais" para todos cães e gatos. A faixa de glicemia considerada como "normal", esperada ou desejada deve ser determinada pelo veterinário que supervisiona, e é individual para cada paciente. Os valores desejados devem ser determinados em relação ao histórico do paciente e à situação médica atual: diabéticos ou não, em estado de jejum ou após uma refeição, antes ou após a injeção de insulina, quantas horas após a injeção de insulina, tipo de insulina usada, e assim por diante.

Além disso, a concentração de glicose pode mudar muito rapidamente, dentro de alguns segundos. Por exemplo, hiperglicemia de estresse em gatos: a concentração de glicose pode atingir valores extremamente elevados (acima do limite renal), devido apenas ao estresse, em segundos!

Uma vez que os parâmetros de glicemia tenham sido determinados pelo veterinário, será muito simples e preciso monitorar a saúde do seu amigão com o Monitor Gluco Calea.

Se não existe uma faixa “normal” de glicemia para todos os cães e gatos, como podemos afirmar que o Gluco Calea tem uma medição mais precisa que os monitores usados em humanos?

Os testes comparativos entre os monitores usados em humanos e o Monitor Gluco Calea, tiveram como parâmetro os resultados dos equipamentos profissionais usados em laboratórios veterinários. Os resultados obtidos com o Monitor Gluco Calea são muito mais próximos dos obtidos nos equipamentos profissionais, e a margem de variação está dentro dos padrões aceitos pela medicina veterinária.

O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea vem com bateria CR 2032 inclusa (dura 1.000 medições), folheto com dicas para uso das tiras de teste, três chips – um para cães, um para gatos, um para cavalos, livro de registro, dispositivo para lancetas, 10 lancetas descartáveis, manual e bolsa.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:

Tempo de teste: 5 segundos

Tamanho da amostra: 0,5 μl

Memória: 300 testes com data e hora

Média dos resultados: 7, 14 e 30 dias

Unidade de medição: mmol/L ou mg/dl

Cuidados no armazenamento

- Guarde o aparelho e as tiras de medicação em local seco e longe do sol;

- Feche o frasco de tiras de teste imediatamente após retirar uma tira para evitar a entrada de umidade e luz do sol;

- Não use tiras de teste molhadas, danificados ou vencidas.

Confira a opinião de veterinários que usam e indicam o Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea

“Hoje, em meus atendimentos, faço uso do Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea e sempre recomendo o mesmo para os tutores monitorarem seus pets em casa, facilitando muito o manejo do meu paciente. Tenho mensurações do animal que condizem com a da clínica e, consequentemente, tenho bons resultados na minha conduta. Percebo que o glicosímetro veterinário me dá mais precisão, não colocando a vida do meu paciente em risco, uma vez que ele é específico para o cão e para o gato."

Dra. Milena Carvalho Branco - CRMV/PE 4086

“Venho usando Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea efetivamente desde 2015 e o considero o monitor de glicemia para pets mais confiável do mercado. Profissionais Veterinários não devem utilizar monitores calibrados para mensurar glicemia em humanos nos pets, à medida que estes dispositivos apresentarão imprecisão e poderão colocar a vida dos animais em risco.”

Dr. Geraldo Corrêa - CRMV / RS 6555

ATENÇÃO: 

Ganhe um desconto comprando o pacote Monitor + 1 Caixa de Tiras Reagentes para Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea (50 unidades).

Ganhe um Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea na compra de 3 caixas de Tiras Reagentes para Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea (150 unidades). O Monitor será adicionado automaticamente ao carrinho na compra das 3 caixas de Tiras Reagentes.

Detalhes

Indicações:

Monitorar a glicemia de cães, gatos e cavalos diabéticos a fim de aplicar com precisão a quantidade indicada de insulina.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:

Tempo de teste: 5 segundos
Tamanho de amostra: 0,5 μl
Memória: 300 testes com data e hora
Média dos resultados: 7, 14 e 30 dias
Unidade de medição: mmol/L ou mg/dl

Conteúdo do kit do Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea:

Bateria (CR 2032, dura 1.000 medições);
Manual;
Livro de registro;
Dispositivo para lancetas;
10 lancetas descartáveis;
Bolsa.

Refil de Tiras de teste disponíveis em caixas com 50 unidades – vendido separadamente.

Modo de Usar e Dicas:

O veterinário deve avaliar o resultado da medição da glicose considerando todas as variáveis e fatores relacionados à saúde individual do seu peludo e a situação em que o teste foi feito (amostragem em casa ou consultório do médico - estresse! - técnica de amostragem, tipo de amostra de sangue, procedimento de medição, condição dos materiais - tiras de teste vencidas, excedido tempo de vida útil do frasco, armazenamento correto - temperatura e umidade, possíveis fatores de influência, etc.). Uma vez que os parâmetros tenham sido determinados pelo veterinário, será muito simples e preciso monitorar a saúde do seu amigão com o Monitor Gluco Calea. 

Como medir a glicemia em cães

Deixe tudo pronto antes de fazer a medição - após o sangue começar a coagular, ele fica mais grosso e dificulta o acesso à zona de reação com a tira de teste.

- O melhor local para medir a glicemia sanguínea de cães é a orelha – a alternativa para os cachorros é o lábio inferior;

- Coloque o animal deitado ou em posição confortável, já que o estresse pode alterar o resultado;

- Massageie a orelha ou o lábio do cachorro para aumentar a circulação;

- Faça a punção com a lanceta;

- Encoste a tira (já inserida no monitor) na gota de sangue;

- O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea só precisa de uma pequena quantidade (0,5 μl) de sangue para o teste. Evite espremer o local de punção para não diluir a amostra de sangue;

- Segure a parte inferior da tira de teste verticalmente na gota de sangue. O aparelho avisa com um sinal sonoro que a aspiração começou (o sangue é automaticamente sugado pela tira de teste);

- A medição deve ser sempre feita imediatamente, pois a glicose na amostra de sangue diminui 10% por hora;

- Recompense muito o bichinho e anote os valores no livro de registros.

 Medindo a glicemia em cães

Como medir a glicemia de gatos

Deixe tudo pronto antes de fazer a medição - após o sangue começar a coagular, ele fica mais grosso e dificulta o acesso à zona de reação com a tira de teste.

- O local ideal para medir a glicose de gatos é a orelha, mas se a do seu bichano é muito fininha, prefira o coxim das patas dianteiras;

- Mantenha sempre as unhas do seu bichano bem aparadas para evitar arranhões;

- Coloque o animal deitado ou em posição confortável, já que o estresse pode alterar o resultado;

- Massageie a orelha ou o coxim da pata para aumentar a circulação;

- Faça a punção com a lanceta;

- Encoste a tira (já inserida no monitor) na gota de sangue;

- O Monitor de Glicemia Animal WellionVet® Gluco Calea só precisa de uma pequena quantidade (0,5 μl) de sangue para o teste. Evite espremer o local de punção para não diluir a amostra de sangue;

- Segure a parte inferior da tira de teste verticalmente na gota de sangue. O aparelho avisa com um sinal sonoro que a aspiração começou (o sangue é automaticamente sugado pela tira de teste);

- A medição deve ser sempre feita imediatamente, pois a glicose na amostra de sangue diminui 10% por hora;

- Recompense muito o bichinho e anote os valores no livro de registros.

 Medindo a glicemia em gatos

Fique atento: a medição da glicose com o GLUCO CALEA deve ser feita apenas com sangue capilar. A concentração de glicose no sangue capilar é diferente da concentração de glicose no sangue venoso, e depende do local da punção.

Cuidados no armazenamento

- Guarde o aparelho e as tiras de medicação em local seco e longe do sol;

- Feche o frasco de tiras de teste imediatamente após retirar uma tira para evitar a entrada de umidade e luz do sol;

- Não use tiras de teste já usadas, molhadas, danificadas ou vencidas.

Artigos relacionados

Você pode estar interessado no(s) seguinte(s) produto(s) :

Queremos saber sua opinião!

Este espaço é para compartilhar experiências.
Caso você precise tirar alguma dúvida, por favor, acesse a nossa Central de Atendimento.

Produto: Monitor de Glicose para Cães e Gatos Gluco Calea - WellionVet®

Como você avalia este produto?

  1 1 estrela 2 2 estrelas 3 3 estrelas 4 4 estrelas 5 5 estrelas
Meu peludo recomenda
Depoimentos

17/07/2017

 

Excelente loja. Confiabilidade plena.

Vitor Hugo Rios

16/07/2017

 

A loja entrega super rápido, aqui você encontra artigos que não encontra nas pets das cidades.

Sandra Landim

10/07/2017

 

Loja excelente, nenhuma crítica a fazer!

Maria Gabriela Tavares Rheingantz

12/06/2017

 

Depois de 13 anos com cachorros, descobri a BitCão por recomendação da adestradora do cachorro que acabei de adotar. Depois de conhecer a BitCão fiquei impressionda com a qualidade dos produtos e os preços excelentes! Agora, só compro aqui!

Anna Luiza Gomide Campos De Faria

Por favor aguarde...